conecte-se conosco


Mato Grosso

Estado bloqueia abastecimento com gasolina e deve economizar R$ 4 milhões anuais

Publicado

A Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) projeta uma economia de cerca de R$ 4 milhões anuais com a obrigatoriedade que impôs aos órgãos e entidades de abastecerem os veículos apenas com álcool. Somente nos meses de junho e julho, quando comparados a maio, a economia gerada aos cofres públicos foi mais de R$ 300 mil mensais.

O bloqueio foi feito a partir de maio no Sistema de Gestão de Abastecimento de Combustíveis, após constatação da vantajosidade em abastecer com álcool ao invés da gasolina.

A medida busca viabilizar o Decreto nº 08/2019, que estabelece diretrizes para controle, reavaliação e contenção das despesas em toda a administração direta e indireta e visa também maior economicidade e mais eficiência da administração pública.

Para o secretário Basílio Bezerra, as medidas são importantes para ajudar a equilibrar as finanças do Estado.

“É de suma importância reduzir custos, mas sem perdermos qualidade nos serviços prestados ao cidadão. Essa economia alcançada com o consumo de combustíveis é um exemplo de que isso é possível”, destacou.

O cálculo básico para se descobrir se o álcool é vantajoso ou não, em relação a gasolina, é simples. Basta dividir o preço do litro do etanol pelo da gasolina. Se o valor do derivado da cana de açúcar estiver custando menos de 70% do valor da gasolina, então compensa.

Leia mais:  Governo negocia pagamento de dívida dolarizada visando reequilíbrio de contas

Além do bloqueio no sistema, a Seplag, órgão central de compras públicas e que detém a gestão do sistema de abastecimento, irá inserir na próxima Ata de Registro de Preço de combustíveis uma cláusula que permita o remanejamento do quantitativo de gasolina e álcool para que o órgão abasteça com o que for mais vantajoso, ao invés de ter que realizar o bloqueio no sistema como foi feito.

Para que a cláusula seja implementada com sucesso, a Secretaria-Adjunta de Patrimônio e Serviços da Seplag irá monitorar e orientar os órgãos e entidades para que seja utilizado o combustível que oferecer maior economicidade aos cofres públicos.

Outra medida

Além desta medida, a Seplag também fez o recadastramento de veículos, máquinas, motores, condutores e operadores de máquinas no Sistema de Gestão de Abastecimento de Combustíveis, com objetivo de controlar o consumo, atualizar informações relativas a veículos e condutores e padronizar a utilização dos veículos oficiais, próprios e locados.

Após o recadastramento, foi confeccionado um cartão ou tag (código de barras), individual e intransferível, no qual constam os dados, de forma a identificar o veículo no ato do abastecimento.

Leia mais:  Alunos da rede estadual se destacam em Olímpiadas Nacional de Ciências

Esse cartão é mantido sempre com o veículo ou máquina sob os cuidados do condutor cadastrado, que deve ter seus dados no sistema sempre atualizados e estar ciente sobre o saldo do cartão e estabelecimentos credenciados pelo Governo.

É expressamente proibido abastecer outro veículo ou máquina que não aquele ao qual o cartão está vinculado. Todos os órgãos e entidades fornecem, sempre que solicitados, informações sobre a frota e abastecimentos e contratam individualmente a prestação de serviços de gerenciamento do fornecimento de combustíveis, mediante a adesão à Ata de Registro de Preços disponibilizada pela Secretaria.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Cuiabá Arsenal faz primeira partida no campo do COT UFMT

Publicado

por

Os jogadores do time de futebol americano do Cuiabá Arsenal, campeões brasileiros e atuais campeões estaduais, entraram em campo na tarde desta terça-feira (28.01), em uma partida demonstrativa no Centro Olímpico de Treinamentos da Universidade Federal de Mato Grosso (COT UFMT).

O jogo faz parte da extensa programação de atividades esportivas que foram realizadas no complexo antes da solenidade de inauguração, com a presença do governador Mauro Mendes e de outras autoridades políticas e do Esporte.

“O COT UFMT sempre foi a casa do Cuiabá Arsenal. Foi aqui que começamos, em 2006. É um lugar que significa muito para todos nós. Para relembrar toda a fase inicial do Cuiabá Arsenal, vamos realizar ainda vários jogos aqui no COT, agora com muito mais condições de jogo e conforto para a torcida”, afirmou Marcos Patrola, linebacker do Cuiabá Arsenal.

Durante todo o dia, atletas mato-grossenses reconhecidos nacional e internacionalmente participaram de atividades demonstrativas de diversas modalidades do atletismo. Para o professor Nelson Ramos de Andrade, o Nelsinho, ex-atleta de provas de corridas de rua e presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente de Araputanga, em Mato Grosso, o incentivo precisa ir além da infraestrutura.

“Temos grande expectativa para essa nova fase do atletismo, porém, existem outras questões que implicam no rendimento do atleta. Temos estrutura, equipamento e recursos humanos, mas não temos muito investimento financeiro. O adolescente, a partir de uma certa idade, necessita de sua própria renda financeira. Existem programas, como o Bolsa Atleta, que ajuda, mas não é o suficiente. Com subsídio financeiro, o atleta não precisará buscar o mercado de trabalho de maneira prematura, se dedicando apenas ao esporte. De toda forma, estamos muito entusiasmados com o novo COT UFMT”, disse.

Leia mais:  Três empresas são habilitadas e seguem na disputa pela obra do Anel Viário

Competidora da modalidade de salto triplo, a jovem atleta Nerisnelia dos Santos Souza, 18 anos, que reside no município de Sorriso, a 420 km de Cuiabá, disse que a entrega do COT vai trazer benefícios para o seu preparo nos treinos. Ela explicou que sem essa estrutura, era necessário viajar para o Sudeste do país, onde existem pistas com estruturas de padrão olímpico.

“Agora nós temos uma pista oficial para realizar nossos treinos. Antes dessa entrega a gente precisava ir para a cidade de São Paulo realizar treinamentos específicos e participar de competições, mas com a entrega dessa nova pista temos uma estrutura de padrões internacionais, bem mais perto de casa”, explicou a atleta.

Uma das grandes etapas da preparação de um competidor é observar os erros e corrigi-los. Para isso, as condições de treinamento precisam ser às melhores. Isso só é plenamente possível com uma estrutura própria para competições oficiais, como é o caso da pista de atletismo que agora possui no COT. É o que garante o treinador José Elias de Souza Elias, de Rondonópolis, especialista nas provas de salto em altura, tendo como principal expoente a atleta Arielly, campeã brasileira e sul-americana na modalidade.  

Leia mais:  Governador confirma que não irá reeditar Fethab 2

“Esse tipo de camping de atletismo é importante, primeiro para estimular, fazer correções dos erros técnicos.  Quanto tem um técnico especialista em uma modalidade, ele identifica alguma falha na execução, anota e repassar ao aluno para correção. Este tipo de camping é fundamental para prepararmos os grandes atletas para sua evolução. Nós temos grandes competidores em Mato Grosso na categoria sub 18 que domina o país. Com o COT novinho, nossas chances aumentam”, afirmou o treinador.

Ainda, após a cerimônia de inauguração do Centro Olímpico de Treinamento da Universidade Federal de Mato Grosso, marcada para começar às 18h30, uma série de demonstrações de atletismo serão realizadas por importantes esportistas vindos de várias cidades de Mato Grosso.

A partir das 19h, atletas de diversas categorias farão uma demonstração para, de maneira simbólica, inaugurar o complexo esportivo. Entre as atividades estão o revezamento 4×100, salto triplo, salto em distância e lançamento de dardos.

Serviço

Programação de inauguração do COT MT

Terça-feira (28.01)

No Centro Olímpico de Treinamento da UFMT, Campus Cuiabá

– Camping de Atletismo: entre 8h e 18h

– Cerimônia de lançamento: às 18h30

– Atividades esportivas: a partir das 19h

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana