conecte-se conosco


Cidades

Experiências culturais resgatam o dia a dia da comunidade do bairro São Mateus

Publicado

Divulgação

As comemorações dos 300 anos de Cuiabá não param. A creche municipal São Mateus inaugurou nesta semana, o Quintal Cuiabano. A iniciativa faz parte do Projeto ‘O Jeito de Nossa Gente’, que tem o objetivo de conhecer o modo de vida dos alunos, de suas famílias, da comunidade e da cidade juntamente com as mascotes ‘Joca’, o jacarézinho e o menino Mateus.

Em um espaço lúdico com muitas cores e formas que resgatam a cultura cuiabana, o Quintal Cuiabano é a primeira etapa do projeto. “Será um espaço organizado para as crianças vivenciarem as tradições da nossa terra, por meio  das personagens ‘Joca’, o jacarézinho e o menino Mateus, serão contadas e retratadas histórias do Córrego do Barbado, que passa em frente à nossa creche”, explica a diretora da unidade Denis de Moraes. Durante a  inauguração do espaço, foi servido Chá com Bolo.

No Quintal Cuiabano são desenvolvidas atividades com músicas e danças tradicionais, culinária típica, contação de histórias infantis, do folclore local, da nossa cidade, jogos e brincadeiras, encontros com a presença de membros das famílias para contarem suas histórias e leitura.

Leia mais:  Pinheiro conquista recurso de mais 5 milhões para asfalto

“Em virtude dos 300 anos, nosso objetivo é trabalhar com as crianças essa vivência cuiabana, nosso linguajar, a culinária, o nosso artesanato, a nossa dança envolvendo a nossa comunidade. Queremos levar esse projeto à todas as unidades que estão à beira do Córrego do Barbado, que é por este córrego que ‘Joca’ o jacarezinho chega até a creche São Mateus e conhece seu novo amigo Mateus e passam a viver aventuras resgatando a cultura cuiabana”, acrescenta a coordenadora Telma da Silva Pereira.

Foram confeccionados os bonecos do ‘Joca’, o jacarézinho e o menino Mateus para desenvolver as atividades. As crianças poderão levar os bonecos para casa e anotarem em um caderno as experiências que vão ter junto com os personagens. No final do ano, será produzido um livro de cada turma contando as vivências das crianças com o ‘Joca’ e o Mateus.

(Estagiária Emilly Rodrigues com supervisão da jornalista Maria Barbant)

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Alunos participam de aula de campo que resgata a história do bairro Campo Velho

Publicado

por

Divulgação

Alunos do 3º ano do 1º ciclo da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Filogônio Correia, do bairro Campo Velho, participaram nesta semana de uma aula de campo no Aeroporto Internacional de Cuiabá – Marechal Rondon, em comemoração aos 300 anos de Cuiabá. A aula faz parte do Projeto “Campo Velho e os voos continuam”, que resgata partes da história da cidade.

A iniciativa tem uma explicação, a escola está localizada no bairro em que aconteceu o primeiro pouso de avião em Cuiabá, no dia 29 de março de 1929, num campo improvisado. “Resolvemos realizar esse projeto para que as crianças conhecessem mais sobre o primeiro pouso de um avião em Cuiabá que aconteceu nosso bairro. Os alunos do 3º ano estão fazendo a parte do primeiro pouso, então solicitamos uma visita ao aeroporto”, explicou a diretora da escola Inês Ehrenbrienk.

Esta é a segunda turma da unidade educacional a fazer a visita. No dia 5 de abril, outra turma participou da aula de campo. A diretora Inês relembra que ao chegar ao aeroporto, os alunos foram recepcionados no auditório da Superintendência, onde assistiram a uma apresentação sobre a história do aeroporto e receberam gibis da Turma da Mônica com foco na aviação. Em seguida, entraram na área operacional, onde visitaram a Seção contra Incêndio (SCI). Lá, tiveram uma explicação sobre como funciona e participaram de uma simulação de incêndio.

Leia mais:  Prefeito lamenta morte do desembargador aposentado Teomar Oliveira

“Os alunos visitaram também o Centro Integrado de Operações Aéreas (CIAOPER), onde puderam conhecer os aviões e os helicópteros da corporação e a função de cada um deles, além disso, as crianças puderam entrar no helicóptero”, acrescentou Inês. Depois, foi a hora de conhecer uma aeronave utilizada em voos comerciais e simularam um embarque, entraram na cockpit (cabine do Piloto). Pelo Finger, ponte que faz ligação entre o terminal de aeroporto e o avião, foi simulado o desembarque.

Nessa aula de campo, participaram 60 alunos divididos em duas turmas. “A experiência foi maravilhosa, as crianças ficaram extasiadas de tanta alegria. É gratificante para nós educadores podermos proporcionar momentos como esses para os nossos alunos. Com certeza ficará na memória deles por muito tempo”, destaca Inês.

A culminância do projeto será apresentada para a comunidade no final do mês de abril.

(Estagiária Emilly Rodrigues com supervisão da jornalista Maria Barbant)

 

 

 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana