conecte-se conosco


Cidades

Educação inclusiva marca edição do Natal Ambiental

Publicado

Mais de 40 alunos do Centro Pedagógico de Ensino Especial (Cenper) participaram das atividades do “Natal Especial Ambiental 2018”, no Horto Florestal Tote Garcia, nesta terça-feira (4). O projeto, realizado pela Prefeitura de Cuiabá, é voltado especificamente para crianças e adolescentes Portadores de Necessidades Especiais (PNE) e tem o objetivo de inclui-los nas atividades de educação ambiental do município.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Juares Samaniego, a educação ambiental também deve ser pensada numa perspectiva inclusiva, fomentando ações inovadoras, inter e transdisciplinares, que promovam o desenvolvimento de práticas adequadas em diferentes contextos socioeducativos.

“A secretaria vem fazendo esse trabalho na gestão do Prefeito Emanuel Pinheiro com desejo de resgatar o título de Cidade Verde e nada mais justo que inserir essas pessoas nesta realidade, dando carinho a elas. Estamos fazendo essa divulgação de uma forma geral”, afirmou o secretário.

Os alunos com excepcionalidades participaram de atividades recreativas e culturais com a presença do Papai Noel, além de dinâmicas, teatro, apresentações de danças típicas, distribuição de presentes, pintura facial, palestra com instrutores do Juizado Volante Ambiental (Juvam), trilhas, plantio de mudas frutíferas para o viveiro do horto.

Leia mais:  Justiça autoriza saída de Michel Temer do Brasil

A reação dos alunos são as mais diversas. Para Karolaine Aparecida, o contato pela primeira vez com grandes árvores e a vegetação do Horto chamaram à atenção. “Muitas coisas me chamaram a atenção, o empalhamento dos animais, a preservação da natureza, o lugar aconchegante, inclusive os animais que avistei na trilha. Foi um experiência bem legal!”, disse.

Segundo a coordenadora da Cenper, Dalbene Caldas, a maior parte dos alunos nunca tiveram a oportunidade dessa vivência.“A alegria, o encantamento estavam estampados no rosto de cada um e é motivador para muitos deles que nunca tiveram essa vivência no Horto Florestal. Todos os nossos alunos tem deficiência intelectual e múltipla mas entendem muito bem as questões que envolvem a preservação ambiental, animal e todo sua amplitude.”

Durante a evento a equipe de Educação Ambiental da secretaria começou a distribuir os primeiros exemplares da Cartilha de Educação Ambiental do município. A Teoria Ação Verde também participou da ação com orientações durante o plantio das mudas frutíferas. Ao final das atividades foi distribuído um delicioso lanche.

Leia mais:  Município recupera áreas públicas invadidas
Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Mato Grosso registra 43 mortes em 24h; UTIs continuam lotadas

Publicado

Taxa de ocupação está em 97% para UTIs adulto e em 59% para enfermarias

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sábado (10.04), 328.805 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 8.530 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. Foram 43 mortes apenas nas últimas 24 horas.

Foram notificadas 1.356 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 328.805 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 12.804 estão em isolamento domiciliar e 305.369 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 518 internações em UTIs públicas e 513 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 97,92% para UTIs adulto e em 59% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (70.086), Rondonópolis (24.674), Várzea Grande (21.290), Sinop (16.565), Sorriso (12.044), Tangará da Serra (11.179), Lucas do Rio Verde (10.796), Primavera do Leste (9.553), Cáceres (7.114) e Alta Floresta (6.392).

Leia mais:  Justiça autoriza saída de Michel Temer do Brasil

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 293.671 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.515 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (09), o Governo Federal confirmou o total de 13.373.174 casos da Covid-19 no Brasil e 348.718 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 13.279.857 casos da Covid-19 no Brasil e 345.025 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (10).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Leia mais:  SUGESTÃO DE PAUTA – Comunidade dos Médicos recebe duas pontes de concreto

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana