conecte-se conosco


Tecnologia

Estoque do Xiaomi Mi 10 acaba em um minuto na China

Publicado

Olhar Digital

Xiaomi Mi 10 arrow-options
Divuldação/Xiaomi

Xiaomi Mi 10 esgota estoques em um minuto


A Xiaomi realizou na última sexta-feira (14) a primeira venda do seu novo smartphone topo de linha, o Mi 10 . Aqueles que quiseram comprar, no entanto, tiveram que agir rápido. A empresa anunciou que o estoque esgotou em apenas um minuto , gerando uma renda de 200 milhões de yuans, aproximadamente R$ 123 milhões.

No anúncio, a empresa afirmou também que a segunda venda do aparelho vai acontecer na próxima sexta-feira (21). O smartphone Xiaomi Mi 10 possui três variantes, com valores de R$ 2.470, R$ 2.655 e R$ 2.902, para versões com 8 GB de RAM e 128 GB de memória, 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento e 12 GB de RAM e 256 GB de memória, respectivamente.

Leia também: A espera acabou: Xiaomi apresenta Mi 10 e Mi 10 Pro com câmera de 108 MP

Demais especificidades incluem um processador Qualcomm Snapdragon 865 , com sistema operacional Android 10 com interface MIUI 11, tela super AMOLED de 6,67 polegadas e resolução de 2340 x 1080. O conjunto de câmeras possui um sensor principal de 108 MP, uma lente grande angular de 13 MP, um sensor de profundidade de 2 MP e uma lente macro de 2 MP. A câmera frontal possui 20 MP.

Leia mais:  Xiaomi aposta na relação custo-benefício e vê participação no mercado disparar

Essa conquista da Xiaomi mostra a força da empresa no mercado chinês e no mundo. A marca é a quarta colocada nas vendas mundiais de smartphones , com quase 125 milhões de unidades comercializadas em 2019.

Além disso, a empresa conquistou espaço na China em diversos outros setores. Recentemente, a Xiaomi anunciou que se tornou a primeira fabricante de TV a vender 10 milhões de unidades em um ano. Ademais, um em cada cinco televisores vendidos no país asiático era da empresa. Esses números apenas comprovam que a Xiaomi chegou ao mercado para ficar e deve crescer ainda mais com seu mais recente lançamento.

Comentários Facebook
publicidade

Tecnologia

WhatsApp deixa de mostrar status ‘online’ e ‘visto por último’, relatam usuários

Publicado

O WhatsApp se tornou um dos assuntos mais comentados no Twitter nesta sexta-feira (19) depois que usuários perceberam mudanças inusitadas em seu funcionamento. O aplicativo de mensagens deixou de mostrar o status “online”, “visto por último”, “digitando” e “gravando áudio” em suas conversas. Ao atualizar o aplicativo mudanças serão percebidas.

As novidades deixaram os internautas confusos sobre um possível erro no sistema, já que a empresa de Mark Zuckerberg não anunciou as atualizações. Antes, os usuários do aplicativo conseguiam apenas optar por desabilitar a função de “visto por último” e a de “confirmação de leitura” nas configurações de privacidade.

REUTERS/Thomas White

Segundo o site Downdetector, que monitora o relato de erros em redes sociais, o número de reclamações sobre o mau funcionamento do Whatsapp começou às 13h e atingiu seu pico às 14h.

Downdetector gráfico

Gráfico do Downdetector mostra pico de reclamações sobre mau funcionamento do WhatsApp

Entre os afetados pelas alterações repentinas, existem os que ficaram felizes pela maior privacidade e aqueles que lamentaram a falta de informações sobre seus contatos. E ainda no final da tarde desta sexta, alguns perfis no Twitter também começaram a relatar o retorno da visualização do status.

Leia mais:  Veja como usar o filtro do Coringa nos Stories do Instagram

Já entre os concorrentes, o Telegram ironizou a suposta falha no sistema, convidando os insatisfeitos com as novidades a “convidarem um amigo para ficar online” no aplicativo.

Procurada pela CNN, a assessoria do WhatsApp ainda não respondeu ao contato para explicar as mudanças.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana