conecte-se conosco


Esportes

Eredivisie 2020 terá maior distribuição de renda e “acordo de cavalheiros”

Publicado


campeonato holandês
Reprodução

Ajax foi campeão holandês da temporada 2018/29

O campeonato holandês chamou atenção do mundo inteiro nesta temporada europeia, não somente pelo futebol apresentado pelo Ajax na Liga dos Campeões, mas também por um acordo entre os times do país, anunciado no fim de 2018.

Leia também:  Simeone pede e Atlético de Madrid entra na briga para contratar David Neres

Como forma de aumentar a competitividade do campeonato holandês , alguns clubes propuseram dividir os ganhos financeiros de competições internacionais (Liga dos Campeões e Liga Europa) para todas as equipes da Eredivisie. No fim do torneio 2018/19, inclusive, algumas rodadas foram adiadas para que o Ajax pudesse se preparar melhor para a Champions.

A proposta apresentada em outubro de 2018 ganhou corpo e a próxima temporada do Campeonato Holandês terá algumas novidades . Confira abaixo:

Rebaixamento

A partir da temporada 2019/20 além do último colocado da tabela da Eredivisie, o penúltimo time também cairá diretamente para a segunda divisão. Em contrapartida, o campeão e vice-campeão da Eerste Divisie sobem para a elite do país. Somente uma vaga será definida no esquema de play-offs.

Leia mais:  Sampaoli é punido no STJD, mas comandará Santos contra o Atlético Mineiro

Repartição financeira

Está estabelecido que 5% do dinheiro entregue pela Uefa aos clubes holandeses que estiverem em competições internacionais será destinado para os clubes menores do país. Leva vantagem nessa porcentagem os times que tiverem grama natural nos estádios.

Contratações na base

De acordo com o perfil Espreme a Laranja, especializado em futebol holandês, os clubes fizeram um “acordo de cavalheiros” e estabeleceram que a partir da próxima temporada um time não poderá contratar jogadores da base do adversário.

Leia também:  Neymar fica fora de seleção histórica do PSG feita por jornalistas e torcedores

Um exemplo prático: o Ajax não poderá contratar um jogador que ainda faz parte da categoria de base do PSV, assim como o PSV se compromete a não investir nos garotos do Ajax e assim por diante.

Flexibilidade no calendário

Assim como foi feito no fim da temporada enquanto o Ajax disputava as semifinais da Liga dos Campeões, em 2019/20 os times querem maior flexibilização na tabela para mudanças de algumas partidas, enquanto outras equipes estiverem em fases importantes dos torneios internacionais.

Leia mais:  Para evitar problemas no GP da Austrália, Ferrari removerá logo de patrocinador

Leia também:  Novo reforço do Borussia Dortmund já teve “apagão” bizarro em campo; veja

Direitos de televisão no Campeonato Holandês

Da mesma forma que o dinheiro da Uefa será repartido, as equipes também querem uma divisão mais justa dos direitos de televisão para aumentar ainda mais o desempenho do país. Em levantamento de 2018, a Eredivisie era o oitavo campeonato mais valioso do mundo chegando a casa dos 739,73 milhões de euros (R$ 3.3 bilhões, na cotação atual).

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
publicidade

Esportes

“Filme de terror”, relata Mattos sobre turbulência em voo do Palmeiras; assista

Publicado

por

“Foi um verdadeiro filme de terror.” É assim que o diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, definiu o episódio de tensão vivenciado pela delegação do clube paulista na madrugada deste domingo (21) , durante voo para a cidade argentina de Mendoza.

Jogadores, dirigentes, integrantes da comissão técnica e demais membros do estafe do Palmeiras embarcaram por volta da meia-noite de sábado (20) em Fortaleza, onde o Verdão foi derrotado pelo Ceará em jogo do Campeonato Brasileiro. O grupo deveria desembarcar por volta das 6h da manhã em Mendoza, onde o alviverde paulista enfrentará o Godoy Cruz, pela Libertadores.

alexandre mattos arrow-options
Reprodução/TV Palmeiras

“Muito barulho, muita tensão”, relembra Alexandre Mattos sobre turbulência em voo do Palmeiras

Momentos antes da aterrisagem, no entanto, uma turbulência atingiu o voo palmeirense e o piloto do avião precisou arremeter duas vezes por conta do mau tempo. Após a segunda arremetida, o voo foi desviado para a cidade de Rosario.

“A turbulência foi aumentando. A sensação que dava é de que tinha alguma coisa empurrando as asas de baixo para cima. Foi bem aterrorizante”, relatou Mattos em depoimento à TV Palmeiras. “Eu olhava para o lado e era uma aflição muito grande, um clima de tensão. Uns rezando, os outros você via a cara de desespero, a sensação de impotência… Era muito barulho, muita tensão”, complementou.

Leia mais:  Sampaoli é punido no STJD, mas comandará Santos contra o Atlético Mineiro

O segurança do clube Cristiano Oliveira disse ter pensado “é hoje” devido ao chacoalhar da aeronave, mas que jogadores como o lateral/volante Jean e o atacante Deyverson tentaram tranquilizar a todos. O episódio de pânico para os palmeirenses durou cerca de 40 minutos, segundo seu relato.

A delegação do Palmeiras passou o domingo na capital argentina, Buenos Aires, e fará nova tentativa de chegar a Mendoza nessa segunda-feira (22). A partida contra o Godoy Cruz, pelas oitavas de final da Libertadores, será disputada na terça-feira.

Leia também: Torcedores arremessam pipocas e cobram elenco do Palmeiras no Ceará

Confira o depoimento dos palmeirenses:

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana