conecte-se conosco


Agricultura

ETANOL/CEPEA: Indicador diário do etanol hidratado completa 10 anos

Publicado

Clique aqui e baixe release completo em word.

 

Cepea, 24/01/2020 – O Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, com júbilo, comemora neste ano o 10º aniversário de divulgação do Indicador Diário do Etanol Hidratado ESALQ/BM&FBovespa, posto Paulínia (SP). São quase 2,5 mil dias de divulgações ininterruptas desde o início da sua publicação, em 25 de janeiro de 2010. O Indicador diário do hidratado foi criado pelo Cepea em parceria com a B3 (antiga BM&FBovespa) e é utilizado para liquidação futura de contratos negociados na Bolsa.

 

O início do Indicador diário de preços se deu com as publicações mensais (divulgadas pelo Centro de Pesquisas há 22 anos) e semanais (disponibilizadas há 18 anos), ambos para o mercado paulista e divulgados de forma ininterrupta desde as respectivas constituições. Atualmente, o acompanhamento do mercado de etanol é realizado pelo Cepea nos principais estados brasileiros que têm representatividade na produção desse biocombustível. 

 

Segundo a professora da Esalq/USP e pesquisadora do Cepea Mirian Bacchi, “temos a convicção de que o Cepea contribuiu e continua contribuindo para o desenvolvimento desse importante segmento do agronegócio brasileiro, fornecendo informações de mercado que reduzem a assimetria, auxiliam na organização e na prática eficiente do processo de comercialização, permitem o desenvolvimento de mecanismos de mercado que potencialmente proporcionam menores riscos de preço e reduzem os custos de transação”. Além dos preços, o Cepea também levanta volumes negociados nas usinas, informações que fundamentam análises e que auxiliam na elaboração de políticas públicas e setoriais.

Leia mais:  Setor vitivinícola deve se preparar para ser competitivo com abertura de mercado, diz ministra

 

Ao mesmo tempo, comemorar os 10 anos do Indicador só foi possível porque, desde seu início, os agentes atuantes no mercado sucroalcooleiro se predispuseram a fornecer dados ao Cepea, reconhecendo a importância para eles próprios da informação elaborada com base em métodos cientificamente recomendados. 

 

METODOLOGIA – O Indicador Diário do Etanol Hidratado ESALQ/BM&FBovespa, posto Paulínia (SP), é elaborado a partir da consulta a compradores, vendedores e intermediários de negócios. O Indicador representa o preço do biocombustível posto em base de distribuidora no município de Paulínia (SP) de negócios efetivos. Os valores considerados neste Indicador podem se referir a compras realizadas em diferentes estados do Centro-Sul com destino especificamente à base de distribuição em Paulínia ou em regiões de sua influência, sendo consideradas as seguintes: Guarulhos, Barueri, Santo André, São Caetano do Sul, São José dos Campos, Cubatão, Ipiranga e São Paulo.

Todos os valores captados pela equipe Cepea são uniformizados para a condição posto Paulínia. Em alguns casos, os dados relatados já incluem o frete até a base de referência (Paulínia). Naqueles em que o valor informado for Posto Veículo Usina (PVU, ou seja, a retirar na usina), o frete será estimado até Paulínia, mesmo nos casos em que o destino efetivo seja uma das bases de influência mencionadas.

Leia mais:  Ministra anuncia fundo para modernização do setor de vinho

 

O Indicador do Etanol Hidratado Posto Paulínia (SP) ESALQ/BM&FBOVESPA é divulgado diariamente nos sites do Cepea e da B3.

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA: Outras informações sobre o mercado de etanol aqui e por meio da Comunicação do Cepea: 19-3429-8836 /8837 e [email protected] 

Comentários Facebook
publicidade

Agricultura

Exportação de milho do Brasil sobe 44% na primeira semana de dezembro

Publicado

As exportações de milho do Brasil atingiram média diária de 286,2 mil toneladas na primeira semana de dezembro, o que representa ritmo 44,3% superior à média de 198,3 mil toneladas por dia registrada no mês completo do ano passado, indicaram dados publicados pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) nesta segunda-feira (7).

Colheita de milho, colheita de grãos

No acumulado da última semana, o país embarcou 1,14 milhão de toneladas do cereal, contra 4,16 milhões de toneladas em todo o mês de dezembro de 2019, de acordo com os números do governo.

As exportações brasileiras de soja, por sua vez, seguiram muito abaixo da média do último mês do ano anterior, após os enormes embarques de 2020 se concentrarem em meses anteriores.

Segundo a Secex, foram exportadas em média 30,1 mil toneladas da oleaginosa por dia na semana, ante média de 155,7 mil toneladas diárias em dezembro do ano passado.

Em relação à indústria extrativa, os embarques de minério de ferro alcançaram média diária de 1,6 milhão de toneladas até a primeira semana do mês, alta de 35,7% na comparação com a média de dezembro de 2019.

Comentários Facebook
Leia mais:  Ministério da Agricultura e FNDE querem ampliar a presença de produtos orgânicos na alimentação escolar
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana