conecte-se conosco


Mato Grosso

Escola de Governo abre nova turma em Direito Constitucional

Publicado

A Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), por meio da superintendência da Escola de Governo, informa que estão abertas as inscrições para a terceira turma de Direito Constitucional – Administração Pública. Serão ofertadas 200 vagas na modalidade de Ensino a Distância

Os interessados devem se inscrever entre os dias 18 de fevereiro e 1º de março. O curso será realizado 11 de março a 12 de abril, com o objetivo de apresentar os principais conteúdos do Direito Constitucional de maneira simples, para que o servidor público possa utilizá-los em seu trabalho.

O conteúdo ficará disponível no ambiente virtual de aprendizagem da Escola Governo durante todo o período do curso.  As aulas serão divididas em quatro unidades em vídeo e web aulas, avaliações virtuais e fóruns de discussões. Essa capacitação terá certificação com carga horária de 20 horas.

Educação a Distância

A Escola de Governo além das capacitações presenciais tem fomentado a realização de cursos na modalidade de EaD, para atender as particularidades dos servidores, aumentar a escala de atendimentos, e principalmente assegurar o acesso a capacitação aos servidores públicos lotados no interior do Estado de Mato Grosso.

Leia mais:  Prêmios, revitalização, fomento e convívio social marcam ações de bibliotecas de Mato Grosso

No ano passado foram ofertadas duas turmas do curso de Direito Constitucional – Administração Pública, equivalente a 11 turmas presenciais. Ao todo, foram 334 inscritos, sendo 232 aprovados na avaliação final recebendo certificados. Foram atendidos servidores de 40 órgãos, residentes em 38 municípios do estado. Segundo o relatório de avaliação de capacitação, o aproveitamento foi alto.

Inscrições

As inscrições para a próxima turma serão efetuadas pelo site da Escola através de códigos liberados pela Gestão de Pessoas de cada órgão. Para mais informações o telefone é: (65) 3613-7899/7824.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Paciente em MT tem síntomas do coronavírus; Estado adota cautela

Publicado

por

Um morador de Alto Taquari (480 quilômetros de Cuiabá) está em quarentena em sua residência após aprensetar sintomas semelhantes aos de pacientes acometidos pelo coronavírus. A informação foi confirmada pelo prefeito da cidade, Fábio Garbúgio (PTB).

De acordo com o gestor, o caso já foi notificado à Secretaria de Estado de Saúde. O paciente é monitorado e exames dele já foram encaminhados para São Paulo, onde os resultados definirão se ele possui, ou não, a doença, que já matou milhares de pessoas pelo mundo, tendo a maior parte dos casos notificados na Ásia.

Segundo o prefeito, o paciente de Alto Taquari esteve recentemente na Itália, país que tem registrado aumento significativo da doença. Nas últimas semanas, 12 pessoas morreram no país em virtude da epidemia.

Porém, a Secretaria Estadual de Saúde tem tratado o caso com cautela. Até o momento, não é notificado como caso suspeito da doença, apesar das precauções tomadas pelos profissionais de saúde.

Este é o segundo registro de possível caso suspeito da doença. No início do mês, uma paciente que esteve na Ásia apresentou sintomas semlhantes ao do coronavírus. Todavia, os síntomas não duraram muito tempo e foi descartado. Na ocasião, médicos que atenderam a paciente usaram proteção por todo o corpo.

Leia mais:  Governo mantém identidade visual e vai economizar mais de R$ 68 milhões

EPIDEMIA MUNDIAL

O surto do novo coronavírus começou em dezembro de 2019, na região de Wuhan, na China. Rapidamente, a doença – que apresenta sítomas semelhantes à pneumonia – se espalhou pelo país e, posteriormente, por toda a Ásia.

Nos últimos dias, chegou com força na Europa, tendo a Itália como principal alvo. No país, mais de 12 pessoas morreram pelo vírus.

Já nesta terça-feira, foi registrado o primeiro caso da doença no Brasil. Um paciente de São Paulo, que esteve recentemente na Itália, testou positivo para a doença. Ele está isolado no hospital Albert Einstein e o Ministério da Saúde monitora outras pessoas que esteve com o paciente nos últimos dias.

Além deste caso confirmado, outros 20 são tratados como suspeitos. Nenhum em Mato Grosso.

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana