conecte-se conosco


Esportes

Em jogo de arbitragem polêmica, Grêmio vence Vasco de virada

Publicado

Lance

grêmio vence vasco arrow-options
Max Peixoto/DiaEsportivo/Agência O Globo – 13.7.19

Pepe comemora com seus companheiros o segundo gol que deu a vitória ao Grêmio sobre o Vasco

Em jogo de arbitragem polêmica, o Grêmio levou a melhor sobre o Vasco, neste sábado (13) em Porto Alegre e venceu, de virada por 2 a 1. Pikachu abriu o placar e Pepê fez os dois gols gremistas, na partida válida pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, a primeira depois da parada para a Copa América.

Leia também: Em evento, Neymar fala sobre lesão: “Estou quase 100% recuperado”

Com o resultado, o Cruz-Maltino permanece na 15ª colocação, com 9 pontos, enquanto o Tricolor sobre para a oitava colocação, com 14 pontos. O Vasco volta a campo no sábado, para disputar o clássico com o Fluminense, em São Januário, às 11h. No mesmo dia, às 19h, o  Grêmio disputa o Grenal, no Beira-Rio.

Defesa organizada
Os primeiros minutos de jogo já indicaram que a pausa no campeonato fez bem ao Vasco na parte defensiva. A equipe de Luxa entrou em campo bem ajustada atrás e deu poucos espaços para o time misto do Grêmio criar. Pouco ameaçados, os cariocas passaram a avançar pelo lado direito com a dupla Pikachu-Valdívia. E foi dali, em falta cobrada pelo cabeludo, que David Braz puxou Henríquez dentro da área e o árbitro apontou pênalti. O camisa 2 vascaíno cobrou no canto esquerdo de Paulo Victor para abrir o placar na Arena.

Leia mais:  Por que Eden Hazard é um dos jogadores mais cobiçados do mundo?

Grêmio pressiona
Em desvantagem, o Tricolor passou a marcar a saída de bola rival e a rondar a área cruz-maltina, mas as dificuldades de criação persistiam. Renato Gaúcho lançou Everton, a sensação da Copa América, ainda no primeiro tempo, mas Fernando Miguel não chegou a fazer defesas difíceis.

Leia também: Fim de uma era! Contrato de Romero com o Corinthians se encerra neste domingo

VAR protagonista
No primeiro minuto da segunda etapa, Pikachu fez grande jogada individual na área e marcou o que seria o segundo gol do Vasco . Na revisão, o VAR, de forma polêmica, indicou falta de Rossi na origem do lance por deixar o braço em Matheus Henrique e o árbitro confirmou a marcação. O time vascaíno sentiu a interferência extra-campo e muito nervoso passou a dar espaços para os rivais. Aos 15, Pepê finalmente igualou ao receber de Luan na direita, invadir a área e chutar cruzado no canto direito. O jovem atacante ainda desperdiçou a chance de ampliar, minutos depois,completamente livre na frente do gol.

Virada gremista
Na metade final da partida, o Vasco conseguiu equilibrar as ações e encaixar alguns contra-ataques. O time teve chances de fazer o segundo com Danilo Barcelos e Macros Jr, mas quem acabou marcando foi o Grêmio . Aos 40, Lucas Mineiro deu espaços para Léo Moura cruzar para Pepê, de cabeça, marcar o gol da virada, que decretou a vitória dos donos da casa.

Leia mais:  Com oito brasileiros na disputa, Libertadores 2019 começa nesta terça-feira

Leia também: Presidente do Atlético de Madri avisa Barcelona sobre Griezmann: “Temos provas”

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 2 X 1 VASCO

Data/Hora: 13/07/2019, às 17h (de Brasília)
Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)
Gramado: Razoável
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR) – Nota L!: 4,5 – errou ao anular gol de Pikachu
Auxiliares: Bruno Boschilia (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
VAR: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Público/ Renda: 9.701 pagantes, 11.281 presentes/ R$ 362.148.00
Cartões amarelos: Juninho Capixaba, Thaciano (GRE); Richard, Rossi, Henríquez, Fernando Miguel (VAS)
Cartões Vermelhos: Não houve

Gols: Yago Pikachu (14’/1ºT, 0-1), Pepê (15’/2ºT, 1-1 e 40’/2ºT, 2-1)

Grêmio: Paulo Victor; Léo Moura, David Braz, Rodriguez, Capixaba; Rômulo (Everton, 37’/1ºT) e Matheus Henrique (Da Silva, 30’/2ºT); Thaciano, Jean Pyerre e Pepê; Luan (Patrick, 35’/2ºT). Técnico: Renato Gaúcho

Vasco: Fernando Miguel, Yago Pikachu, Henríquez, Ricardo Graça e Danilo Barcelos; Richard, Raul e Marcos Jr.(Lucas MIneiro, 34’/2ºT); Rossi, Marquinho (Talles, 30’/2ºT) e Valdívia (Marrony, 24’/2ºT). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Palmeiras tenta acalmar ambiente e mudar história recente no mata-mata

Publicado

por

Lance

Felipão gritando arrow-options
CONMEBOL/DIVULGAÇÃO

Felipão tenta mudar história recente do Palmeiras em mata-mata

Com dois títulos (2016 e 2018), um vice-campeonato (2017) e a atual liderança no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras tem sido dominante em pontos corridos. Mas desde que conquistou a Copa do Brasil de 2015, acumula frustrações em mata-mata. 

Leia também: “Filme de terror”, relata Mattos sobre turbulência em voo do Palmeiras; assista

Para melhorar este retrospecto e amenizar o ambiente após as últimas duas derrotas, o Palmeiras inicia a disputa das oitavas de final da Libertadores .

Depois do protesto de um número reduzido de torcedores em Fortaleza, na sexta, o Verdão foi batido pelo Ceará, e pela primeira vez desde a volta de Luiz Felipe Scolari perdeu duas partidas consecutivas.

Para completar, a logística foi prejudicada graças à instabilidade climática que impediu a delegação de pousar em Mendoza , cidade do jogo contra o Godoy Cruz .

Desde 2016, quando voltou a disputar a Libertadores, o Palmeiras foi eliminado na fase de grupos, nas oitavas de final (2017) e na semifinal (2018). No ano passado, o time terminou a etapa de grupos com a melhor campanha, mas não passou do Boca Juniors, atual vice-campeão.

Leia mais:  Penta x estreante: tudo sobre a final da Champions entre Tottenham e Liverpool

No Paulista, o time alviverde tem um vice (2018) e três quedas em semifinais, em 2016, 2017 e 2019. Na Copa do Brasil, desde o título em cima do Santos, foram três eliminações nas quartas de final (2016, 2017 e 2019) e uma na semifinal (2018).

Leia também: Torcedores arremessam pipocas e cobram elenco do Palmeiras no Ceará

​A Libertadores é o grande sonho do torcedor palmeirense, que comemora 20 anos de sua única conquista do torneio, em 1999. A expectativa cresceu depois da derrota para o Internacional nos pênaltis, pela Copa do Brasil, pois resta apenas a Copa e o Brasileiro a disputar agora.

No campeonato nacional, o Verdão tinha cinco pontos de folga, mas viu a vantagem acabar depois da pausa para a Copa América. O Santos venceu seus dois jogos, enquanto o Palmeiras somou apenas um ponto em seis – os rivais agora estão empatados com 26, mas o time alviverde tem saldo de gols melhor.

Leia também: Palmeiras radical! Fomos conferir a tirolesa de 200 metros no Allianz Parque

Leia mais:  Pep Guardiola dá palestra sobre futebol para presos políticos em Barcelona

O jogo do Palmeiras contra o Godoy Cruz será nesta terça-feira, às 21h30 – a volta será uma semana depois, no Allianz Parque.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana