conecte-se conosco


Em 2019, Brasil foi o país do surfe

Publicado

A cada ano que passa o Brasil se firma um pouco mais como uma das potências do surfe. Em 2019, isso ficou evidente com conquistas importantes, como a do circuito profissional masculino pelo potiguar Ítalo Ferreira e do mundial júnior pelo catarinense Lucas Vicente.

Tetra no Circuito Mundial

Sem dúvida alguma, o maior feito do Brasil no surfe em 2019 foi a conquista do quarto título no Circuito Mundial masculino. Com direito a final decisiva no Billabong Pipe Masters, última etapa do Circuito Mundial de surfe, realizada na ilha de Oahu, no Havaí.

OAHU, UNITED STATES - DECEMBER 19: World Title contender Italo Ferreira of Brazil wins the 2019 Billabong Pipe Masters after winning the final at Pipeline on December 19, 2019 in Oahu, United States. (Photo by Ed Sloane/WSL via Getty Images)

Potiguar Ítalo Ferreira festeja conquista de seu primeiro título do Circuito Mundial – Ed Sloane

Com este triunfo, o Brasil chegou a seu quarto título mundial, após as vitórias de Gabriel Medina em 2014 e 2018, e de Adriano de Souza em 2015.

Além da conquista da etapa de Pipeline, o potiguar venceu em 2019 as etapas de Gold Coast (Austrália) e de Peniche (Portugal).

OAHU, UNITED STATES - DECEMBER 19: Two-time WSL Champion Gabriel Medina of Brazil advances to the semi finals of the 2019 Billabong Pipe Masters after winning Quarter Final Heat 3 at Pipeline on December 19, 2019 in Oahu, United States. (Photo

Momento de concentração de Gabriel Medina durante disputa do Pipe Masters – Ed Sloane

Ítalo derrotou Medina na grande decisão no Havaí por 15,56 a 12,94.

Jogos Mundiais de Surfe

Outra conquista do surfe brasileiro em 2019 que teve Ítalo como protagonista veio em setembro nos Jogos Mundiais de Surfe, realizados na praia de Kisakihama, em Miyazaki (Japão).

Leia mais:  Atleta é brutalmente assassinada e corpo é encontrado dentro de mala

O potiguar garantiu o triunfo ao cravar um dez após completar um aéreo incrível, o que lhe garantiu o melhor somatório da final (17,77).  O norte-americano Kolohe Andino ficou com a prata (17,06). E Gabriel Medina somou 14,53 para garantir o bronze.

 Título conquistado pelo brasileiro Ítalo Ferreira, nos Jogos Mundiais de Surfe, no Japão.

Ítalo Ferreira celebra conquista dos Jogos Mundiais de Surfe – Twitter/Olympic Channel

Além da medalha de ouro na categoria masculina, o Brasil também fez bonito na disputa feminina, com a cearense Silvana Lima, vice-campeã.

Mundial Júnior

Se o presente no profissional já é de triunfos, o futuro também promete ser dourado, como mostra o título de Lucas Vicente no Campeonato Mundial júnior de surfe no final de novembro.

Para ficar com o título concedido pela Liga Mundial de Surfe (WSL, em inglês), o atleta do Brasil derrotou o norte-americano Kade Matson na final do Taiwan Open of Surfing.

Photos of 2019 WSL Junior Championships

Lucas Vicente garantiu Mundial júnior – Photos of 2019 WSL Junior Championships

Na decisão, Lucas fez um aéreo incrível na última onda que lhe permitiu vencer a disputa por 17,56 a 17,40. Desta forma o Brasil permaneceu no topo da competição, após a conquista de Mateus Herdy na última edição do Mundial.

Tóquio 2020

Em 2019 também foram definidos os representantes do Brasil no surfe nos Jogos de Tóquio, que acontecem em 2020.

Leia mais:  Polícia encerra buscas de avião desaparecido que transportava Emiliano Sala

Entre as mulheres as representantes serão a cearense Silvana Lima e a gaúcha Tatiana Weston-Webb, radicada no Havaí.

A brasileira Silvana Lima vai participar da estreia do surfe nos Jogos Olímpicos. Ela conquistou a vaga para Tóquio 2020 na etapa de Maui, no Havaí, do circuito mundial de surfe feminino

Cearense Silvana Lima representará o Brasil nos Jogos Olímpicos – Rede do Esporte

Já entre os homens o Brasil será defendido pelo paulista Gabriel Medina e pelo potiguar Ítalo Ferreira.

OAHU, UNITED STATES - DECEMBER 19: (L-R) Italo Ferreira of Brazil winner of his maiden WSL World Title and his maiden 2019 Billabong Pipe Masters and Two-time WSL Champion Gabriel Medina of Brazil runner-up at Pipeline on December 19, 2019 in

Ítalo Ferreira (esquerda) e Gabriel Medina estarão juntos em Tóquio 2020 – Kelly Cestari

Vice no Longboard

No Circuito Mundial de Longboard havia a expectativa de que a brasileira Chloé Calmon poderia ficar com o título entre as mulheres. Ela chegou à última etapa da competição, o Taiwan Open of Surfing, com chances reais de alcançar o feito.

TAITUNG, TAIWAN - DECEMBER 7 : Chloe Calmon from Brasil is eliminated from the 2019 Taiwan Open World Longboarding Championship with an equal 3th finish after placing second in semi final Heat 2 at Jinzun Harbour on December 7, 2019 in Taitung County, Tai

Chloé Calmon ficou perto do título mundial de longboard – WSL / Matt Dunbar

Mas a atleta do Brasil acabou parando nas semifinais da competição realizada em Taiwan ao ser derrotada por 13,57 a 10,70 pela francesa Alice Lemoigne.

Com o tropeço da brasileira, a havaiana Honolua Blomfield viu o caminho livre para ficar com o título mundial após superar Lemoigne na decisão.

Edição: Verônica Dalcanal

Comentários Facebook
publicidade

Assembleia prorroga recesso das atividades administrativas

Publicado

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), prorrogou o recesso das atividades administrativas até a próxima sexta-feira (14). A determinação, publicada no Diário Oficial Eletrônico de sexta-feira (7), mantém as atividades estritamente essenciais para o funcionamento do Parlamento.

Esse prazo, de acordo com a Resolução Administrativa nº 45/2020, pode ser prorrogado caso continue a evolução das condições sanitárias em Cuiabá e Várzea Grande. Nas duas cidades, voltaram a aumentar os casos de contaminação pelo novo coronavírus.

Na última determinação, publicada no DOE/AL do dia 29 de julho, por meio da Resolução Administrativa nº 42/2020, o recesso administrativo teve início em 3 de agosto e seguiu até o último dia 8. O documento descreveu a alteração das condições de funcionamento da Assembleia Legislativa nesse período de enfrentamento da Covid-19.

O documento mantém como atividades essenciais as sessões plenárias (ordinárias e extraordinárias), as reuniões das comissões permanentes e temporárias, as reuniões do Colégio de Líderes e da Mesa Diretora. Os horários do expediente dessas atividades legislativas serão das 8 horas até as 14 horas, com exceção das quartas-feiras, quando o expediente será das 8 horas até as 12 horas e, à tarde, das 13 horas até as 17 horas.

As atividades do Plenário ocorrerão através do Sistema de Deliberação Remota, instituído pela Resolução nº 6.719/ 2020, utilizando da plataforma digital Zoom ou equivalente, como medida excepcional destinada a viabilizar o funcionamento do Plenário durante a emergência de saúde pública.

Leia mais:  Vídeo em que torcedor narra gol de Salah para amigo cego emociona internet

Em dias de sessão, apenas será permitido o acesso ao Plenário de Deliberações, o presidente da Assembleia Legislativa, que será auxiliado pelos 1º e 2º secretários ou por parlamentares designados para tal incumbência e até mais um parlamentar a ser convocado, devendo todas as proposições serem remetidas ao e-mail [email protected]

A medida adotada pelo presidente Botelho está embasada no artigo 4º do Decreto Federal nº 10.282, de 20 de março de 2020, que regulamenta a Lei nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020, que define os serviços públicos e as atividades essenciais dos Poderes Legislativos.

De acordo com o documento, os servidores que não estiverem em afastamento médico, em gozo de férias ou licenças, devem desempenhar suas atividades funcionais designadas pela chefia imediata em regime de trabalho home office, devendo permanecer durante o horário de expediente acessíveis e disponíveis.

De acordo com a resolução, apenas dois servidores terão acesso a cada um dos 23 gabinetes. Já nos gabinetes da Presidência, da Secretaria de Serviços Legislativos, da Secretaria Parlamentar da Mesa Diretora, dos Núcleos de Comissões Permanentes e da Coordenadoria de Segurança Militar, será autorizado o ingresso de servidores em quantidade essencial para o efetivo desempenho das atividades.

O documento restringe ainda o acesso de servidores nas secretarias administrativas e na Procuradoria. Nesses setores, será permitida a entrada do secretário e do procurador, respectivamente, e de até dois servidores.

Leia mais:  Copa Santiago: Nacional e Alianza Lima ficam no empate

Na Superintendência de Contratos, Convênios e Correlatos e na de Licitação, será permitido o acesso dos superintendentes e de até três servidores. Na Gerência de Manutenção e Serviços Gerais, será permitido o acesso do gerente e de até quatro servidores.

Na Supervisão de Saúde e Qualidade de Vida, será permitido o acesso do supervisor e de até dois servidores. Na TV Assembleia, será facultado o acesso de até quatro servidores por turno. Já na Rádio FM 89,5 será permitida a entrada de até dois servidores por turno.

Outra determinação da resolução é de os secretários, responsáveis pelos referidos setores, remeterem à Coordenadoria Militar a relação nominal única dos servidores, indicando as atividades essenciais a serem executadas. O acesso será submetido à autorização formal da Secretaria de Administração de Patrimônio.

No período de pandemia, a resolução autoriza a realização de obras, reformas e manutenções necessárias nas dependências do Parlamento durante o período de pandemia da Covid-19. Cabe à Secretaria de Administração e Patrimônio adotar as medidas necessárias para evitar a propagação interna da Covid-19. A secretaria deve intensificar a limpeza e desinfecção de superfícies nas dependências da Assembleia Legislativa, especialmente banheiros, elevadores, corrimões e maçanetas. O setor deve também adotar medidas que visam renovar a circulação de ar e da abertura periódica das janelas em locais com uso de ar condicionado.

 

 

Por: HiperNoticias

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana