conecte-se conosco


Carros e Motos

Em baixa, Mercedes-Benz Classe X será descontinuada definitivamente

Publicado

Mercedes-Benz Classe X arrow-options
Divulgação

Primeira empreitada da Mercedes-Benz na categoria, Classe X deverá sair de linha

A primeira empreitada da Mercedes-Benz na categoria das picapes médias não rendeu os frutos esperados pela Daimler. De acordo com o jornal espanhol La Vanguardia, os executivos da marca decidiram encerrar a produção da Classe X no complexo industrial de Barcelona, o único lugar em que ela ainda era feita no mundo.

LEIA MAIS: Nova picape inédita da Hyundai é vista com camuflagem antes da estreia

Foram apenas dois anos de produção, abastecendo a Europa, Austrália e alguns pontos do continente africano. Tendo sua base compartilhada com as irmãs Nissan Frontier e Renault Alaskan, o modelo não conseguiu sobreviver à batalha contra Toyota Hilux e Ford Ranger.

Bateu na trave

Mercedes-Benz Classe X arrow-options
Divulgação

A Mercedes-Benz Classe X foi prometida para a América do Sul, mas sua produção foi cancelada

A produção da Classe X foi anunciada na Argentina em 2018, onde seria fabricada pela Nissan em Santa Isabel. O modelo deveria abastecer todo o mercado sul-americano, inclusive o Brasil, onde a marca chegou a realizar clínicas para definir se a Classe X seria vendida nas concessionárias de automóveis ou veículos comerciais.

Leia mais:  Volvo XC40 híbrido, que carrega na tomada, pode ser encomendado

LEIA MAIS: Veja 5 picapes intermediárias que estão para chegar nos próximos anos

Em abril de 2019, a marca voltou atrás e cancelou o projeto por completo. A Daimler afirmou que condições econômicas e tensões do país vizinho, em época de eleição, contribuíram para a decisão.

Segunda chance para a Alaskan

Renault Alaskan arrow-options
Divulgação

A nova Alaskan não foi cancelada na América Latina. Executivos da Renault garantem que picape será vendida

A outra irmã de Nissan Frontier e Mercedes-Benz Classe X no Mercosul, a Renault Alaskan , também chegou a ter sua produção suspensa na Argentina. De acordo com Juan Manuel Alliati, novo gerente de produto da marca, o modelo terá uma nova chance de ver a luz do dia em 2020.

LEIA MAIS: VW Tarok aparece em registros de patentes no Brasil

“O projeto Alaskan está mais vivo que nunca. Em 2020, vimos uma nova oportunidade para lançá-la. Sua fabricação foi postergada, não cancelada”, disse o executivo ao Argentina Autoblog. “Nossa fábrica em Córdoba completa 65 anos em 2020 e está capacitada para produzir 70 mil picapes por ano.”.

Leia mais:  Fiat Argo, Cronos e Toro recebem opção de pacote estético especial S-Design

Comentários Facebook
publicidade

Carros e Motos

Laboratório afirma ter remédio contra Covid

Publicado

por

pcional e pode salvar vidas após ser aprovado pela agências reguladoras. Nós estamos trabalhando dia e noite para que esse produto seja aprovado e disponibilizado ao público”, disse Henry Ji em comunicado aos investidores.

Os testes foram conduzidos em laboratório, com o vírus in vitro. Agora, a Sorrento pretende pedir aos agentes reguladores da saúde nos Estados Unidos prioridade na liberação do medicamento, para que o remédio chegue o mais rápido possível à população.

De acordo com o laboratório, a fábrica em San Diego tem capacidade para produzir 200 mil doses do medicamento por mês. Antes mesmo da aprovação da droga, a Sorrento vai produzir 1 milhão de doses.

O anúncio foi bem recebido na bolsa Nasdaq, onde a empresa é listada. As ações da Sorrento estavam em alta de 161% na bolsa americana de tecnologia.

Comentários Facebook
Leia mais:  Fiat Argo faz milagre e abre vantagem sobre o VW Polo
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana