conecte-se conosco


Esportes

Esmerilhando! Curso online ensina técnicas para se tornar narrador esportivo

Publicado


Esmerilhando: curso online ensina técnicas de narração esportiva
Twitter/Reprodução

Esmerilhando: curso online ensina técnicas de narração esportiva

O sonho de muitos jornalistas que gostam de esportes é, um dia, se tornar comentarista ou narrador, independente da modalidade. Pensando nisso, Mauricio Bonato criou o curso online “Emerilhando”, que apresenta uma série de técnicas para a pessoa que pretende seguir essa área.

O curso online pode ser adquirido na plataforma Hotmart, acessando esse link .

Mauricio Bonato é jornalista formado na Faculdade Estácio/Uniradial. Antes, ele cursou e finalizou o curso de Rádio e TV na Universidade Metodista, em São Bernardo do Campo.

E seu currículo na profissão é vasto, com experiências desde 1996. Ele começou na Rádio Bandeirantes e teve experiências em diversas outras emissoras, como Rádio Capital, Bandsports, Sports+ (da Sky) e FX, entre outras.


Mauricio Bonato é o criador do curso online de narração esportiva para TV
Reprodução

Mauricio Bonato é o criador do curso online de narração esportiva para TV

Sobre o curso 100% online e dividido em sete aulas, voltado especialmente para transmissão na TV e WebTV, Bonato comenta que ensina técnicas de vários esportes coletivos e individuais, com o passo a passo para ser narrador, além de noções para comentaristas e repórteres. 

Leia mais:  Em vitória do Lakers, LeBron James alcança mais uma marca histórica na NBA

Leia também: Fifa 19 decide remover Emiliano Sala do jogo em respeito à sua morte e legado

“Ensino o aluno a trabalhar com as imagens. Ensino as técnicas para qualquer pessoa iniciar, através das técnicas e conteúdo teórico, a prática da narração esportiva . São vários ‘atalhos’ para acelerar o processo de aprendizado”, disse o jornalista ao iG.

“É investimento garantido para qualquer pessoa interessada: alunos de comunicação, profissionais, amadores, homens e mulheres que queiram ingressar no mundo da narração esportiva”, completou. 

Entre os muitos eventos esportivos que Mauricio Bonato cobriu, destacam-se as Copas do Mundo de 2006, 2010 e 2014, Jogos Olímpicos de 2004, 2008 e 2016, ligas de futebol na Europa, como Espanhol e Liga dos Campeões, e outras modalidades (Euroliga de basquete e Jogos Pan-Americanos, por exemplo).

Leia também: Somos tão insignificantes que jogamos enquanto choramos

“O mundo da narração esportiva é muito sedutor, glamouroso e traz status ao profissional. Hoje o mercado está fechado. Mas, apesar disso, há lugar pra todos. O importante é saber o que está fazendo, se dedicar e buscar as oportunidades onde elas aparecerem”, finalizou Mauricio Bonato, idealizador do curso online de narração esportiva.

Leia mais:  Torcida do Palmeiras está no Top 10 das melhores do mundo em votação espanhola

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Ver o futebol brasileiro virou motivo para castigo e tortura

Publicado

por

– Filho, você está de castigo . Quem mandou tacar fogo no lixo. Isso não se faz. E outra coisa: suas notas estão péssimas na escola e a diretora reclamou dizendo que você fez xixi no pátio. Eu me reuni com sua mãe e decidimos uma punição adequada. Não adiantou ficar trancado em casa por uma semana, nem não comer doce, nem perder seus brinquedos. Agora a coisa ficou séria. Você vai ter de ver o jogo todo do São Paulo . Os noventa minutos. Segundo por segundo.

– Esse castigo não, papai. Prefiro estudar matemática. Aquele Jucilei é muito ruim. Não quero. Buáááááááááááá. E o técnico. Tem o nome da minha sala. Jardim da infância.

– É Jardine, garoto. E ele saiu. Infelizmente. Com ele a tortura seria maior. Ainda bem que o Diego Souza continua, pelo menos isso. E tem mais, viu? No domingo você vai assistir o Corinthians . Completinho. Até os acréscimos.

Leia também: Cimatti – Você já voltou para sua escola?

Leia mais:  Francês do Bayern de Munique cogita aposentadoria aos 22 anos: “Estou farto”

– Mas, papi…

– Mas, nada. O Carille vai fechar o time pra você não dar uma risadinha. Retrancar mesmo. O Avelar na esquerda. Do jeito que eu gosto, como foi contra o Avenida, no quase vexame histórico. Parece que o Araos vai ser titular. Manoel e Henrique. E, se desgrudar os olhos da TV por um milésimo de segundo, eu tiro o videogame também.

– Aí já é demais.

Leia também: Análise IMPERDÍVEL da derrota do São Paulo na Libertadores

– Fica quieto. Porque sábado tem o Palmeiras . Lucas Lima e Borja em campo. E outra: Deyverson fora. Não vai ter mau exemplo. Assim você não se inspira nele pra fazer bobagens na escola. Vai ver esse também.

– E o Santos , pai. Posso ver?

– Claro que não. Já disse: não é pra ter prazer. É pra sofrer. O Santos tem um técnico que gosta de jogar bola. Você não vai ver futebol. Vai ter sofrimento. É castigo, não centro de diversões.

Leia mais:  Com hat-trick de Sergio Aguero, Manchester City vence o Arsenal por 3 a 1

Leia também: Jornal coloca Militão no Real Madrid

– Mas…

– Calado! Já pro quarto! Se reclamar mais ainda tem o Campeonato Carioca, o Mineiro, o Gaúcho. Vai ter de assistir Botafogo e Bangu. O Brasil inteiro de muita grossura e chutão.

– Buuuuuuuáááááááááááá. Buuuuuuuuááááááááá.

Olha aí, amor. Ainda reclama do castigo . Nem mandei ver o Guarani ou a Ponte Preta. Na próxima ele vai ter de assistir a coletiva de imprensa do Roger Machado. Sem mimimi e sem chororô. Aí vai ver o que é bom pra tosse.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana