conecte-se conosco


Mato Grosso

Escola de Governo utiliza metodologia inovadora em curso de Educação Fiscal

Publicado

A Secretaria de Estado de Gestão (Seges), por meio da Escola de Governo, realiza em parceria com a Secretaria de Estado de Fazenda, por meio do grupo de Educação Fiscal, um curso em Educação Fiscal com uma metodologia inovadora que consiste na utilização de artes cênicas como forma de levar aos servidores conhecimentos em educação fiscal de forma lúdica. A capacitação teve início em agosto e termina no próximo mês.

O curso visa levar os participantes a desenvolverem habilidades relacionadas à comunicação e às relações interpessoais nos órgãos em um ambiente lúdico, recorrendo a técnicas básicas do movimento e comunicação corporal para promover a autoconsciência e autoconfiança na atuação profissional, capacidade de liderar e melhoria do desempenho em apresentações e entrevistas.

Os servidores têm palestras sobre Cidadania e Educação Fiscal para o conhecimento teórico, além de aulas de artes cênicas, onde são introduzidas técnicas teatrais, utilizando ferramentas de forma lúdica em formato de jogos e dinâmicas.

Todos os facilitadores, tanto das aulas teóricas, como de técnicas teatrais, são servidores públicos, com habilidades nessas áreas, que atuam de forma voluntária.

Leia mais:  Escola Técnica de Tangará da Serra oferece 110 vagas de cursos gratuitos

Entre eles estão os servidores das secretarias de Saúde, Alberto Yassuo Yoshiara, Áurea Kelly de Oliveira Campos, Wagton Douglas Fonseca; os servidores da secretaria de Fazenda, Romeo Benedito Oliveira Lucialdo, Carlos Eduardo Predebon, Isabela Alves Almeida de Oliveira, Cristiane Oldoni e José Horácio Ferreira Cerejo, além da servidora da pasta da Educação, Tereza Helena de Souza Nunes.

Também atuaram como facilitadores voluntários a Auditora Federal de Controle Externo do Tribunal de Contas da União em Mato Grosso, Elda Mariza Valim Fim, e Renato Moreira Pinheiro da Receita Federal.

Para a superintendente da Escola de Governo, Débora Gagini, essas parcerias com os facilitadores são fundamentais para que os servidores públicos se qualifiquem com qualidade. “Somos muito gratos a todos esses facilitadores, pois eles se utilizam do conhecimento que têm para que outros funcionários possam de qualificarem”.

Outras instituições como a Escola Nacional de Administração Pública (Enap) já usam este tipo de metodologia, onde são utilizados exercícios e ferramentas de artes cênicas para potencializar a capacidade de cada um de falar em público e aprimorar a atenção e a percepção do outro, desenvolvendo habilidades de comunicação primordiais na rotina de reuniões corporativas ou mesmo em apresentações em seminários.

Leia mais:  Setas orienta gestores municipais sobre CadÚnico e Bolsa Família

Apresentações

Finalizando as atividades do curso, o grupo fará duas apresentações teatrais utilizando as técnicas aprendidas, uma no dia 04.12 na Sala Aroeira da Escola Fazendária e outra no dia 12.12 no Conselho Regional de Contabilidade de Mato Grosso.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Servidor é preso por roubar pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras

Publicado

Foram desviados pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

Um servidor público suspeito de desviar pneus de veículos da prefeitura de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, prestou esclarecimentos na delegacia do município. Segundo a Polícia Civil, ele deve responder pelo crime de peculato.

As investigações começaram no dia 22 de março, quando o prefeito Adilson Gonçalves de Macedo registrou um boletim de ocorrência denunciando o suposto desvio.

O delegado Wilyney Santana Borges disse que várias buscas foram realizadas, até que o suspeito acabou confessando o crime. Em depoimento, ele contou que os pneus foram repassados para um comerciante como parte do pagamento na aquisição de um carro dele de luxo.

Os pneus desviados eram de veículos da Secretaria Municipal de Urbanismo.

De acordo com a polícia, nas investigações, foi apurado que pneus adquiridos para serem utilizados nas automóveis da secretaria foram desviados nos meses de novembro e dezembro de 2020, por um servidor  que exercia funções no setor de frotas da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Leia mais:  Escola Técnica de Tangará da Serra oferece 110 vagas de cursos gratuitos

Segundo o delegado, os indícios apontados no inquérito indicam que foi possível constatar o desvio de pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

A Polícia Civil informou que o investigado pela venda dos pneus deverá responder ação penal pelo crime de peculato, vez que na época dos desvios, exercia o cargo de funcionário público. Já o comerciante que recebeu os pneus desviados, em troca de pagamento, responderá pelo crime de receptação.

A delegacia de Barra do Garças continua as investigações para saber se havia a conivência ou participação de outros servidores municipais, envolvidos no caso dos pneus desviados.

Por G1 MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana