conecte-se conosco


Polícia

Em menos de 20h, PRF recupera veículo com indicativo de furto e roubo e aprende um quilo de pasta base, no município de Barra do Garças/MT

Publicado

Na sexta-feira (31), o GPT – Grupo de Patrulhamento Tático da 7ª Delegacia de Polícia Rodoviária Federal em Barra do Garças recuperou o veículo Ford Fiesta de cor branca. O motorista (46 anos), ao avistar a equipe policial, tentou fugir, mas foi abordado ao adentrar em um bairro da cidade. A placa ostentada não condizia com os elementos de identificação veicular, os quais retornavam para outro veículo, esse com registro de Roubo/Furto.

Já no sábado (01), a Polícia Rodoviária Federal em Barra do Garças, realizou abordagem em veículo destinado ao transporte de passageiro.

Em vistoria das bagagens que se encontravam no interior do veículo, foi encontrada uma pequena mochila (sem identificação por tickets de bagagem), que, em seu interior, continha um tablete de substância entorpecente análoga a cocaína do tipo pasta base com, aproximadamente, um quilograma (1 kg). Em conversa com testemunhas, logo foi identificado o proprietário de tal entorpecente, o qual reconheceu a autoria dos fatos.

Nas duas situações, as ocorrências foram encaminhadas para a Polícia Civil em Barra do Garças.

Leia mais:  Polícia Civil prende suspeito de matar homem em bar em assentamento de Acorizal

SECOM PRF-MT

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Delegados de Mato Grosso ganham o maior salário do Brasil

Publicado

Um levantamento realizado pelo Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (Sindpesp) mostrou que os delegados de Mato Grosso são os que ganham o maior salário da categoria no país. O salário mensal de um delegado da Polícia Civil no estado é de R$ 24,5 mil.

Enquanto o salário dos delegados de Mato Grosso é o maior do país, o vencimento de escrivães e investigadores – as outras carreiras da Polícia Civil-, está bem longe do primeiro lugar.

Para os escrivães, profissionais responsáveis pelo registro de ocorrências e pela documentação das investigações, o salário é de R$ 5,5 mil, o 11º no ranking brasileiro.

Já para os investigadores, policiais que coletam provas sobre os crimes, localizam e interrogam suspeitos e mantém a segurança dos locais de investigação, o vencimento inicial é de R$ 5,5 mil, o 9º maior na comparação com o mesmo cargo em outros estados.

Dados da Polícia Civil mostram que no quarto trimestre de 2020 havia 400 cargos para delegados, porém, 158 estavam vagos. Já para escrivão de polícia, são 1,2 mil vagas, mas só 2.056 ocupados. E para investigador são 4 mil vagas, com 1.944 cargos vagos.

Leia mais:  Pai suspeito de abusar sexualmente de duas filhas é preso em Juara

Por ser uma carreira típica de Estado, ou seja, que não podem ser substituída por profissional contratado, os cargos da Polícia Civil só podem ser ocupados através de concurso público. No entanto, para conseguir benefícios com o governo federal durante a crise, o Estado se comprometeu a não criar novos gastos até 2022, o que incluem os concursos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana