conecte-se conosco


Polícia

Em Comodoro (MT), PRF recupera moto roubada

Publicado

O flagrante aconteceu após os policiais serem informados por populares que uma motocicleta havia sido abandonada em uma lagoa, às margens da rodovia

Por volta das 10h30 desta segunda-feira (18), policiais rodoviários federais faziam uma ronda na BR-174, quando, no km 493, em Comodoro (MT), foram informados por populares que um indivíduo teria jogado uma motocicleta dentro de uma lagoa, localizada às margens da rodovia, e, em seguida, tomado rumo ignorado.

Chegando ao local relatado pelos usuários da rodovia, os agentes localizaram o veículo, que possuía restrição de roubo. Os policiais, então, seguiram em patrulhamento por cerca de 3 quilômetros, quando conseguiram identificar o indivíduo que havia abandonado a moto.

O homem, de 43 anos, confirmou que jogou a motocicleta na lagoa, mas alegou desconhecer a origem ilícita do veículo. Considerando os fatos, o indivíduo foi preso pela prática do crime de receptação (artigo 180 do Código Penal) e, posteriormente, encaminhado à Delegacia da Polícia Civil, em Comodoro.

Leia mais:  Ponto de venda de droga é fechado e homem preso no bairro Dom Aquino

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

PRF apreende mais de 800 m³ de madeira ilegal em Mato Grosso

Publicado

por

Além do combate ao transporte irregular de produto florestal, equipes realizaram fiscalização de emissão de poluentes

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deflagrou, entre os dias 2 e 8 de julho, a terceira etapa da Operação Caapora. Em mais uma ação de combate aos crimes ambientais com foco na fiscalização de produto florestal a PRF apreendeu 842 m³ de madeira e carvão vegetal. Foram também registradas 14 ocorrências envolvendo cometimento de crime de poluição.

As fiscalizações ocorreram na BR-174, em Comodoro/MT e contaram com uma equipe de aproximadamente 16 PRFs. O INDEA (Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso) também participou das fiscalizações com 2 servidores, além de militares do Exército Brasileiro.

As cargas de madeira necessitam ser acompanhadas de nota fiscal e documento de origem florestal ou guia florestal. Qualquer irregularidade entre os documentos ou entre eles e a carga, tornam os documentos inválidos e a carga ilegal.

Com relação aos crimes de poluição, as ocorrências foram por irregularidades com ARLA 32, que é o Agente Redutor Líquido de Óxido de Nitrogênio Automotivo. Trata-se de um reagente utilizado juntamente com o Sistema de Redução Catalítica (SRC) para reduzir a emissão de óxido de nitrogênio nos gases de escape de veículos à diesel.

Leia mais:  Polícia Civil prende suspeito de matar vítima dentro de distribuidora de bebidas

Confira os resultados da Operação em Mato Grosso:

Veículos fiscalizados 629
Veículos apreendidos 39
Ocorrências 41
Madeira apreendida 842 m³
Pessoas detidas e encaminhadas 41

No ano de 2019, Mato Grosso foi o estado que mais apreendeu madeira no país, totalizando 7.000 m³. Em 2020 (de 01 de janeiro à 08 de julho), os números já somam 5.840 m³, mais que o dobro em relação ao mesmo período em 2019 (2.340 m³).

Mesmo em tempos de pandemia, a PRF vem atuando fortemente no combate aos crimes ambientais afim de garantir um meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum e direito de todos, previsto constitucionalmente.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana