conecte-se conosco


Mato Grosso

Estado de MT é o 3° que menos vacinou contra a Covid-19

Publicado

Por G1 MT

Mato Grosso é o terceiro estado que menos vacinou contra a Covid-19 no país. Com 4,04%, o estado está a frente apenas de Rondônia, com 3,93%, e Pará, com 3,72% da população vacinada, conforme dados divulgados, nesta quinta-feira (24), pelo Consórcio de Veículos de Imprensa que coleta dados das secretarias estaduais de Saúde.

Mesmo com o aumento dos casos de Covid-19 e superlotação nos hospitais, Mato Grosso ainda não vacinou quantidade suficiente para conter o vírus. Em todo o Brasil, a pouca quantidade de doses é o grande problema para a continuidade no Plano de Vacinação.

Até agora 142.561 pessoas foram imunizadas com a primeira dose. Já a segunda dose foi aplicada em 59.709 pessoas. Em todo o estado, cerca de 3,5 milhões de pessoas aguardam para serem imunizados.

Conforme o Plano Nacional de Vacinação, os grupos prioritários que devem receber as doses primeiro são trabalhadores da área da saúde, pessoas de 60 anos ou mais institucionalizadas, indígena aldeado em terras demarcadas e população idosa.

Leia mais:  Presidente da Ager aponta sonegação e prevê operação no setor de transporte

O Ministério da Saúde estima que pouco mais de 1,1 milhão de pessoas de Mato Grosso fazem parte desses grupos.

Ao todo, foram distribuídos 393.060 doses em nove lotes de vacinas dentre a Coronavac e AstraZeneca. A última remessa foi recebida na última quarta-feira (17), com 55.600 doses.

O primeiro lote de vacina chegou em Mato Grosso no dia 18 de janeiro de 2021. A vacinação começou um dia após a chegada.

Casos de Covid-19

Mato Grosso registrou 62 mortes mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) nesta quarta-feira (24).

Com isso, o estado chega às 7.095 mortes e 294.974 casos confirmados da doença. O mês de março, antes de terminar, já é o mais fatal desde o início da pandemia em Mato Grosso, superando o número de mortes em julho de 2020, quando, até então, havia sido registrado o pico da pandemia.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Servidor é preso por roubar pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras

Publicado

Foram desviados pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

Um servidor público suspeito de desviar pneus de veículos da prefeitura de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, prestou esclarecimentos na delegacia do município. Segundo a Polícia Civil, ele deve responder pelo crime de peculato.

As investigações começaram no dia 22 de março, quando o prefeito Adilson Gonçalves de Macedo registrou um boletim de ocorrência denunciando o suposto desvio.

O delegado Wilyney Santana Borges disse que várias buscas foram realizadas, até que o suspeito acabou confessando o crime. Em depoimento, ele contou que os pneus foram repassados para um comerciante como parte do pagamento na aquisição de um carro dele de luxo.

Os pneus desviados eram de veículos da Secretaria Municipal de Urbanismo.

De acordo com a polícia, nas investigações, foi apurado que pneus adquiridos para serem utilizados nas automóveis da secretaria foram desviados nos meses de novembro e dezembro de 2020, por um servidor  que exercia funções no setor de frotas da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Leia mais:  Rede de enfrentamento estruturada é fundamental para acolhimento de vítimas

Segundo o delegado, os indícios apontados no inquérito indicam que foi possível constatar o desvio de pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

A Polícia Civil informou que o investigado pela venda dos pneus deverá responder ação penal pelo crime de peculato, vez que na época dos desvios, exercia o cargo de funcionário público. Já o comerciante que recebeu os pneus desviados, em troca de pagamento, responderá pelo crime de receptação.

A delegacia de Barra do Garças continua as investigações para saber se havia a conivência ou participação de outros servidores municipais, envolvidos no caso dos pneus desviados.

Por G1 MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana