conecte-se conosco


Cidades

‘Estamos trocando todos os paus-velhos deixados por antecessores’, lembra Emanuel sobre ônibus e abrigos de passageiros

Publicado

Reforçando o compromisso com a modernização do sistema do transporte público, o prefeito e candidato à reeleição, Emanuel Pinheiro (MDB), lembra que sua gestão priorizou a entrega de novos ônibus e abrigos de passageiros na Capital.

Nos últimos anos, foram 100 novos ônibus incorporados ao sistema de transporte de Cuiabá.

Ainda, 141 abrigos velhos foram retirados e instalados uma média de 130 novos. Foram entregues ônibus articulados que fazem as linhas: Pedra 90, Osmar Cabral, Parque Cuiabá e a grande CPA. Tem também as estações de ônibus, na Praça Ipiranga, Bispo Dom José e Praça Alencastro. Todas elas com energia solar, acentos exclusivos, carregador de celular, carregador Wi-Fi e TV com informações sobre a chegada dos veículos. Neste ano, estava previsto a entrega de novos ônibus, mas, devido à pandemia, a Prefeitura de Cuiabá adiou o processo para 2021.

“Tudo o que é possível para corrigir e garantir Cuiabá com uma mobilidade urbana moderna e melhorando a vida das pessoas deficiente, motoristas, pedestres e a todos, estamos fazendo. Não se muda o sistema de transporte do dia para noite. Boa parte dos meus antecessores fizeram gestões feijão com arroz, entregando um pontos de ônibus fajutos e velhos. O povo merece mais. Hoje não se vê pontinho de ônibus barrela, ou naqueles ônibus sucateados” comentou o prefeito.

Leia mais:  Deputados aprovam LDO para 2021 em segunda votação

Emanuel lembra que ‘peitou’ e realizou a licitação do transporte coletivo da Capital, tema de promessa de várias campanhas eleitorais por mais de 20 anos.

“Fiz a licitação do transporte coletivo que ninguém cumpriu. Todos prometeram, digo dos meus antecessores. Tive peito e concluí. Vamos entregar e renovar em 5 anos 100% toda a frota de ônibus, com ar-condicionado” destacou.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Prefeitura publica calendário de pagamento do IPTU; veja datas

Publicado

A Prefeitura de Cuiabá estabeleceu a programação para pagamento do IPTU em 2021, que deve começar a partir de 1º de março. O Decreto nº 8.285, que determina o cronograma, foi publicado na Gazeta Municipal.

 

Assim como em outras edições, o pagamento poderá ser feito em cota única ou em até oito parcelas. O valor mínimo de cada parcela será de R$ 57,26.

 

Aqueles que não tiverem débitos de anos anteriores e optarem por quitar o IPTU em cota única até o dia 14 de abril, terão desconto de 10%. Os carnês serão enviados para todos os contribuintes que contam no Cadastro Imobiliário do Município.

 

Já as guias do IPTU de imóveis territoriais deverão ser retiradas nos postos de atendimentos do Município ou por meio do site.

 

A retirada presencial poderá ser feita no Centro Integrado de Atendimento ao Contribuinte (CIAC), nas Lojas de Atendimento ao Contribuinte (LAC-Norte e LAC-SUL), e em outros postos de atendimento que serão indicados pela Prefeitura de Cuiabá.

Leia mais:  Globo escala Luís Roberto para narrar Flamengo x Santos e divide opiniões na web

 

Outra informação que o munícipe deverá ficar atento é em relação ao pedido de isenção do pagamento, que neste ano poderá ser feito no período de 1º de junho a 30 de julho, com validade até 2024.

 

Caso a solicitação seja indeferida, será concedido um prazo de 30 dias, a partir da ciência do contribuinte quanto à decisão, para que o valor seja pago sem desconto e sem a incidência de juros e multa.

 

“De acordo com os termos do art. 5º da Lei nº 5.355/2010, alterado pela Lei nº 5.797/2014, estão isentos do Imposto Predial e Territorial Urbano os imóveis residenciais com valor venal atualizado igual ou inferior a R$ 33.921, excluindo-se os imóveis territoriais, comerciais, unidades autônomas desdobradas com cadastro individualizado para fins tributários, chácaras de recreio e garagens de edifícios”, explica o decreto municipal.

 

Veja calendário de pagamento: 

 

Primeira parcela e cota única: 14 de abril

 

Segunda parcela: 14 de maio

 

Terceira parcela: 14 de junho

Leia mais:  Capacitação de servidores resulta em melhora de índices técnicos e de qualidade

 

Quarta parcela: 14 de julho

 

Quinta parcela: 13 de agosto

 

Sexta parcela: 14 de setembro

 

Sétima parcela: 14 de outubro

 

Última parcela: 12 de novembro

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana