conecte-se conosco


Política

Faissal sugere energia fotovoltaica para economizar consumo na AL

Publicado

Foto: Ronaldo Mazza

O deputado estadual Faissal Calil (PV)  apresentou um requerimento na terça-feira (4), na sessão vespertina , solicitando a disponibilização da cópia do contrato de fornecimento de energia elétrica firmado pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) junto à concessionária Energisa.

“Os tempos atuais vislumbram  necessárias reformas na administração pública no intuito de otimizar a aplicação dos recursos”, explica o deputado.

O requerimento apresentado por Faissal  também pede a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa a viabilidade financeira para instalação de sistema gerador solar fotovoltaica. A solicitação se faz necessária devido à crescente tendência no uso dessa energia. Além de auxiliar na redução dos custos, também reduz o impacto ambiental.

“A troca das lâmpadas da casa pelas de leds economizaria cerca de 30% na energia elétrica da casa, hoje nós gastamos em torno de R$ 250 mil por mês e temos condições de fazer um estacionamento aqui na ALMT com garagens cobertas por placas de energia fotovoltaica e essas placas produzem uma energia renovável que não agride o meio ambiente, tal como acontece hoje em dia na Justiça Federal”, conclui Faissal.

Leia mais:  PL determina divulgação de informações sobre obras públicas cuja execução estejam em andamento

Comentários Facebook
publicidade

Política

Dupla é pega com droga em casa identificada como ponto de venda

Publicado

por

Policiais militares de Sinop (a 500 km de Cuiabá) prenderam nesta quinta-feira (02.06), dois homens por tráfico de droga, no bairro Menino Jesus I.

Conforme o boletim de ocorrência, a denúncia apontava uma casa usada como ponto de venda de entorpecente, além de dois homens como traficantes.

Em monitoramento, a informação foi confirmada devido o fluxo de pessoas no imóvel. Devido à situação, foi iniciado o procedimento de abordagem e a dupla denunciada foi encontrada. Eles carregavam porções de maconha e de pasta base de cocaína prontas para venda.

Na vistoria na casa, foram apreendidos porções de pasta base de cocaína, uma balança, vários frascos de perfume que segundo um dos suspeitos  foram usadas como moeda de troca, além de seis munições de calibre 38, uma maquina de cartão de crédito e dinheiro.

Os dois homens confirmaram que teriam pegado a droga de uma organização criminosa e seriam os responsáveis pela venda no bairro.

Comentários Facebook
Leia mais:  Embargo dos EUA contra Irã afeta empresas brasileiras, diz Bolsonaro
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana