conecte-se conosco


Tecnologia

Falha de segurança vaza dados pessoais de alunos da Anhembi Morumbi

Publicado

Olhar Digital

Uma falha de segurança no sistema que gera boletos de mensalidade da universidade Anhembi Morumbi fez com que dados pessoais de alunos da instituição ficassem vulneráveis na internet.

Como modelos de computador simulam a propagação do coronavírus

A brecha foi relatada ao Olhar Digital  através de um e-mail enviado por um remetente que preferiu não se identificar.

Segundo a mensagem, informações como nome completo , endereço , telefone , data de nascimento e até mesmo a taxa mensal de pagamento dos clientes estariam ao alcance de terceiros na plataforma.

Campus Anhembi Morumbi arrow-options
Reprodução

Campus Anhembi Morumbi



A falha permitia a manipulação do ID dos boletos. Este código de identificação é emitido em ordem sequencial. Assim, com uma simples alteração do número no navegador era possível acessar qualquer outro documento gerado pelo sistema.

Um robô poderia, por exemplo, acessar, coletar e armazenar os dados de todos os alunos presentes nos arquivos dos boletos. O acesso ao portal requer apenas o CPF e a data de nascimento de um aluno ou ex-aluno da universidade.

Leia mais:  Apagou ou não? Saiba como revelar mensagens deletadas no WhatsApp Web

Uber permite chamar carro por ligação telefônica

Em nota ao Olhar Digital , a Universidade Anhembi Morumbi disse que “apurou o caso e já tomou todas as medidas cabíveis para a correção”. A instituição também afirmou que “dedica investimentos e esforços redobrados na manutenção dos sistemas de segurança da informação, garantindo a confidencialidade dos dados acadêmicos, bem como de seu corpo discente, docente e administrativo.”.

O comunicado não esclarece se os alunos foram informados sobre a falha de segurança .

Comentários Facebook
publicidade

Tecnologia

WhatsApp deixa de mostrar status ‘online’ e ‘visto por último’, relatam usuários

Publicado

O WhatsApp se tornou um dos assuntos mais comentados no Twitter nesta sexta-feira (19) depois que usuários perceberam mudanças inusitadas em seu funcionamento. O aplicativo de mensagens deixou de mostrar o status “online”, “visto por último”, “digitando” e “gravando áudio” em suas conversas. Ao atualizar o aplicativo mudanças serão percebidas.

As novidades deixaram os internautas confusos sobre um possível erro no sistema, já que a empresa de Mark Zuckerberg não anunciou as atualizações. Antes, os usuários do aplicativo conseguiam apenas optar por desabilitar a função de “visto por último” e a de “confirmação de leitura” nas configurações de privacidade.

REUTERS/Thomas White

Segundo o site Downdetector, que monitora o relato de erros em redes sociais, o número de reclamações sobre o mau funcionamento do Whatsapp começou às 13h e atingiu seu pico às 14h.

Downdetector gráfico

Gráfico do Downdetector mostra pico de reclamações sobre mau funcionamento do WhatsApp

Entre os afetados pelas alterações repentinas, existem os que ficaram felizes pela maior privacidade e aqueles que lamentaram a falta de informações sobre seus contatos. E ainda no final da tarde desta sexta, alguns perfis no Twitter também começaram a relatar o retorno da visualização do status.

Leia mais:  Minicérebros criados em laboratório podem desenvolver consciência

Já entre os concorrentes, o Telegram ironizou a suposta falha no sistema, convidando os insatisfeitos com as novidades a “convidarem um amigo para ficar online” no aplicativo.

Procurada pela CNN, a assessoria do WhatsApp ainda não respondeu ao contato para explicar as mudanças.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana