conecte-se conosco


Mato Grosso

Escola realiza Semana da Matemática para ensinar questões do cotidiano

Publicado

Mais de 600 estudantes visitaram os 35 projetos expostos na 1ª Semana da Matemática da Escola Estadual Mario Nassarden, localizada no município de Nobres (146 quilômetros a médio-norte de Cuiabá) que teve como destaques os projetos abordando o Tabuleiro de Galton, Matemática e Suas Tecnologias e Transferímetro. No evento, os alunos expuseram trabalhos que ajudam a resolver os problemas cotidianos de matemática utilizando jogos lúdicos e tecnologia. A 1ª Semana ocorreu entre quinta-feira (31.10) e quarta-feira (06.11).

Segundo Alaércio Lemes, um dos organizadores do evento, após a intervenção pedagógica na área de matemática, os professores resolveram estender os trabalhos para os demais alunos, como uma forma de resolver pequenas questões do dia a dia.  

“Pensando em estender para toda a escola, resolvemos, eu e a colega Fabiana Maciel, criar a 1ª Semana da Matemática para socializar os conhecimentos. Foram transferidos 35 objetivos da matemática concreta, questões vivenciadas na realidade dos nossos alunos. Destacamos três projetos, mas todos são importantes”, explica Alaércio.

Fabiana e Alaércio lembram que a matemática desempenha papel importante e decisivo no cotidiano das pessoas. A matemática interfere na formação de capacidades intelectuais, na estruturação do pensamento e no desenvolvimento do raciocínio dedutivo do aluno.

Leia mais:  Quinze pessoas são presas por dirigir embriagadas em Cuiabá

“Por isso, torna-se cada vez mais importante a discussão de abordagens metodológicas pelas quais o aluno possa aprender matemática de maneira a empregá-la adequadamente nas situações diversas com as quais se depara”, explica.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Cáceres institui programa para fomento da cidadania fiscal

Publicado

por

O município de Cáceres (220 km de Cuiabá) conta a partir deste mês com um Programa Municipal de Educação Fiscal. A medida tem o apoio da Secretaria de Fazenda (Sefaz), que coordena o Programa de Educação Fiscal no estado de Mato Grosso, e visa levar conhecimento aos cacerenses sobre origem, aplicação e controle dos recursos públicos.

A criação do Programa de Educação Fiscal de Cáceres foi aprovada e sancionada na quinta-feira (05), por meio da Lei Municipal nº 2.811.

“Desde o primeiro ano de gestão temos incentivado a participação popular na formulação das políticas públicas do município. Com o Programa da Educação Fiscal a participação popular dos cacerenses será ainda mais fomentada, contribuindo para a formação das crianças na participação do controle social”, afirma o prefeito Francis Maris Cruz.

Para o presidente da Câmara de Vereadores, Rubens Macedo, a relevância do Programa está em levar ao conhecimento da sociedade a importância da função socioeconômica dos tributos, incentivando o acompanhamento da aplicação dos recursos públicos.

A instituição de uma política pública voltada para a prática da cidadania fiscal é uma ação importante que possibilita o aperfeiçoamento dos mecanismos de planejamento, por meio da participação ativa da população. Após a aprovação da lei, o Decreto para regulamentar a legislação será publicado pelo município, assim como a Portaria designando os servidores responsáveis na implantação do Programa.

Leia mais:  Comando Geral celebra aniversário do Corpo de Bombeiros Militar nesta segunda (19)

De acordo com o gerente regional Atendimento ao Contribuinte, da Sefaz, Sandoval Vieira de Araújo, a pasta fazendária fará a capacitação dos profissionais da rede municipal que vão atuar no Programa de Educação Fiscal. O curso será ministrado pelos representantes do Programa da Educação Fiscal da Secretaria de Fazenda da Região Oeste, Leandro Xavier Ursolino e Anacleto Antunes Magalhães.

Programa Cidadania Fiscal

Instituído em 2015, o Programa Cidadania Fiscal de Mato Grosso tem como principais objetivos: inserir a educação fiscal no planejamento escolar; mobilizar e sensibilizar os gestores públicos para a melhoria da transparência do serviço público; sensibilizar os servidores quanto aos princípios básicos da administração pública e sua relação na melhoria da qualidade de vida da sociedade; disseminar dados e informações sobre a transparência na administração pública; incentivar o cidadão a exercer a cidadania fiscal, mediante o controle social do gasto público; além de incentivar o comprometimento do cidadão no processo de planejamento das ações de governo.

Junto com o Programa foi instituído também o Grupo de Educação Fiscal do Estado (GEFE/MT), coordenado pela Secretaria de Fazenda (Sefaz). O Grupo é responsável por desenvolver as ações da Cidadania Fiscal no estado.

Leia mais:  Quinze pessoas são presas por dirigir embriagadas em Cuiabá

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana