conecte-se conosco


Sem categoria

Ex-deputado de MT é condenado a 7 anos de prisão por contratar empregados com dinheiro da Câmara Federal

Publicado

Conforme a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), os dois empregados recebiam seus salários como se trabalhassem na Câmara dos Deputados.
O ex-deputado Eliene Lima foi condenado a 7 anos e 6 meses de prisão, em regime semiaberto, pelo crime de peculado, por ter contratado dois empregados domésticos para uso pessoal por meio da Câmara dos Deputados.

Eliene afirmou ao G1 que a decisão, do juiz Paulo Cézar Alves Sodré, da Sétima Vara Federal de Cuiabá, é descabida, fruto de uma denúncia anônima. Ainda segundo o ex-parlamentar, não há provas contra ele.

“É um absurdo. O juiz levou em consideração a palavra de duas testemunhas de acusação e ignorou as cinco testemunhas de defesa que eu levei. Essas duas testemunhas que me acusaram não apresentaram provas. Inclusive eu fui chantageado pelas duas. Uma queria que eu desse uma casa para ela e a outra me ligava do Paraná para falar que se eu não mandasse dinheiro para mantê-la lá eu iria me arrepender”, contou o ex-deputado.

Leia mais:  Mauro anuncia compra de 1,2 milhão de vacinas contra covid; Olhe vídeo

Eliene diz que vai recorrer ao Tribunal Regional Federal. “Vou levar isso para que um colegiado veja o que de fato aconteceu”, diz.

Conforme a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), os dois empregados recebiam seus salários como se trabalhassem na Câmara dos Deputados.

Eliene foi condenado ainda a devolver R$ 148 mil como forma de ressarcir os cofres públicos.

Conforme a acusação, Eliene nomeou Joecy Campos Rodrigues e Edevaldo Alves Garcia em 14 de fevereiro de 2007 e em 2 de fevereiro de 2007, respectivamente.

Contudo, em vez de exercerem as atividades afetas ao cargo público ao qual

foram nomeados, Joecy e Edevaldo, por determinação direta de Eliene, exerceram atividades domésticas na residência do ex-parlamentar, no período de fevereiro/2007 a abril/2009 (Joecy) e fevereiro/2007 a junho/2008 (Edevaldo).

“A culpabilidade presente na alta censurabilidade da conduta perpetrada pelo réu, que no desempenho do Cargo de Deputado Federal, é extremamente repreensível a prática de peculato por um representante de um Poder da República, considerando a importância do cargo, da representação parlamentar, da confiança depositada pelos eleitores para o cumprimento do mandato, enfim, num juízo de comparação com outro servidor público, a conduta é bem mais reprovável”, decidiu o juiz.

Leia mais:  Veículo dos Correios e caminhão batem em rodovia de MT

 

Por Flávia Borges, G1 MT

Comentários Facebook
publicidade

Sem categoria

Mauro anuncia compra de 1,2 milhão de vacinas contra covid; Olhe vídeo

Publicado

O governador Mauro Mendes (DEM) anunciou a compra de 1,2 milhão de doses da vacina russa Sputnik V durante live transmitida nas redes sociais do governo na tarde desta quarta-feira (31).

Segundo o governador, a previsão é de que os imunizantes sejam entregues a Mato Grosso partir da segunda quinzena do mês abril.

“Hoje, eu e o secretário Gilberto estaremos assinando o contrato para a compra de 1,2 milhão de doses. Existe a previsão de entrega dessas vacinas entre o mês de abril e julho deste ano, comecando já em abril”, disse o governador na live.

Mauro apontou que o custo unitário das doses será de U$ 9.95, o que equivale a mais de U$ 11 milhões. O chefe do Executivo estadual disse também que o preço é mais barato do que o valor praticado pelo Instituto Butantan.

Na transmissão, Mauro explicou que as vacinas serão destinadas ao Programa Nacional de Imunização (PNI) caso a União arque com os custos da operação. Contudo, se os imunizantes forem custeados pelo estado, as doses serão utilizadas em Mato Grosso.

Leia mais:  Tio suspeito de estuprar e engravidar menina de 10 anos no ES é preso em MG

“Inicialmente, o estado de Mato Grosso vai pagar por essas vacinas. Existe a previsão de que se o governo federal pagar ou ressarcir a todos os estados ou fazer o pagamento em nome dos estados, as vacinas serão deslocadas para o PNI”, afirmou o governador.

governador.

 

Veja ao vivo abaixo:

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana