conecte-se conosco


Esportes

Estaduais: Corinthians perde outra vez no Paulistão; Cruzeiro e Inter vencem bem

Publicado


Estaduais pelo Brasil: Vagner Love em ação pelo Corinthians contra o Novorizontino
Reprodução/Gazeta Esportiva

Estaduais pelo Brasil: Vagner Love em ação pelo Corinthians contra o Novorizontino

O domingo foi de disputa nos principais campeonato estaduais pelo Brasil, com alguns grandes entrando em campo às 17h (de Brasília). Lembrando que as semifinais da Taça Guanabara, o primeiro turno do Carioca, foram adiadas por conta do incêndio que matou 10 atletas da base do Flamengo no Ninho do Urubu, na sexta-feira. 

Leia também: Confira a classificação e os próximos jogos do Paulistão

Em um desses estaduais , o Campeonato Paulista, o Corinthians visitou o Novorizontino e se deu mal, sendo derrotado por 1 a 0. O resultado mantém o atual campeão na terceira posição do grupo C, atrás de Ferroviária e Bragantino, fora da zona de classificação para as quartas de final.

O primeiro tempo na cidade de Novo Horizonte teve poucas chances claras. O Corinthians chegou perto de marcar em cabeçada de Marllon, por cima do gol, e depois com Vagner Love, que teve finalização defendida pelo goleiro Vagner.

A equipe da casa também apareceu no ataque em alguns lances e quase abriu o placar em uma bobeira do goleiro Cassio, que saiu errado da sua meta após lançamento longo e viu Lucas Ramon cabecear para fora, já com o gol vazio.

O duelo seguiu bastante equilibrado no segundo tempo. O Corinthians teve mais posse de bola, mas agrediu pouco a zaga do time aurinegro, que se arriscou em alguns contra-ataques, incomodando a defesa alvinegra.

Leia mais:  Tempo real: acompanhe agora os lances de Brasil x Peru pela Copa América

E o gol da vitória do Novorizontino saiu aos 40 minutos, no finalzinho. Cassio fez linda defesa em cabeçada de Paulinho, a bola tocou na trave e voltou para Lucas Ramon, que cruzou para Edson Silva. O zagueiro cabeceou na zaga e a bola sobrou para Murilo estufar as redes e definir o marcador.


Estaduais pelo Brasil: Fred marcou pelo Cruzeiro e lembrou vítimas da tragédia no Fla
Mineirão/Divulgação/Twitter

Estaduais pelo Brasil: Fred marcou pelo Cruzeiro e lembrou vítimas da tragédia no Fla

Pelo Campeonato Mineiro, no estádio do Mineirão, o Cruzeiro não teve dificuldades para passar pelo Tupynambás e fez 3 a 0. Com a vitória, a Raposa chegou aos mesmos 16 pontos do líder América-MG, mas fica atrás pelo saldo de gols, na segunda colocação.

Leia também: Confira a classificação e próximos jogos do Mineiro 2019

Aos 14 minutos, Marquinhos Gabriel cruzou rasteiro e Fred bateu de primeira para abrir o placar – na comemoração, o atacante segurou uma faixa preta em sinal de luto às vítimas do Flamengo. No final da etapa inicial, Rafinha mandou na área e Rodriguinho anotou seu primeiro gol com a camisa celeste.

No segundo tempo, o Cruzeiro ampliou com Rafinha em assistência de Rodriguinho. Com a vitória praticamente garantida contra um adversário muito inferior, a equipe tirou o pé do acelerador e só administrou os três pontos diante de seus torcedores.

Leia mais:  Cristiano Ronaldo vai às lágrimas com vídeo inédito de pai, morto há 15 anos

Estaduais pelo Brasil: Inter venceu o Juventude em Caxias do Sul
Twitter/Reprodução

Estaduais pelo Brasil: Inter venceu o Juventude em Caxias do Sul

Já no Gauchão, o Internacional foi até Caxias do Sul e venceu o Juventude por 2 a 1, seguindo com sua campanha de recuperação após um início ruim na temporada. O time já tem 10 pontos, na quarta colocação, e o Juventude tem sete.

O uruguaio Nico López marcou um belo gol aos 18 minutos do primeiro tempo depois de receber lançamento na medida de Edenílson. Ainda na etapa inicial, o atacante levou cartão vermelho ao se envolver em uma confusão no banco de reservas do time rival – Victor Salinas e o técnico Luis Carlos Winck, ambos do Juventude, também foram expulsos.

A equipe do Inter seguiu melhor no segundo tempo e ampliou o marcador com o jovem Pedro Lucas. Ele aproveitou cruzamento de Neilton, que fez grande jogada antes de dar assistência. Aos 46, o Juventude diminuiu com Dalberto, mas ficou nisso.


Outros resultados pelo Brasil

(jogos das 17h, de Brasília)

Campeonato Baiano

Bahia 3 x 0 Jacobina
Bahia de Feira 2 x 2 Vitória

Campeonato Paranaense

Athletico-PR 1 x 0 Cianorte
Operário 2 x 2 Coritiba
Londrina 1 x 2 Paraná Clube

Campeonato Cearense

Guarany de Sobral 0 x 1 Fortaleza

Campeonato Catarinense

Tubarão 1 x 3 Avaí

Campeonato Pernambucano

Sport 3 x 0 Petrolina

Campeonato Alagoano

CRB 0 x 0 CSA

Leia também: Anotaram a placa? Manchester City enfia 6 no Chelsea e volta à ponta do Inglês

O que achou da rodada dos campeonatos estaduais neste domingo? Deixe sua mensagem no campo de comentários abaixo.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
publicidade

Esportes

É CAMPEÃO! Athletico-PR vence o Inter no Beira-Rio e conquista a Copa do Brasil

Publicado

por

Athletico-PR campeão da Copa do Brasil 2019 arrow-options
Heuler Andrey/DiaEsportivo/Agência O Globo

Athletico-PR campeão da Copa do Brasil 2019

O Athletico-PR é o grande campeão da Copa do Brasil de 2019! Na noite desta quarta-feira (18), o Furacão venceu o Internacional por 2 a 1, no Beira-Rio, e conquistou a competição pela primeira vez na sua história. 

Leia também: Jornal mostra quanto Neymar desembolsa aos “parças” mensalmente

Lembrando que o Athletico-PR havia vencido o jogo de ida da final em casa por 1 a 0 e, por isso, jogou pela igualdade em Porto Alegre. Mas venceu de novo.

Além do título inédito e da boa quantia em dinheiro de premiação, o Furacão garante também uma vaga na Libertadores do ano que vem.

O primeiro gol do jogo foi do Athletico, anotado por Léo Cittadini. O Inter empatou ainda no primeiro tempo com Nico Lopez. Os visitantes se seguraram de todas as maneiras no restante da partida e ainda marcaram o segundo gol nos acréscimos, com Rony, garantindo a conquista.

CHANCE RELÂMPAGO

Logo no primeiro minuto de jogo onde o Inter já chegou no ataque, a movimentação do Colorado foi bastante insinuante com Guerrero fazendo o papel de ajeitar a bola de cabeça no meio da área para Nico López bater cruzado e Santos ter a necessidade de sair para fechar o ângulo e praticar importante intervenção.

BOTOU VELOCIDADE E BOTOU NA REDE!

Athletico-PR é campeão da Copa do Brasil 2019 arrow-options
Fernando Alves/Photo Premium/Agência O Globo

Athletico-PR é campeão da Copa do Brasil 2019

Depois de período onde houve mais briga pela bola e jogadas disputadas do que propriamente colocar a pelota no chão e trabalhar as jogadas, aos poucos o time de Odair Hellmann ia conseguindo acionar principalmente Guerrero que, sobressaindo na marcação, parecia crescer de produção e acuar o Athletico.

Porém, bastou um lance em que o sistema ofensivo rápido do Furacão acionasse a velocidade e agilidade de Rony para, em escapada, o camisa 7 colocou Marco Ruben pra correr e o camisa 9 rolou pro meio da área e Léo Cittadini chegou, na infiltração, batendo na saída de Marcelo Lomba.

Leia mais:  Liverpool empata com Everton e perde liderança no Inglês para o Manchester City

NA PRESSÃO, GOL CHORADO

Passados os cinco minutos onde os gritos do torcedor do Furacão ecoavam no Beira-Rio e o time do Internacional se mostrou um tanto quanto desconcentrado, o ritmo de mais pressão ofensiva do Colorado voltou a ser visto e, em jogada de muita briga, bate, rebate, veio a igualdade com Nico López. Após cobrança de escanteio executada pelo próprio Nico, a bola fica viva na área, bate no travessão em chute de Guerrero que desviou em Rodrigo Lindoso, volta para Cuesta mandar de novo em direção a meta e o uruguaio apareceu para finalizar o lance que começou empurrando pras redes.

E PODIA TER VIRADO NOS 45!

Mediante a subida da temperatura do confronto e da intensidade que era aplicada pelo time de Odair Hellmann, constantemente empurrando o adversário pra dentro de sua área defensiva. Outras duas chances chegaram a aparecer para tal, porém Nico López parou em Santos e, em cruzamento com muito efeito de Patrick, a curva da bola que quase enganou o arqueiro bateu no travessão.

CADA UM (SEGUIA) NA SUA

Athletico-PR venceu o Inter duas vezes na final da Copa do Brasil arrow-options
Everton Pereira/Ofotográfico/Agência O Globo

Athletico-PR venceu o Inter duas vezes na final da Copa do Brasil

A tônica de como acabou o tempo inicial foi aquela que parecia se repetir na etapa decisiva com o Inter tentando buscar o gol que levaria a decisão para as penalidades e se atirando ao ataque enquanto o Athletico procurava aquele que poderia ser o tento para sacramentar a inédita conquista.

Entretanto, além de ter ligeiramente menos a bola do que fazia na primeira parte, entre lances mais perigosos nos arredores da área, a única que efetivamente foi no gol apareceu aos cinco minutos na falta batida por Rafael Sobis que Santos caiu bem para defender. 

Leia mais:  ‘Massacre de Heysel’ completa 34 anos; clubes fazem homenagens

APARECEU PRA JOGAR MAIS

Depois dos 20 minutos, o Athletico conseguiu fazer aquilo que certamente havia planejado desde o minuto um para evitar qualquer tipo de sufoco desnecessário: ter ele também a posse de bola no plano ofensivo e deixar a zaga do Colorado com a necessidade de também trabalhar.

Foi dentro dessa realidade de partida mais parelha que, aos 30, Marcelo Cirino recebeu cruzamento de Rony vindo da esquerda e testou no extremo canto esquerdo de Marcelo Lomba que viu a bola passar muito perto da sua trave.  

COM CHAVE DE OURO

Aproveitando o tom de desespero do adversário, o Athletico viu os espaços para contra-ataque crescerem e, em linda jogada individual de Marcelo Cirino já nos acréscimos, ele serviu Rony colocando o atacante em plenas condições de bater rasteiro e fazer o histórico tento que decretou o campeão da Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 1 X 2 ATHLETICO-PR

Local : Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data e hora : 18/09/2019 – 21h30 (horário de Brasília)
Árbitro : Wilton Pereira de Sampaio (FIFA-GO)
Assistentes : Emerson Augusto de Carvalho (FIFA-SP) e Bruno Raphael Pires (FIFA-GO) 
VAR : Bráulio da Silva Machado (FIFA-SC)
Cartões amarelos : Nico López, Bruno, Rodrigo Moledo (INT); Wellington, Marco Ruben (CAP)
Cartões vermelhos : –

Gols : Léo Cittadini (23’/1°T), Nico López (30’/1°T), Rony (50’/2°T)

INTERNACIONAL : Marcelo Lomba; Bruno (Nonato, aos 9’/2°T), Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenilson, Patrick (Rafael Sobis, no intervalo), Wellington Silva (Guilherme Parede, aos 35’/2°T) e Nico López; Paolo Guerrero. Técnico: Odair Hellmann.

ATHLETICO-PR : Santos; Khellven (Madson, aos 15’/2°T), Robson Bambu, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington, Bruno Guimarães e Léo Cittadini; Nikão, Rony e Marco Ruben (Marcelo Cirino, aos 22’/2°T). Técnico: Tiago Nunes.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana