conecte-se conosco


Polícia

Ex-funcionário e comparsa são presos por roubo em barbearia da Capital

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Duas pessoas envolvidas no roubo a uma barbearia na Capital, sendo uma delas o ex-funcionário do estabelecimento, tiveram os mandados de prisão preventiva cumpridos pela Polícia Civil, na segunda-feira (13.05), em ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá (Derf).

O suspeito, Ramon de Souza Saith, trabalhava como barbeiro na empresa e é acusado de passar informações privilegiadas aos executores do crime. Identificado como um dos autores do roubo, Junior de Oliveira Ribeiro, 20, teve a ordem de prisão decretada por participar da execução do assalto.

O crime aconteceu no mês de fevereiro, na Barbearia Barba Santa, no bairro Centro Norte, quando dois indivíduos armados invadiram o local no final do expediente. Os funcionários foram obrigados a deitar no chão e dois deles ainda foram agredidos. Os criminosos subtraíram diversos produtos e pertences das vítimas, além de uma motocicleta, foragindo em seguida.

Assim que foi acionada do roubo, a equipe da Derf iniciou as diligências com objetivo de identificar os autores do crime. De acordo com as investigações, Ramon era funcionário da barbearia, e passou informações privilegiadas para seus comparsas praticarem o crime.

Leia mais:  Polícia Civil prende dupla por furto de cabos de energia e apreende R$ 150 em produtos

Ramon estava trabalhando quando o assalto ocorreu e na ocasião ele se passou por vítima, sendo rendido junto as outras pessoas que estavam no local.

Com o mandado judicial expedido, os policiais civis localizaram Ramon no seu atual local de trabalho, onde foi detido e levado à Derf Cuiabá. Já o segundo suspeito, Junior, teve o mandado cumprido na Penitenciária Central do Estado (PCE), onde encontra-se recolhido por outro crime cometido.

Junior de Oliveira Ribeiro, já teve anteriormente dois mandados de prisões decretados pela Comarca de Rondonópolis, cumpridos pela Derf Cuiabá por homicídio e tortura praticados naquela cidade. Ele também responde inquérito policial por crime de uso de documento falso.

Os trabalhos continuam com objetivo de identificar e prender o terceiro suspeito, responsável por executar o crime na companhia de Junior.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Forças de Segurança cumprem 17 buscas em operação de combate ao crime em Cáceres

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

Dezessete mandados de busca e apreensão, com alvo em uma organização criminosa envolvida com o tráfico de drogas e roubos e furtos de veículos na região de fronteira, foram cumpridos no sábado (20.07), em operação integrada deflagrada pelas Forças de Segurança de Cáceres (228 km a Oeste).

Desencadeada pela Polícia Civil da Regional de Cáceres, com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Militar, e Grupo Especial de Fronteira (Gefron), a operação de combate ao crime na região de fronteira resultou em 18 pessoas presas, 06 menores apreendidos, além da apreensão de drogas, veículos, dinheiro e apetrechos relacionados ao tráfico.

 A ação contou com a participação de 121 agentes da segurança pública, sendo 60 policiais civis, 16 policiais rodoviários federais, 38 policiais militares e 06 policiais do Canilfron.

As 17 ordens judiciais de busca e apreensão domiciliar foram decretadas pela Justiça com base em investigações e levantamentos de inteligência realizados pela 1ª Delegacia de Polícia de Cáceres. A ação tinha como alvo uma organização criminosa atuante com o tráfico de drogas, roubos e furtos de veículos e receptação.

Leia mais:  Polícia Civil cumpre 15 mandados contra suspeitos de facilitar a entrada de celulares na PCE

Durante as buscas foram apreendidos, 75 porções pequenas de pasta base de cocaína, já embaçadas para venda, 14 porções grandes e 03 médias da mesma substância, 35 porções pequenas e 03 grandes de maconha, além de produtos químicos para preparar a droga, 02 balanças de precisão, aproximadamente R$ 2,5 mil em dinheiro e máquina de cartão de crédito utilizada no comércio ilícito.

Os trabalhos resultaram ainda na apreensão de diversos objetos de origem ilícita (aparelhos celulares, televisão, notebook, câmera fotográfica, ferramentas, relógios, joias, ente outros), além de duas motocicletas e de um veículo com registro de roubo/furto.

No total, foram confeccionados 08 autos de prisão flagrante, com 18 presos, 06 menores apreendidos e dois Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO) registrados.

 

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana