conecte-se conosco


Cidades

Emanuel Pinheiro, ex-governadores, inauguram maior hospital de MT

Publicado

Em um evento concorrido, que reuniu os principais nomes da política estadual das últimas décadas, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) inaugurou nesta segunda-feira a última etapa do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC). A nova ala consiste no setor de urgência e emergência.

O evento reuniu cinco ex-governadores – Júlio Campos (DEM), Carlos Bezerra (MDB), Jayme Campos (DEM), Blairo Maggi (PP) e Pedro Taques (PSDB) -, além do atual, Mauro Mendes (DEM). Também estiveram presentes diversos deputados federais e estaduais, além dos vereadores da capital.

No evento, o prefeito Emanuel Pinheiro informou que, a partir desta terça-feira, todos os pacientes socorridos pelo Samu serão levados diretos ao novo pronto-socorro. Porém, uma equipe enxuta ainda permanecerá no atual pronto-socorro para dar atendimentos aos pacientes que se deslocarem a unidade em busca de atendimento.

“Temos que compreender que há 40 anos aquele local recebe as demandas de urgência e emergência, está na cultura do cidadão. Então, mantaremos uma equipe lá para fazer os atendimentos das pessoas que ainda buscarem aquele local. Mas as ambulâncias só encaminharão pacientes ao HMC”, explicou.

Leia mais:  Associações de equoterapia podem ser isentas de pagar GTA

Declarando estar realizado com a entrega da obra, que passa a ser a maior unidade de saúde do Estado, Emanuel fez um resgate histórico e agradeceu a todos que colaboraram para que o HMC se tornasse realidade. Lembrou desde a idealização do projeto pelo atual governador Mauro Mendes, no período em que ocupou o cargo de prefeito, aos aportes financeiros garantidos pelo ex-governador Pedro Taques. Citou ainda os esforços do ex-ministro Blairo Maggi e do senador Wellington Fagundes para que o novo PS fosse incluído no programa Chave de Ouro, com aporte de R$ 100 milhões.

“É um sentimento de realização, de missão cumprida, uma alegria muito grande, uma obra importantíssima, a maior obra em saúde pública da história do Estado”, assinalou.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Consultora da Unesco do Programa Criança Feliz esteve em Cuiabá para visita técnica

Publicado

por

Vicente Aquino

A coordenadora responsável pelo Programa Criança Feliz no Centro-Oeste, Lisane Marques, da Unesco esteve em Cuiabá para uma visita técnica e avaliação do trabalho que está sendo desenvolvido pela Prefeitura, nesta sexta-feira (06). O programa é uma parceria do Ministério da Cidadania em parceria com os municípios.

“O objetivo da visita é fazer o monitoramento, o acompanhamento e a execução do Programa, que é desenvolvido dentro da política de assistência social. Estamos acompanhando, conversando e avaliando todas as equipes de referência, pois o programa conta atualmente com mais de 21.000 visitadores. Essa avaliação permanente é necessária para que os apontamentos sejam feitos e os serviços melhorados”, explicou Lisane Marques.

Na oportunidade, a coordenadora conheceu in loco os serviços da equipe pertencente à Unidade do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), do bairro Pedra 90, onde as famílias atendidas pelo Programa. “Fiquei muito satisfeita com o que pude presenciar. Um fator primordial para o sucesso do programa é o envolvimento de todos os componentes da equipe. Quem trabalha com esse programa tem que estar envolvido, conhecer a realidade de cada família para saber que tipo de suporte poderá ser ofertado. E isso ficou visível. Cuiabá está de parabéns. As famílias visitadas demonstraram satisfação pelo atendimento prestado”, comentou a representante da Unesco.

Leia mais:  Deputado Nininho participa de agenda em Brasília com o presidente Jair Bolsonaro e bancada federal

Na Capital, o programa que é coordenado pela Secretaria de Assistência Social é realizado em sete das 14 unidades existentes dos Centros de Referência, sendo eles: Planalto, Pedra 90, CPA, Jardim União, Jardim Araçá, Pedregal e Jardim Nova Esperança. A metodologia utilizada é de visitas domiciliares realizadas nas residências das famílias cadastradas no Programa Bolsa Família e Benefício de Prestação Continuada (BPC), inserida no CRAS de referência em que o Programa Criança Feliz atua.

Durante a explanação, a coordenadora do Programa Criança Feliz em Cuiabá, Michelle Santos Machado informou que cerca de 986 crianças de 0 a 3 anos, 54 famílias contempladas com o auxílio do BPC e 94 gestantes estão sendo acompanhadas pelo programa. “Desde que assumi a coordenação sabia do grande trabalho a ser desempenhado, mas que, sem dúvida nenhuma, o retorno satisfatório estava garantido. Temos pela frente muitos desafios, mas estamos no caminho certo. Nosso objetivo é incluir cada vez mais famílias e melhorar a qualidade de vida dessa população”, disse ela.

“Aos poucos já estamos recebendo o retorno das famílias atendidas pelo programa em Cuiabá. A principal declaração é de que a vida delas mudou depois que começaram a receber a visita da equipe, e isso nos motiva a continuar e trabalhar ainda mais por essa nobre causa que é a primeira infância”, comentou.

Leia mais:  Eleitores de cinco municípios elegem novos prefeitos neste domingo

O secretário municipal de Assistência Social, Wilton Coelho agradeceu a visita, pois segundo ele, trocas de informações e novas orientações são fundamentais para o progresso do Programa. “Quem ganha com isso é a população que necessita do apoio e dos serviços ofertados pela administração pública. O nosso objetivo é trabalhar para oferecer qualidade de vida a população cuiabana. É com muita satisfação que podemos afirmar que o trabalho está tendo resultados positivos e fazendo a diferença na vida das pessoas”, concluiu o secretário de Assistência Social, Wilton Coelho.

PROGRAMA CRIANÇA FELIZ- O programa prioriza crianças e famílias em situação de vulnerabilidade e risco social, como: gestantes, crianças de até 36 meses e suas famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família; crianças de até 72 meses e suas famílias beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada; crianças de até 72 meses afastadas do convívio familiar em razão da aplicação de medida de proteção prevista no Art. 101, caput, incisos VII e VIII, da Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990, e suas famílias.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana