conecte-se conosco


Política

Em reunião na prefeitura Juca do Guaraná Filho pede conclusão do asfalto na 2 ª etapa do Jardim Imperial II

Publicado

O vereador Juca do Guaraná Filho (Avante) esteve na última quarta-feira (29), na prefeitura municipal de Cuiabá para apresentar as solicitações do bairro Jardim imperial II, 2ª Etapa. O parlamentar estava acompanhado de Eliana Moraes, presidente do Jardim Imperial II e os moradores da região, para solicitar a execução do processo de pavimentação asfáltica.
“Estive na Prefeitura Municipal de Cuiabá para buscar a pavimentação asfáltica das ruas da 2ª Etapa do Bairro Jardim Imperial II. Há poucos dias a 1ª Etapa do Jardim Imperial II foi contemplada com o asfaltamento e drenagem, foi uma conquista esperada por décadas, mas nossa intenção é que todos sejam atendidos”, reforçou Juca Filho.
O Prefeito Emanuel Pinheiro pontuou positivamente, durante a reunião, confirmando que a região já está inclusa no projeto de asfalto e drenagem.
Elaine e os moradores do Bairro receberam a resposta com muita positividade. “Acompanhamos os trabalhos feitos na primeira etapa do bairro, agora estamos confiantes que o asfalto chegará também em nossas ruas”, disse a presidente Elaine.
O vereador Juca, que assumiu a liderança do prefeito na Câmara Municipal de Cuiabá, reafirmou que continuará acompanhando as obras na região, lembrado que colaborou na luta e apontando através a necessidade da chegada do asfalto através de indicações.

Elizângela Tenório | Câmara Municipal de Cuiabá

Leia mais:  Vereadores rejeitam criação de hospital infantil e limitar mudanças no orçamento

Imprimir Voltar Compartilhar:  

Comentários Facebook
publicidade

Política

Max Russi participa de audiência sobre Transbananal e destaca melhorias na logística e escoamento da produção de MT

Publicado

por

Max Russi defendeu ainda a união de forças entre a esfera federal e as estaduais, como forma de alavancar a conclusão do projeto.

Foto: JOSÉ MARQUES

O deputado Max Russi (PSB) participou da audiência que debateu a construção da TO-500, conhecida como Transbananal, que ligará Mato Grosso a Tocantins. Nesse encontro, que aconteceu durante manhã de sexta-feira (18), no município de Gurupi, estado vizinho, o parlamentar destacou uma projeção no desenvolvimento de ambos os estados e a melhoria na balança comercial do país, através do agronegócio, produtos agrícolas e a logística no escoamento de produção.  

No evento, que reuniu os governadores de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM) e do Tocantins, Mauro Carlesse (DEM), além do ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas, Max Russi defendeu ainda a união de forças entre a esfera federal e as estaduais, como forma de alavancar a conclusão do projeto.   

 “Ajuda no desenvolvimento de Mato Grosso, ajuda no desenvolvimento do Tocantins e ajuda o Brasil, nas suas exportações. Ajuda o Brasil naquilo que ele tem, a cada ano, crescido mais. É por isso que o Governo Federal, junto aos governos estaduais, tem que dar uma atenção especial para todo e qualquer investimento, que venha ligar o nosso país, diminuir os custos da produção e de transporte”, argumentou.

Leia mais:  "Governo vai aguardar os acontecimentos", diz Onyx sobre Bezerra

O deputado Max Russi ressaltou que confia na fusão entre desenvolvimento e preservação e acredita que, com a construção dessa rodovia, estão previstas mudanças muito positivas para o Leste do Araguaia, principalmente na região de São Félix do Araguaia, onde cumpriu agenda na semana passada, junto à prefeita Janailza Taveira, na inauguração de obras ligadas a Saúde e Infraestrutura. Evento reuniu os governadores de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM) e do Tocantins, Mauro Carlesse (DEM), além do ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas

Foto: JOSÉ MARQUES

“Com a TO-500 o desenvolvimento vai chegar de forma mais rápida. Com isso, vamos melhorar a qualidade de vida de nosso povo, principalmente dessa região, que tanto precisa”, complementou.

Transbananal

A Transbananal está orçada em R$ 1 bilhão e possibilitará a ligação de dois trechos da BR-242 a ferrovia Gurupi e o Porto de Salvador. O projeto, de 190 km, será executado através de uma parceria pública- privada, que contempla ainda a construção de duas pontes ao longo da extensão.

Também participaram da audiência os senadores por Mato Grosso Wellington Fagundes (PR) e Jayme Campos (DEM), o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), o deputado estadual Ondanir Bortolini “Nininho” (PSD), o secretário-chefe da Casa Civil Mauro Carvalho, dentre outras autoridades.

Leia mais:  Lúdio Cabral requer imagens de sessão para questionar votação do PLC 53

Fonte: ALMT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana