conecte-se conosco


Política

Estudantes de MT com melhor redação em concurso são homenageados pela AL

Publicado

Foto: Ronaldo Mazza

A Assembleia Legislativa concedeu moção de aplausos a três estudantes da rede pública estadual que alcançaram os três primeiros lugares de melhor redação em um concurso realizado pela Defensoria Pública da União. A sessão especial ocorreu no auditório Milton Figueiredo na manhã dessa quinta-feira (5).

Em uma iniciativa liderada pelo deputado estadual Wilson Santos (PSDB), foram homenageadas as estudantes Kamila Alves da Cruz e Isadora Katherina de Moraes Silva, ambas do 9ª ano do ensino fundamental, e Ana Paula Fernandes, que cursa a 8ª série. 

Também recebeu moção de aplauso o estudante Filemon Sebalho Gomes, aprovado para a fase estadual da Olímpiada de Português, realizada pela Secretaria de Estado de Educação. Todos estão matriculadas na Escola Estadual Professora Paciana Torres de Santana, localizada no bairro Residencial Coxipó em Cuiabá.

Com o tema “Defender direitos, evitar desastres: como o acesso à justiça contribui para o desenvolvimento sustentável”, a Defensoria Pública da União avaliou mais de 30 mil alunos em todo o país.

Na região Centro-Oeste, o primeiro lugar foi obtido pela estudante Kamila Alves da Cruz. As estudantes Isadora Katherina de Moraes e Ana Paula Fernandes da Costa conquistaram o segundo e terceiro lugar, respectivamente.

Leia mais:  Projeto de Diego Guimarães estabelece reciclagem e reutilização de lixo orgânico em Cuiabá

Com histórico de militância na educação, o deputado Wilson Santos enalteceu o resultado das estudantes e as estimulou a seguir adiante com seus planos de obter melhoria na qualidade de vida.

“Todos nós podemos transformar sonhos em realidade pelo conhecimento. Eurico Gaspar Dutra, um cuiabano, chegou a Presidência da República. Eu fui jornaleiro com orgulho na infância, cheguei a deputado federal, prefeito de Cuiabá e deputado estadual. O instrumento mais valioso é o conhecimento e é o que nos faz prosperar na vida”, disse.

Dedicação

A professora de Língua Portuguesa, Sandra da Penha, foi a responsável em trabalhar o conhecimento das três alunas que obtiveram alto desempenho na redação. Lotada na Escola Estadual Professora Paciana Torres de Santana, ela é responsável em ter criado um projeto de estímulo à leitura na biblioteca da unidade escolar.

“Quando tivemos conhecimento do concurso, convidei uma advogada especialista em direito ambiental e uma profissional para realizar uma palestra. A partir deste conhecimento, as estudantes produziram a redação e o resultado foi maravilhoso”, disse.

A estudante Kamila Alves da Cruz, que obteve o primeiro lugar, afirma que tem hábito de leitura de livros de literatura e conhecimentos gerais e sonha em ingressar na Faculdade de Comunicação Social – Jornalismo. “Ainda falta tempo para o vestibular, mas tenho identificação com o hábito de escrever”, disse.

Leia mais:  Inauguração da BR-163 é marco para governo federal, diz Delegado Claudinei

Já a estudante Isadora Katherina de Moraes diz que sonha em ser bióloga. “Meu hábito pela leitura são livros de conhecimentos gerais. A ciência é algo que me fascina”, revela.

A mesma identificação tem a estudante Ana Paula Fernandes da Costa. “Gosto muito de pesquisa científica. Vou me dedicar aos estudos para  mais a frente ver qual carreira seguir”.

O diretor Emanuel Frank Leite de Oliveira afirmou que a homenagem do deputado Wilson Santos valoriza a educação. “Essa homenagem vinda de um poder constituído enaltece profissionais da educação nos faz trabalhar ainda mais orgulhoso em busca de resultados como estes”.

Comentários Facebook
publicidade

Política

Emanuel chama Mauro de “insano” e alega que vaias doeram no governador

Publicado

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), não poupou adjetivos ao governador Mauro Mendes (DEM), em nota enviada à imprensa, após o democrata afirmar que ele terá o mesmo futuro do ex-governador Silval Barbosa (sem partido). Para o emedebista, Mauro é “desequilibrado e insano” e não tem nenhum tipo de controle emocional.

A declaração de Mauro foi feita na manhã desta sexta-feira (18), em Sinop, durante visita do presidente Jair Bolsonaro. Ocorre que o governador Mauro Mendes fechou apoio ao ex-prefeito Roberto França (Patriota), um dos principais rivais de Emanuel no pleito deste ano.
Mauro prometeu entrar firme na campanha do apresentador de TV para “tirar Cuiabá da corrupção”. “Um cara que tem um histórico de corrupção associado a seu nome, o Emanuel Pinheiro, com três secretários afastados por corrupção, com um monte de esquema sendo investigado pelo Ministério Público. Não tenho dúvida que o fim de Emanuel Pinheiro será igual ou pior que de Silval Barbosa”, colocou.

Silval Barbosa foi governador do Estado entre 2010 e 2014 e, menos de 1 ano após o fim da gestão, foi preso acusado de diversos crimes de corrupção. Ele foi solto quase 2 anos depois, após confessar os crimes e firmar colaboração premiada com a Procuradoria Geral da República.

Emanuel, ao tomar conhecimento das declarações, não deixou barato e atacou o democrata. “Mais uma vez o chefe do Executivo estadual demonstra uma postura de total insanidade, desequilíbrio e falta de controle emocional. Ao atacar insistentemente a Prefeitura de Cuiabá e o seu gestor, o governador deixa evidente seu papel de cabo eleitoral, deixando de lado a função para a qual foi eleito, que é o de governar o Estado”, diz trecho da nota.

Leia mais:  Thiago Silva recebe presidente da OAB para analisar fechamento de comarcas

O emedebista também diz que Mauro desceu o nível. Chamou o democrata de maldoso, arrogante e soberbo. Na sequência, ainda fez uma denúncia.

“Igualmente, com peculiar empáfia, tenta esconder suas conhecidas atividades empresariais obscuras, como, por exemplo, a mais recente, sua ligação com a empresa Agrenco que, conforme noticiado na imprensa, o chefe do Poder Executivo estadual teria sido supostamente beneficiado com um “generoso mimo” em forma de participação societária”, diz outro trecho da nota.

Ele também citou as vaias recebidas pelo democrata no evento em Sinop. “Devem ter doído muito no governador”.

Para Emanuel, Mauro vive em pedestal. “Adota sempre o mesmo e velho modus operandi, que busca atacar alguém para desviar a atenção dos seus problemas e da rejeição recebida pela população”, finalizou.

Íntegra da nota de Emanuel Pinheiro:

Sobre a declaração do governador Mauro Mendes, concedida à imprensa nesta sexta-feira (18), o prefeito de Cuiabá afirma que:

– Mais uma vez o chefe do Executivo estadual demonstra uma postura de total insanidade, desequilíbrio e falta de controle emocional.

– Ao atacar insistentemente a Prefeitura de Cuiabá e o seu gestor, o governador deixa evidente seu papel de cabo eleitoral, deixando de lado a função para a qual foi eleito, que é o de governar o Estado.

– Temos a ciência do baixo nível que o governador é capaz de chegar e de que isso irá piorar, principalmente a partir do momento que aceitamos a convocação e colocamos nosso nome à disposição para disputar à reeleição.

Leia mais:  CPI da Energisa estimula denúncias ao Procon-MT

– Todavia, garantimos que o mesmo será levado à Justiça, pois cabe a quem acusa o ônus da prova e, de forma alguma, tais falas levianas serão lançadas ao vento sem responsabilização.

– O governador criou o péssimo hábito de atacar a gestão de Cuiabá para desviar o foco da má gestão que vem fazendo, resultando inclusive em uma cena vexatória diante do Presidente da República, onde foi estrondosamente vaiado pela população de Sinop.

– Sem saber como contornar tal situação, mais uma vez virou sua mira para o Executivo municipal da capital, que é onde está o seu interesse político.

– Mauro, no alto da sua maldade, arrogância e soberba, se coloca como o paladino da moral e ética. Porém, faz isso sem nunca mencionar os processos que pesam contra ele.

– Igualmente, com peculiar empáfia, tenta esconder suas conhecidas atividades empresariais obscuras, como, por exemplo, a mais recente, sua ligação com a empresa AGRENCO que, conforme noticiado na imprensa, o chefe do Poder Executivo estadual teria sido supostamente beneficiado com um “generoso mimo” em forma de participação societária.

– As ensurdecedoras vaias recebidas hoje devem ter doído muito no governador. No entanto, nem assim Mauro Mendes é capaz de descer do pedestal e fazer uma autoavaliação. Pelo contrário, adota sempre o mesmo e velho modus operandi, que busca atacar alguém para desviar a atenção dos seus problemas e da rejeição recebida pela população.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana