conecte-se conosco


Política

Emanuel sinaliza candidatura em 2022 para contrapor Mendes

Publicado

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) sinalizou que pode sair candidato nas eleições de 2022 para bater de frente nas urnas com o governador Mauro Mendes (DEM).

A declaração foi dada pelo emedebista à Rádio Nazareno, nesta segunda-feira (15).

“Está nas mãos de Deus. Se for plano de Deus na minha vida ser candidato a governador do Estado para mudar esse modelo injusto que se administra para poucos, de um governo que ainda não disse para que veio, nós vamos defender essa bandeira”, afirmou.

Se for plano de Deus na minha vida ser candidato a governador do Estado para mudar esse modelo injusto que se administra para poucos, de um governo que ainda não disse para que veio, nós vamos defender essa bandeira
Emanuel e Mendes são inimigos políticos declarados. A rixa já dura anos e se acentuou durante as eleições municipais de 2020, quando o prefeito conseguiu uma reeleição apertada sobre o candidato apoiado pelo democrata.

De acordo com o prefeito, é necessário para a sociedade ter uma proposta alternativa ao governo atual, o qual ele classifica como “frustrante”.

Leia mais:  Tudo pronto para a posse e eleição da Mesa Diretora na ALMT

Emanuel ressaltou que, caso não se viabilize para a disputa, outro nome pode ser apresentado pelo seu grupo para a disputa, mas que isso deverá ser definido após rodadas de conversa com aliados, servidores, segmentos organizados da sociedade civil e o setor produtivo.

“Vamos dialogar para criar uma nova proposta, um plano alternativo de desenvolvimento econômico, humano e social, com novas lideranças políticas, e não essa que está aí e que até agora não disse a que veio”, afirmou.

“Eu defendo esse novo modelo de gestão para o nosso Estado, muito semelhante ao que está sendo feito em Cuiabá hoje”, completou.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MidiaNews

Comentários Facebook
publicidade

Política

TCE volta ao teletrabalho em MT

Publicado

Em virtude das projeções de colapso do sistema de saúde, o Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) e o Ministério Público de Contas (MPC) estabeleceram novas regras para o funcionamento do órgão de controle externo nos próximos 15 dias.

Conforme portaria conjunta nº 032/2021 publicada no Diário Oficial de Contas (DOC) desta quarta-feira (03), de 4 a 19 de março as atividades das unidades do TCE-MT devem ser realizadas exclusivamente na modalidade de teletrabalho, compreendendo 100% das respectivas equipes.

Neste período, também foram suspensas as sessões do Plenário Virtual, do Tribunal Pleno e das Câmaras, as inspeções in loco, os atendimentos presenciais ao público externo, os eventos, cursos e reuniões presenciais, que deverão ser realizadas exclusivamente de maneira remota e sem exigir a presença de servidores ou colaboradores do TCE-MT.

A portaria também estabelece a suspensão dos prazos dos processos virtuais e não virtuais no período de 4 a 19 de março, com exceção dos processos administrativos conduzidos pela Secretaria Executiva de Administração. A partir de 22 de março, os prazos processuais serão retomados no estágio em que se encontravam no momento da suspensão, sendo restituídos por tempo igual ao que faltava para a sua complementação.s no âmbito do TCE-MT.

Comentários Facebook
Leia mais:  Audiência pública vai debater a retomada das obras da escola Tiradentes em Barra do Garças
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana