conecte-se conosco


Mato Grosso

Escolas Técnicas passam a ofertar cursos de atualização e aperfeiçoamento profissional

Publicado

A partir deste semestre, as escolas técnicas de Mato Grosso irão ofertar cursos de Formação Inicial Continuada (FIC), além de outras opções com carga horária menor de aperfeiçoamento e atualização profissional. Em razão da escassez de mão de obra qualificada, a proposta da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secitec) é atuar como aliada das empresas na formação de profissionais.
 
De acordo com a coordenadora de Educação Profissional e Tecnológica da Secitec, Bruna Figueiredo, a educação técnica é um poderoso vetor de promoção social, que possibilita a cidadania do público, ampliando possibilidades e criando condições de desenvolvimento econômico.
 
 “O FIC possibilita ao estudante o ingresso imediato no mundo do trabalho, e com a sua conclusão, o aluno poderá solicitar aproveitamento de estudos em cursos técnicos afins. É importante destacar que há mais de 10 anos a população a população contando com os serviços prestados pelas nossas escolas”.
 
Com uma dinâmica mais flexível, a duração destes cursos varia entre 40 e 150 horas, não sendo uma exigência ter completado o Ensino Médio, dependendo da proposta do curso. Nestes cursos de atualização e aperfeiçoamento o aluno terá a oportunidade de ampliar suas competências profissionais.
 
Bruna afirma que no Estado muitas escolas já estão oferecendo esses cursos, a exemplo da cidade de Canarana, que abriu vagas em janeiro deste ano para a primeira turma do curso de aperfeiçoamento em ‘Manejo de Culturas Agrícolas Regionais’.
 
“Há cursos técnicos para todos os segmentos da economia e o mercado de trabalho reconhece a capacidade do aluno em desenvolver seu conteúdo na prática, por meio de estágios onde o contato com a futura profissão é efetivo”, destaca a coordenadora.
 
Bruna ressalta que o crescimento econômico requer melhorias na infraestrutura, e isso só é possível com trabalhadores qualificados. Para quem busca recolocação no mercado de trabalho, ou pretende ingressar em uma nova área sem a formação em universidade, esses cursos podem oferecer a qualificação adequada, de acordo com o interesse do aluno.
 
Nesse cenário, a educação técnica ganha destaque por criar um profissional destinado a atender à necessidade do mercado interno, pois conhece a realidade local da empresa que o emprega, e isso faz com que o profissional técnico seja cada vez mais valorizado.
 
Informações complementares
 
• Requisitos de acesso: pode ser por idade, nível de escolaridade; experiência, determinada área; comprovação de vínculo (interesse de formação junto aos parceiros);
• Carga Horária: mínima de 40 horas e máxima de 150 horas;
 
É importante destacar que prefeituras, associações e sindicatos poderão apresentar suas demandas junto às escolas, para possa ser validada, caso haja professores disponíveis para o atendimento. Além disso, as escolas, por meio das coordenadorias de integração com a comunidade, poderão organizar 

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Leia mais:  Espinhel de 200 metros é retirado da praia da Vereda em Santo Antônio
publicidade

Mato Grosso

PM recupera nove veículos furtados em cinco municípios de MT

Publicado

por

Policiais militares de Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Sapezal e Pedra Preta, recuperaram durante o final de semana, de sexta a domingo (19 a 21.07), nove veículos, entre carros e motocicletas.

Na Capital, no bairro Bom Clima os militares receberam informações que uma moto Honda Bros, estacionada em frente a um prédio, estaria com queixa de furto. No local, os agentes confirmaram a denúncia.

Moto localizada no bairro Bom Clima, em Cuiabá

Já no Coophamil, também com informação de moradores, os policiais encontraram uma caminhonete Toytota Hilux com queixa de furto ocorrido em Sorriso. Estavam no veículo três pessoas, no entanto, duas fugiram quando viram a guarnição. Um adolescente de 16 anos foi apreendido.

Em Várzea Grande, no bairro Serra Dourada, militares da Força Tática estavam em ronda quando viram uma motocicleta Honda Fan estacionada em um terreno baldio. Em consulta ao sistema de roubos e furtos de veículos, os policiais averiguaram a existência de queixa de roubo do proprietário da motocicleta.

Em Pedra Preta, a guarnição abordou duas pessoas em uma Honda Fan, na rodovia BR-364. O piloto desobedeceu à ordem de parada e acelerou, caindo logo em seguida. Piloto e garupa conseguiram fugir a pé. O veículo possuía queixa de roubo.

Leia mais:  Setenta reeducandos da Penitenciária Central e CRC serão contratados pela Prefeitura de Cuiabá

No Setor Industrial, em Sapezal, a guarnição estava em ronda quando viu uma caminhonete Toyota Hilux abandonada em uma área de mata fechada. Na checagem, havia queixa de roubo.

Em Rondonópolis, quatro veículos recuperados. Um Volkswagen Voyage com queixa de roubo estava estacionado no pátio da rodoviária, no bairro Jardim Belo Horizonte.  

Moradores do bairro Jardim Rui Barbosa acionaram a guarnição sobre uma motocicleta Honda Fan abandonada em uma rua. Na checagem, havia registro do furto ocorrido em um supermercado.

No bairro Tancredo Neves, um Fiat Uno, que horas antes havia sido furtado em frente a uma igreja. No Centro, uma motocicleta Honda CG 150 com queixa de furto foi encontrada abandonada por policiais que faziam rondas.

Fiat Uno havia sido furtado em frente a uma igreja, em Rondonópolis

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Leia mais:  Gestão da Jucemat recebe destaque nacional após modernizar e desburocratizar serviços

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana