conecte-se conosco


Entretenimento

Ex-apresentadora de telejornal desafia traficante com seu programa antidrogas

Publicado

A ex- apresentadora Fernanda Alves conversou com a coluna sobre um programa antidrogas que ela mesma fundou, o “S.O.S. Dependentes Químicos”. Fabio Assunção , aliás, é um seguidor da página da coluna no Instagram.

fernanda alves arrow-options
Divulgação/Beto Riginik

Fernanda Alves

Na entrevista a seguir, Fernanda conta que não tem medo de traficantes e quer acabar com todos eles. Ela também afirma já ter invadido favelas duas vezes para resgatar viciados. Esta colunista recomenda a leitura:

1- Por que escolheu a causa dos dependentes químicos?

Porque fui codependente de alguns ex-namorados na adolescência, onde eu sempre participava desse mundo das drogas, mas nunca me droguei. Não entendia tamanho cuidado que tinha com eles, até que fui numa “casa espiritual” e me disseram que eu já fui uma dependente química em outras vidas. 

2- Então pra você ficou claro que esse altruísmo vem de ter passado por isso de alguma forma? Você acredita nisso?

Exatamente isso. É inexplicável essa minha força em cuidar e estudar tanto o assunto. Não vejo outra explicação, acredito e muito no espiritismo.

 3- Você declarou recentemente, na sua página do Instagram, que não tem medo de traficante e pretende acabar com todos eles. De que forma pretende?

Eu declarei, porque de fato não tenho medo mesmo. Óbvio que não vacilo. Meu carro é blindado, eu não coloco a localização de onde estou em redes sociais no momento exato, apenas quando vou embora, não faço muita exposição dos meus familiares, todo cuidado é pouco com tanta violência que estamos enfrentando, mas me sinto protegida por Deus ao extremo, eu encaro todos eles, como já fiz.

Leia mais:  Fabiana reconhece Virgínia em programa de TV em “A Dona do Pedaço”

Pretendo acabar com o tráfico frisando o cuidado com o usuário muito mais que com o tráfico (desenvolvi a campanha “Sem usuário, Sem tráfico”), buscando junto ao governo clínicas decentes com profissionais adequados para o sucesso de um tratamento, pois os programas de governo que temos não suprem tamanha demanda, muito menos eficácia. Falamos de mais de oito milhões de dependentes químicos no Brasil.

Leia também: Jornalista Fernanda Alves descobre que ex ameaçou funcionário com facão

 4- Já encarou traficante, me conta isso?

Sim! Invadi favela duas vezes para resgatar um dependente químico, subi morro e no laboratório que fiz por dois anos com clínicas especializadas, psiquiatras, psicoterapeutas, achei que deveria entender  a “Cidade da Cracolândia”, onde fui de madrugada analisar o movimento dela. Vi tudo o que possa imaginar, sem filtro, sem medo, apenas observando escondida.

 5- Se escondeu aonde?

Ah, se eu te contar, eles me descobrem. Risos

6- Por que foi a garota propaganda da campanha “Faça sexo, não use cocaína” que idealizou, as fotos eram bem sensuais?  O que pretendia passar ao leitor e usuários?

fernanda alves arrow-options
Divulgação/Beto Riginik

Fernanda Alves

Fui a garota propaganda, porque quero gritar a causa mesmo, ter a ‘patente’, não teria fundamento outra modelo.  Sensualizar uma campanha nesse teor, faz com que o leitor tenha mais curiosidade, pois a palavra ‘drogas’ passa batido, é cansativa, há preconceitos da sociedade, já uma mulher posando de lingerie e a palavra ‘sexo’, causa mais impacto, o leitor acaba se interessando e automaticamente se informando, propósito da campanha.

Leia mais:  Após 12 dias casamento, Pamela Anderson se separa

Chamar atenção do usuário para que desperte uma busca ao tratamento, é válida em minha opinião qualquer forma de exibição, já que o uso da cocaína causa isquemia, e com isso, o usuário acaba broxando. Sexo é saudável, cocaína não!

 7- Qual o próximo passo em seu programa antidrogas?

Em fundei o programa “S.O.S Dependentes Químicos”, justamente para passar informação à sociedade que é pobre demais com essa questão. Escrevi um formato de um programa de TV também, para ver se alguém tem a ousadia em veicular, pois não temos um meio de comunicação que informe.

Escrevo relatos para o jornal Estadão na coluna do repórter político Fausto Macedo, onde conto o dia a dia de um dependente químico. Tem alguns relatos que choro todas as vezes que leio. É uma vida obscura, triste, vazia demais.

Tenho feito reuniões com secretários de governo e tem sido muito positivas. O trabalho é constante, o estudo idem. Eu participo de congressos para me aprimorar cada vez mais com profissionais da área, desenvolvo campanhas, projetos, ideias em como melhorar a vida desses doentes e de seus familiares, sempre visando o bem estar também da população de um modo geral. 

Leia também: Fernanda Alves sobre trabalho voluntário e posar nua: “Nem tento dar explicação”

Estou me preparando agora para dar palestras gratuitas em escolas, acredito que a informação mais técnica e de uma pessoa que vivenciou isso tudo, como é o meu caso, faz com que eu sensibilize os adolescentes, pois é onde tudo começa   

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

“BBB 20”: Namorada de Lucas fala sobre o brother emparedado

Publicado

por

Lucas Gallina tem causado bastante polêmica dentro do “BBB 20”. E toda essa movimentação do brother no jogo repercute também aqui fora, onde a torcida para que ele seja o próximo eliminado do jogo é grande. No último domingo (16), ele foi indicado pelo líder da vez, Guilherme, e enfrenta Babu e Victor Hugo no paredão de hoje.

Leia também: Babu, Lucas ou Victor Hugo: quem deve ser eliminado do “BBB 20”?

Lucas Gallina do arrow-options
Reprodução/Instagram/@lucas.gallina

Lucas Gallina do “BBB 20”


Leia também: “BBB 20”: Lucas fala sobre fazer filme pornô e posar nu em papo íntimo

Procurada, a família de Lucas disse que tem muito orgulho do que o participante tem mostrado no ” BBB 20 “. Sua namorada há 8 anos, Juliana Xavier , contou que esta foi a única vez que o brother se inscreveu para o programa, que começou como uma brincadeira entre amigos e acabou virando realidade.

Juliana explicou como enxerga Lucas: “Uma pessoa sincera, verdadeira e que está sempre disposta a ajudar as pessoas e não julgá-las”. Ao ser perguntada se aprovava o comportamento do namorado, que já causou algumas polêmicas lá dentro e aqui fora, ela disse estar muito feliz. “Fiquei muito orgulhosa dele ao vê-lo pendindo desculpas pessoalmente para cada mulher da casa caso algum momento ele tivesse faltado com o respeito a elas, mesmo não recordando disso ter acontecido”.

Lucas e a namorada, Juliana Xavier arrow-options
Reprodução/Instagram/@julianaxavier

Lucas e a namorada, Juliana Xavier

Leia mais:  HBO divulga trailer assustador de nova série, “Watchmen”


Sobre as amizades do brother e a aproximação com Mari Gonzalez , logo no início do programa, ela disse: “A amizade dele com a Mari não me incomodou em nenhum momento. Lucas sempre teve mais amigas mulheres do que homens e não foi diferente no programa” e que “algumas amizades que ele teve até o momento não trouxeram boas energias a ele. Mas acredito que agora está muito bem rodeado de pessoas alegres e com um pensamento mais próximo do dele”.

Vida aqui fora

Fora do “BBB 20”, Lucas Gallina é fisioterapeuta. Mas, antes, ele chegou a morar nos Estados Unidos , onde jogava basquete e tinha, inclusive, planos de ir para a NBA, quando sofreu uma lesão que forçou a desistir da vida de atleta. Foi quando o participante encontrou na fisioterapia uma nova oportunidade. “Se dedicou muito aos estudos e encontrou outro sonho e uma grande força dentro da fisioterapia. Sempre se mostrou disposto a ser o melhor dentro da sua profissão”, disse Juliana.

Leia também: Lucas não doa estalecas para comida no “BBB” e Thelma dispara: “macho escroto”

Leia mais:  Ex-BBB é internada no Rio por suspeita de ingerir água contaminada

E se ganhasse o ” BBB 20 “, a namorada explica que Lucas iria investir em uma causa nobre. “Ele antes de ir já tinha comentado que gostaria de fazer uma doação caso fosse o grande vencedor. Já verbalizou dentro da casa que doará parte do prêmio para uma instituição de mulheres com câncer. Ele trabalha com a autoestima feminina e visualiza a importância disso diariamente em seus atendimentos. Já atendeu algumas mulheres que passaram por essa doença, assim como teve caso na família, onde percebeu o quanto isso pode abalar a autoestima das mulheres”. 


Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana