conecte-se conosco


Cidades

Economia de Mato Grosso tem melhora e se aproxima do nível pré-crise

Publicado

Com a abertura do comércio da região metropolitana de Cuiabá, a economia de Mato Grosso registrou melhora na 10ª semana da crise por conta da pandemia do novo coronavírus. A queda registrada foi de 8% entre os dias 18 e 22 de maio. Mato Grosso comercializou por dia R$ 1,2 bilhão, antes da crise a média do volume registrado era de R$ 1,3 bilhão, conforme boletim semanal divulgado pela Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz).

 

A região Norte segue sendo a campeã na comeciacialização com média diária de R$ 350 milhões, Sul registrou R$ 259 milhões, a região metropolitana R$ 262 milhões, Noroeste comercializou por dia R$ 142 milhões, Leste R$ 114 milhões e a ão Oeste R$ 72 milhões.

 

Um destaque para a região metropolitana de Cuiabá que na semana do dia 11 a 15 de maio comercializou R$ 201 milhões e recuperou o volume de comercialização.

Cuiabá segue sendo o município com a maior queda no volume de comercialização, com menos 30,6% no volume de vendas. Rondonópolis registrou queda de 20,7% e Sorriso 19,4% menos venda.

Leia mais:  Moradores do Drº Fábio I passam a contar com primeiro espaço de lazer

 

A agropecuária continua tendo o maior volume de vendas do estado, com R$ 406 milhões, antes da crise o setor comercializava diariamente R$ 465 milhões.

 

Antes da crise a indústria vendia R$ 233 milhões diariamente, mas aumentou seu volume de vendas com a crise e passou a vender R$ 250 milhões.

 

Já o segmento de comércio e serviço vendia diariamente antes da crise R$ 600 milhões e na semana de 18 a 22 de maio comercializou R$ 643 milhões diariamente.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Institutos Federais lideram escolas públicas em MT nas notas do Enem

Publicado

por

Apesar de não estarem entre as 10 melhores escolas de Mato Grosso, os institutos federais, escolas custeadas pelo governo federal, se destacaram no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) entre as instituições públicas no estado. Das 10 melhores escolas públicas, apenas duas não são institutos federais, segundo os resultados divulgados pelo Ministério da Educação (MEC).

A primeira escola pública irá aparecer no ranking mato-grossense no 21º lugar. É o Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) de Lucas do Rio Verde (354 km ao norte da Capital), que teve média de 569,67 na prova objetiva e 645,67 na redação. Porém, na classificação nacional a instituição fica em 1.939º.

Em segundo entre as escolas pública fica o IFMT Cuiabá, campus Bela Vista, com nota 562,87 na prova objetiva e 706,07 na redação. Logo depois vem o IFMT Cuiabá campus Centro com 260,17 na prova objetiva e 708,92 na redação.

Também constam na lista das 10 melhores escolas públicas – segundo a nota do Enem 2019 – os IFMTs de Sinop, Guarantã do Norte, Rondonópolis, Sorriso e Tangará da Serra.

Leia mais:  Prefeitura informa sobre a nova etapa do Residencial Nico Baracat III

As duas escolas que não fazem parte da rede federal e entram no top 10 são as escolas estaduais militares de Juara e Sorriso. A Escola Estadual Militar Cabo Israel Wesley Prado de Almeida, em Juara, inscreveu menos de 30 alunos no Enem e teve nota 550,19 na prova objetiva e 658,57 na redação.

Já a Escola Estadual Cabo Antônio Dilceu da Silva Amaral inscreveu de entre 31 a 60 alunos e ficou em 40º no estado, com 543,88 na prova objetiva e 635,24 na redação.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana