conecte-se conosco


Política

Em reunião com o vereador Dr. Xavier, liderança do bairro Verdão reivindica melhorias diversas

Publicado

class=”olho”>RÁDIO CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ
21/05/2019
Em reunião com o vereador Dr. Xavier, liderança do bairro Verdão reivindica melhorias diversas
O advogado Marcione Mendes de Pinho, uma das lideranças do Verdão e ex-secretário-adjunto de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, esteve hoje (21) no gabinete do vereador Dr. Xavier, oportunidade em que reivindicou melhorias diversas para serem implementadas na comunidade do Verdão e adjacências. Segundo ele, o bairro inteiro e região próxima carecem de rede de esgoto e outras deficiências. São demandas já elencadas junto às autoridades do município, sem que, até agora, nada tenha sido resolvido concretamente, lamenta. Como exemplo, citou a inexistência de elevatória em frente à Arena Escola (sediada dentro da própria Arena Pantanal, na Avenida Agrícola Paes de Barros), reivindicação antiga dos moradores. Conforme enfatizou, a ausência desse dispositivo de seguran&ampc cedila se constitui em risco constante de acidentes para alunos e pedestres em trânsito naquele trecho, pois os motoristas não respeitam os limites de velocidade.
Outra situação apontada pelo causídico diz respeito à Praça Esportiva do Jardim Cuiabá, a antiga “Praça do Lions”, local que sediará brevemente um mini estádio (com 70% das obras concluídas), além de quadra de areia, pista de caminhada, academia ao ar livre e outras opções a serem disponibilizadas à comunidade, em geral. A sugestão da liderança é para que seja implementado um sistema de administração interbairros no futuro complexo. “Este grupo viria democratizar a utilização daquele espaço, além de contemplar toda a região. O propósito é disponibilizar a futura estrutura em nível público, sem a imposição de monopólios de qualquer espécie”.
“O CÓRREGO 8 DE ABRIL É UMA GENUÍNA CARNIÇA A CÉU ABERTO. A POPULAÇÃO É QUEM PADECE COM ESSA TORTURA DIÁRIA…”
Marcione ainda solicitou indicação parlamentar para a execução de rede de esgoto na Avenida Professor Ranulfo Paes de Barros, uma das principais do Verdão. Ele disse que o córrego 8 de Abril, coletor natural de esgoto na região, fica localizado a menos de 200 metros desta via de acesso, “fator nitidamente facilitador para a instalação da rede”. E acrescentou que a implantação da referida estrutura de saneamento básico é uma necessidade extrema da comunidade, envolvendo a necessária higienização local e no seu entorno, além de implicar na garantia de melhor saúde para os moradores do setor. “Saneamento básico é o princípio elementar de uma boa saúde”, disse.
Segundo exposição feita pelo líder comunitário, faz-se urgente a revitalização do Córrego 8 de Abril, “de há muito sufocado pela grande quantidade de dejetos de toda espécie lançada no seu leito diariamente. As laterais desse córrego estão desmoronando fáceis. Realidade de perigo constante a quantos residem no seu entorno e que transitam nos passeios. Sem falar nos veículos que sempre caem lá dentro, ocasionando vítimas”.
Na sua opinião, esse problema poderia ter sido resolvido há anos atrás. Ele observou que as crateras no canal surgem cada vez maiores quando da ocorrência de chuvas fortes. “É preciso então revitalizá-lo urgentemente. O córrego 8 de Abril representa um quadro caótico e de clara agressão à saúde pública em Cuiabá, e infelizmente está situado em pleno miolo da capital, ao lado da pomposa Arena Pantanal. Creio que já tivemos oportunidade de resolver esse problema: foi no transcurso dos preparativos da Copa de 2014, época em poderia ter sido canalizado e coberto, a exemplo da Prainha. Houve até um início de obras nesse sentido, porém não levaram a efeito nem 5% do previsto no cronograma de serviços. E o córrego continua escancarado, latrina fétida que serpenteia livremente na região do Verdão, inf ernizando a vida dos moradores próximos”.
Dr. Xavier anotou as sugestões de Marcione e afirmou que elas terão curso oficial de encaminhamento às autoridades municipais e mesmo em nível estadual. Também lamentou que o Córrego 8 de Abril ainda seja receptor de toneladas de esgoto in natura, lançado ininterruptamente no Rio Cuiabá. “Realmente, faz-se urgente a canalização desse córrego, e, principalmente, a extensão do tratamento de esgoto em Cuiabá, ainda em percentuais insignificantes. O Rio Cuiabá não suporta mais tanta carga poluidora, e logo ele e todo o Pantanal estarão contaminados de forma irredutível. Isto significa a perda da fauna, flora e da fonte de subsistência dos ribeirinhos, que ainda vivem da pesca. Vamos assim ultimar providências para tentar sensibilizar os órgãos ambientais a se unirem numa cruzada em prol do salvamento do Rio Cuiabá. Paralelamente, estaremos acompanhando o desenrolar do atendimento solicitado para o Verdão e adjacências, comunidades que merecem nossa atenção máxima e dos gestores do município”.

João Carlos de Queiroz | Câmara Municipal de Cuiabá

Imprimir Voltar Compartilhar:  

Comentários Facebook
Leia mais:  VOCÊ SABIA – Pessoas com deficiência pode participar de corrida de rua gratuitamente
publicidade

Política

Emanuel chama Mauro de “insano” e alega que vaias doeram no governador

Publicado

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), não poupou adjetivos ao governador Mauro Mendes (DEM), em nota enviada à imprensa, após o democrata afirmar que ele terá o mesmo futuro do ex-governador Silval Barbosa (sem partido). Para o emedebista, Mauro é “desequilibrado e insano” e não tem nenhum tipo de controle emocional.

A declaração de Mauro foi feita na manhã desta sexta-feira (18), em Sinop, durante visita do presidente Jair Bolsonaro. Ocorre que o governador Mauro Mendes fechou apoio ao ex-prefeito Roberto França (Patriota), um dos principais rivais de Emanuel no pleito deste ano.
Mauro prometeu entrar firme na campanha do apresentador de TV para “tirar Cuiabá da corrupção”. “Um cara que tem um histórico de corrupção associado a seu nome, o Emanuel Pinheiro, com três secretários afastados por corrupção, com um monte de esquema sendo investigado pelo Ministério Público. Não tenho dúvida que o fim de Emanuel Pinheiro será igual ou pior que de Silval Barbosa”, colocou.

Silval Barbosa foi governador do Estado entre 2010 e 2014 e, menos de 1 ano após o fim da gestão, foi preso acusado de diversos crimes de corrupção. Ele foi solto quase 2 anos depois, após confessar os crimes e firmar colaboração premiada com a Procuradoria Geral da República.

Emanuel, ao tomar conhecimento das declarações, não deixou barato e atacou o democrata. “Mais uma vez o chefe do Executivo estadual demonstra uma postura de total insanidade, desequilíbrio e falta de controle emocional. Ao atacar insistentemente a Prefeitura de Cuiabá e o seu gestor, o governador deixa evidente seu papel de cabo eleitoral, deixando de lado a função para a qual foi eleito, que é o de governar o Estado”, diz trecho da nota.

Leia mais:  Assembleia Legislativa vai avaliar metas fiscais do governo no próximo dia 26 de março

O emedebista também diz que Mauro desceu o nível. Chamou o democrata de maldoso, arrogante e soberbo. Na sequência, ainda fez uma denúncia.

“Igualmente, com peculiar empáfia, tenta esconder suas conhecidas atividades empresariais obscuras, como, por exemplo, a mais recente, sua ligação com a empresa Agrenco que, conforme noticiado na imprensa, o chefe do Poder Executivo estadual teria sido supostamente beneficiado com um “generoso mimo” em forma de participação societária”, diz outro trecho da nota.

Ele também citou as vaias recebidas pelo democrata no evento em Sinop. “Devem ter doído muito no governador”.

Para Emanuel, Mauro vive em pedestal. “Adota sempre o mesmo e velho modus operandi, que busca atacar alguém para desviar a atenção dos seus problemas e da rejeição recebida pela população”, finalizou.

Íntegra da nota de Emanuel Pinheiro:

Sobre a declaração do governador Mauro Mendes, concedida à imprensa nesta sexta-feira (18), o prefeito de Cuiabá afirma que:

– Mais uma vez o chefe do Executivo estadual demonstra uma postura de total insanidade, desequilíbrio e falta de controle emocional.

– Ao atacar insistentemente a Prefeitura de Cuiabá e o seu gestor, o governador deixa evidente seu papel de cabo eleitoral, deixando de lado a função para a qual foi eleito, que é o de governar o Estado.

– Temos a ciência do baixo nível que o governador é capaz de chegar e de que isso irá piorar, principalmente a partir do momento que aceitamos a convocação e colocamos nosso nome à disposição para disputar à reeleição.

Leia mais:  Comissão de meio ambiente emite parecer favorável a três projetos

– Todavia, garantimos que o mesmo será levado à Justiça, pois cabe a quem acusa o ônus da prova e, de forma alguma, tais falas levianas serão lançadas ao vento sem responsabilização.

– O governador criou o péssimo hábito de atacar a gestão de Cuiabá para desviar o foco da má gestão que vem fazendo, resultando inclusive em uma cena vexatória diante do Presidente da República, onde foi estrondosamente vaiado pela população de Sinop.

– Sem saber como contornar tal situação, mais uma vez virou sua mira para o Executivo municipal da capital, que é onde está o seu interesse político.

– Mauro, no alto da sua maldade, arrogância e soberba, se coloca como o paladino da moral e ética. Porém, faz isso sem nunca mencionar os processos que pesam contra ele.

– Igualmente, com peculiar empáfia, tenta esconder suas conhecidas atividades empresariais obscuras, como, por exemplo, a mais recente, sua ligação com a empresa AGRENCO que, conforme noticiado na imprensa, o chefe do Poder Executivo estadual teria sido supostamente beneficiado com um “generoso mimo” em forma de participação societária.

– As ensurdecedoras vaias recebidas hoje devem ter doído muito no governador. No entanto, nem assim Mauro Mendes é capaz de descer do pedestal e fazer uma autoavaliação. Pelo contrário, adota sempre o mesmo e velho modus operandi, que busca atacar alguém para desviar a atenção dos seus problemas e da rejeição recebida pela população.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana