conecte-se conosco


Polícia

Engenheiro da AMM morre em acidente em MT; 4 servidores ficam feridos

Publicado

O engenheiro sanitarista Camilo Pio Saes, que presta serviços à Associação Mato-grossense dos Município (AMM), morreu em um acidente na tarde desta sexta-feira (29) na BR-070, em Cáceres (219 quilômetros de Cuiabá). Outros quatro servidores da instituição ficaram feridos.

De acordo com as informações, os cinco ocupantes estavam em uma caminhonete Toyota Hilux, que derrapou na pista após aquaplanar. O acidente ocorreu próximo a Fazenda Jacobina.

Além de Camilo, estavam no automóvel os engenheiros Leonardo Martins Carvalho, Axcel Sales Lopes, a arquiteta Natacha Carvalho de Luiz, e o motorista Heriky Franklinn Pereira Marques. A equipe estava voltando de uma visita técnica a municípios da região, onde foram conhecer as demandas de obras.

Camilo era prestador de serviço pelo Instituto Blaise Pascal (Oscip), que tem contrato com a AMM para a elaboração de projetos para os municípios. Ele também era sócio da cervejaria Bier Punk e especialista em cervejas artesanais.

Leonardo está internado no Hospital Regional de Cáceres com traumatismo craniano. Os demais estão em observação e aguardam liberação dos médicos para retornar a Cuiabá.

Leia mais:  Polinter prende mulher condenada pelo assassinato da própria mãe

Por meio de nota, o presidente da AMM, Neurilan Fraga, lamentou a morte e decretou luto oficial por três dias em memória do engenheiro. “Nossa solidariedade à família e aos amigos do Camilo, que deixa a sua contribuição como um profissional sério, competente e comprometido com o trabalho que desenvolvia”, frisou o presidente da AMM.

 

 

 

 

 

 

 

 

fonte: FolhaMax

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Operação Lei Seca autua 32 motoristas por irregularidades em Cuiabá

Publicado

A ação foi realizada no bairro Santa Helena. Do total de infrações de trânsito, sete foram por conduzir veículo sob efeito de álcool (Art. 165).

Operação Lei Seca deflagrada na noite desta quarta-feira (03.03), na Avenida Miguel Sutil, em Cuiabá, resultou na confecção de 32 Autos de Infração de Trânsito (AIT’s). A ação começou às 21h20 e seguiu até às 23 horas, no bairro Santa Helena. Uma pessoa foi presa por embriaguez ao volante.

Ainda no período, foram realizados 58 testes de alcoolemia (bafômetro) e 18 veículos, entre carros e motocicletas, foram recolhidos.

Do total de infrações de trânsito, sete foram por conduzir veículo sob efeito de álcool (Art. 165), cinco foram por recusa a realizar o teste de alcoolemia (Art. 165-A), quatro por conduzir veículo sem habilitação (Art. 162), dentre outros.

A Operação Lei Seca é realizada de forma integrada e coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada (GGI-E) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT). Nesta edição, participaram representantes das Polícias Militar (PM-MT), Civil (PJC-MT) e Rodoviária Federal (PRF), Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), Sistema Penitenciário de Mato Grosso (Sispen) e Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob).

Leia mais:  Autor de homicídio na Capital tem prisão cumprida em Santo Antônio do Leverger

A multa para o motorista que é flagrado dirigindo sob efeito alcoólico é de R$ 2.934,70. No momento do teste do bafômetro, o condutor que tiver índice de álcool no sangue superior a 0,33 miligramas por litro de ar expelido será preso, pagará multa, terá a CNH suspensa e responderá por crime.

Quando a quantidade de álcool for abaixo de 0,33mg/l, o condutor é autuado, tem a CNH retida e paga multa.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana