conecte-se conosco


Polícia

Estado abre inscrições para seleção de estagiários

Publicado

D`Laila Borges e Éverton Anunciação | Seplag

Começam nesta terça-feira (18) as inscrições para o processo seletivo para formação de cadastro reserva de estagiários em nível médio e superior para 22 municípios do Estado. A seleção será realizada entre os dias 18 de fevereiro e três de março, e terá validade de um ano. A previsão é de que o resultado seja divulgado no dia cinco do próximo mês.

No dia dois de março também terá início a seleção de estudantes de pós-graduação (lato sensu e stricto sensu) que segue até 16 de março. O resultado final será divulgado dia 20 de março. A validade também é de um ano. Mato Grosso é um dos pioneiros em contratar estagiários de pós graduação. Serão ofertadas vagas para todos os municípios.

Serão ofertadas 200 vagas para graduação e 100 para pós-graduação em diversas áreas de formação. Para ensino médio são 30 vagas disponíveis. Todas são para formação de cadastro reserva com possibilidades de ampliação no número de vagas conforme demanda do Estado.

O programa de estágio em pós-graduação busca fazer com que o aluno aprofunde seus conhecimentos em determinada área, expanda o aprendizado e, ainda, invista no networking – estabeleça contato com pessoas com interesses em comum.

Leia mais:  Bebê é encontrado em caixa de papelão e coberto por formigas em Cuiabá

De acordo com o secretário Basílio Bezerra o estágio remunerado de uma maneira geral visa preparar os jovens para sua inserção no mercado profissional e o Estado tem um papel importantíssimo nesta tarefa.  “Essa inclusão no âmbito profissional proporciona crescimento, aprendizado, autoconfiança e, principalmente, responsabilidade profissional e pessoal”.

Para o titular da Seplag a abertura de vagas para alunos de pós-graduação proporcionará a esses estudantes a possibilidade de alinharem a teoria à prática. “O estágio complementa o processo de aprendizagem e possibilita que o aluno vivencie na prática situações reais do cotidiano profissional”, destaca.

Inscrições

As inscrições e a prova online serão realizadas gratuitamente pelo site do Centro Integração de Empresa-Escola (CIEE) para nível médio e superior, e para estudantes de pós-graduação no site da Super Estágios. Para concorrer a uma vaga o candidato deve estar matriculado e com frequência regular em alguma instituição de ensino.

As provas online serão objetivas de caráter eliminatório e classificatório. O candidato terá dois minutos para responder cada questão.

Ao todo são reservadas 10% (dez por cento) das vagas para pessoas com deficiência e 30% (trinta por cento) para negros ou pardos.

Leia mais:  Polícia Civil prende casal envolvido em golpe de R$ 2 milhões na compra de gado

Entre os municípios contemplados estão para o preenchimento de vagas de estágio em nível médio e superior estão Cuiabá, Água Boa, Alta Floresta, Barra do Garças, Cáceres, Colíder, Confresa, Diamantino, Juara, Juína, Lucas do Rio Verde, Mirassol do Oeste, Nova Mutum, Peixoto de Azevedo, Pontes e Lacerda, Porto Alegre do Norte, Poxoréu, Primavera do Leste, Rondonópolis, São Felix do Araguaia, Sinop e Tangará da Serra.

Já para o estágio em nível de pós-graduação serão ofertadas vagas em todos os municípios do Estado.

A bolsa de estágio mensal em pós-graduação será de R$ 1.800,00 e nível superior de R$ 900,00, ambas para 30 horas semanais. Já a de nível médio será de R$ 450,00 para 20 horas semanais. Além disso os estagiários terão o auxílio-transporte de R$ 200,00. Os resultados da seleção serão publicados a partir do dia cinco de março de 2020.

O editais circularam em edição extra do Diário Oficial de sexta-feira (14). Confira aqui.

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Gefron intensifica barreira para impedir entrada de estrangeiros em Mato Grosso

Publicado

por

O Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron-MT) vai reforçar a atuação policial em toda faixa que liga o Brasil com a Bolívia. A medida visa restringir, de forma excepcional, a entrada de estrangeiros em Mato Grosso e evitar a propagação do coronavírus (Covid-19).

Com o empenho da tropa do grupamento e da Polícia Militar (PM-MT), a vigilância será contínua nos postos de fiscalização e por meio de barreiras volantes. A intensificação das ações atende à Portaria 125, de 19 de março deste ano, do Governo Federal.

A medida restritiva é de caráter excepcional e temporária no prazo de 15 dias, podendo ser prorrogado.

No período estão proibidos a entrada de cidadãos da Bolívia, Argentina, Colômbia, República Francesa, Paraguai, Peru, Suriname e Guiana. O trabalho será desenvolvido dentro “Operação Hórus”, do Programa Vigia, do Ministério da Justiça e Segurança Pública

“Vamos aumentar nosso efetivo de policiais atuando na fronteira para cumprir a determinação do Governo Federal. Já desempenhamos um trabalho periódico de enfrentamento aos crimes transfronteiriços e agora vamos intensificar ainda mais”, afirma o comandante do Gefron, tenente-coronel PM, Fábio Ricas.

Leia mais:  Coordenadoria de Polícia Comunitária participa de mutirão preventivo em Alto Paraguai

A base operacional do grupamento fica no município Porto Esperidião. Outros pontos de fiscalização estão distribuídos na região do Matão (no município de Pontes e Lacerda), Vila Cardoso, Avião Caído (em Cáceres), Canil Integrado (Cáceres).

A portaria traz algumas exceções. Fica autorizada a entrada de brasileiro, nato ou naturalizado, imigrante com prévia autorização de residência definitiva em território brasileiro, profissional estrangeiro em missão a serviço de organismo internacional, desde que devidamente identificado, funcionário estrangeiro acreditado junto ao Governo brasileiro.

A restrição de que trata esta portaria não impede o livre tráfego do transporte rodoviário de cargas, na forma da legislação vigente, a execução de ações humanitárias transfronteiriças previamente autorizada pelas autoridades sanitárias locais, o tráfego de residentes de cidades gêmeas com linha de fronteira exclusivamente terrestre.

O descumprimento das medidas disciplinadas nesta portaria implicará em responsabilização civil, administrativa e penal do agente infrator, a deportação imediata e a inabilitação de pedido de refúgio.

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana