conecte-se conosco


Esportes

Federação de Ginástica dos EUA pede falência após escândalo sexual de Nassar

Publicado

A Federação de Ginástica dos Estados Unidos (USAG) entrou com um pedido de falência nesta quarta-feira (5), devido ao escândalo que envolve o ex-médico da seleção nacional Larry Nassar, que foi condenado a 125 anos de prisão por ter abusado sexualmente de centenas de garotas e garotos.

Leia também: Ex-médico de ginastas dos EUA pega mais 125 anos de cadeia


Ex-médico da Federação de Ginástica dos Estados Unidos, Larry Nassar foi condenado a 125 anos de prisão por abusar sexualmente de centenas de garotas e garotos
Reprodução

Ex-médico da Federação de Ginástica dos Estados Unidos, Larry Nassar foi condenado a 125 anos de prisão por abusar sexualmente de centenas de garotas e garotos

A USAG, que enfrenta 100 ações judiciais de mais de 350 vítimas do ex-médico, informou que a decisão foi tomada para poder acelerar o pagamento das indenizações às atletas de ginástica .

“Devemos às sobreviventes a resolução das reivindicações baseadas em atos horríveis do passado e, através deste processos, tratamos de acelerar essa resolução”, informou a presidente da USAG, Kathryn Carson.

Leia também: Aly Raisman, campeã olímpica no Rio, denuncia médico por abuso sexual

A ação da entidade visa impedir que novas descobertas nos processos das atletas sejam ligadas com a federação norte-americana. Além disso, o pedido de falência poderá fazer com que o Comitê Olímpico dos Estados Unidos (USOC) não desmantele a USAG.

Leia mais:  Fã do United, McGregor fala sobre relação com futebol e exalta Cristiano Ronaldo

Larry Nassar foi chefe do departamento médico da federação de ginástica entre 1994 e 2016, período que ocorreram os abusos. Uma de suas vítimas foi a ginasta Simone Biles , vencedora de quatro medalhas de ouro e uma de bronze nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Visualizar esta foto no Instagram.

world silver bar medalist ? I CANT BELIEVE IT

Uma publicação compartilhada por Simone Biles (@simonebiles) em 2 de Nov, 2018 às 11:55 PDT

Leia também: Simone Biles revela ter sofrido abuso sexual por médico da seleção dos EUA

Segundo as atletas de ginástica abusadas pelo ex-médico, os crimes aconteciam quando elas eram tratadas de lesões. Outras vítimas de Nassar foram Aly Raisman, Gabby Douglas, Jordyn Wieber, McKayla Maroney e Alyssa Baumann, que alegou ter sofrido mais de 40 abusos.

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Corinthians e Fluminense ficam no 0 a 0 na ida das quartas da Sul-Americana

Publicado

por

Lance

Corinthians e Fluminense ficam no empate em 0 a 0 na ida das quartas da Sul-Americana arrow-options
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Corinthians e Fluminense ficam no empate em 0 a 0 na ida das quartas da Sul-Americana

Ficou tudo igual entre Corinthians e Fluminense no jogo de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana, na noite desta quinta-feira, na Arena, em Itaquera. Num jogo muito equilibrado, com poucas chances de gol, as equipes ficaram no 0 a 0. Agora, quem vencer o segundo jogo avança para a semifinal. Em caso de empate com gols, o Timão passa para encarar o Independiente del Valle, do Equador.

As equipes voltam a se enfrentar na próxima quinta-feira, às 21h30, no Maracanã. Antes disso, o Corinthians entra em campo pelo Brasileiro, no domingo, fora de casa, às 19h, contra o Avaí. O Fluminense não joga no fim de semana porque o jogo contra o Palmeiras foi adiado para o dia 10 de setembro.

Começo quente

O início da partida foi tenso e muito brigado em Itaquera. Com menos de cinco minutos, Nenê e Clayson se desentenderam no meio de campo e chegaram a trocar empurrões. Quatro minutos depois, ocorreu um princípio de cenas lamentáveis na área do Fluminense. Nino se machucou sozinho e ficou caído no gramado. O volante Allan colocou a bola pela lateral, mas, quando o Timão repôs a bola em jogo, tentou uma jogada de ataque, enquanto os jogadores do Flu esperavam que devolvessem a bola. Frazan partiu para cima de Pedrinho e um bolo se jogadores se formou, trocando empurrões. O árbitro esperou os ânimos se acalmarem e resolveu tudo na conversa. Foi o lance mais quente do primeiro tempo.

Leia mais:  Melhor do mundo pela Fifa, Modric fatura também a Bola de Ouro; Neymar é o 12º

Ainda no começo do jogo, Nenê recebeu cartão amarelo por falta dura em Mateus Vital, enquanto o meia corintiano também foi advertido pelo árbitro por deixar a mão no rosto de Ganso.

Timão volta melhor

Após um primeiro tempo fraco tecnicamente, sem nenhuma das duas equipes conseguir criar boas jogadas ou dar trabalho para os goleiros Cássio e Muriel, o Corinthians voltou melhor para a segunda etapa. Retornando com o mesmo time, o Timão teve outra postura e conseguiu pressionar o Flu nos minutos iniciais. Manoel, pelo alto, e Pedrinho, com um chute da entrada da área, tiveram chances para abrir o placar para o Timão.

Depois de bons 20 minutos do Corinthians na segunda etapa, o Fluminense conseguiu sair mais para o jogo. E logo aos 25, Daniel obrigou Cássio a fazer uma boa defesa em chute de fora da área

Muriel salva

Com a entrada de Boselli e Gustagol no time do Corinthians, os donos da casa passaram a apostar mais ainda na jogada aérea. E quase deu certo. Aos 35, Clayson cruzou, Gil escorou e o argentino cabeceou no meio gol, para defesa de Muriel. Depois, já aos 46, Fagner deu um belo cruzamento e Gustagol subiu alto e mandou para o gol. O goleiro tricolor desviou com a ponta dos dedos a bola, que ainda bateu no travessão antes de sair, para garantir o 0 a 0 no placar.

Leia mais:  Fã do United, McGregor fala sobre relação com futebol e exalta Cristiano Ronaldo

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana