conecte-se conosco


Polícia

Drogas sintéticas, arma e dinheiro são apreendidos com dupla que traficava próximo a escola em Confresa

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Cento e oitenta compridos de drogas sintéticas, diversas porções de cocaína, dinheiro e uma arma foram apreendidas pela Polícia Civil nesta quarta-feira (14), em Confresa, na região nordeste do estado, com dois suspeitos de traficar entorpecentes na cidade, inclusive perto de uma unidade escolar.

A equipe de investigação da Delegacia de Confresa estava em monitoramento para apurar informações sobre a distribuição de drogas na cidade, feita por um rapaz de 22 anos.

Os policiais conseguiram abordar o veículo conduzido pelo suspeito, na BR-158, e com ele estava um adolescente de 15 anos. Ambos ficaram bastante nervosos na presença da equipe e o suspeito disse que não tinha habilitação e o carro seria de um amigo, de quem emprestou para fazer a entrega dos entorpecentes. Diante da abordagem, ele acabou indicando que em sua residência havia mais drogas, além da já encontrada no veículo, e dinheiro.

Após autorizar a entrada dos investigadores na casa, foram localizadas porções em diversos lugares da residência, entre elas 36 embalagens com cocaína e 180 adesivos de LSD. Uma pistola calibre 380, carregador, munições, máquina de cartão, balança digital e aparelhos celulares também foram apreendidos. O dinheiro apreendido totalizou R$ 1 mil.

Leia mais:  Polícia Civil prende mais um alvo da Operação Hydrus

Diante de todo o material encontrado, os dois foram detidos e encaminhados à Delegacia da Polícia Civil. A mãe do adolescente foi comunicada da apreensão.

O adulto foi autuado em flagrante pelos crimes de tráfico e associação ao tráfico de drogas, posse irregular de arma de fogo e corrupção de menor de idade. O adolescente de 15 anos foi apreendido e responderá pelos crimes análogos a tráfico e associação para o tráfico de drogas.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Roubo de carga de carne de frigorífico é esclarecido e Polícia Civil cumpre mandados contra grupo investigado

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

A Polícia Civil, por meio da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), cumpriu nesta segunda-feira (06.12) mandados judiciais contra quatro suspeitos envolvidos no roubo de um caminhão com uma carga de carne, de um frigorífico em Várzea Grande. Foram cumpridas duas prisões e quatro buscas e apreensão.

Conforme a investigação da GCCO, no dia 15 de setembro, quatro criminosos abordaram o motorista do caminhão e seu ajudante, no início da manhã, na estrada da Guarita, no bairro 23 de Setembro. Armados, os criminosos anunciaram o roubo e levaram consigo o caminhão com câmara fria, pertencente a um frigorífico, que estava carregado com mais de 3 toneladas de carne.

Como apoio da ação criminosa, os suspeitos utilizaram uma S10, de cor prata, modelo antigo. A vítima prestou declarações da GCCO, onde reconheceu três autores do crime, um deles menor de idade.

Na apuração para esclarecer o crime, a GCOO coletou depoimentos das vítimas e uma delas reconheceu três criminosos, um deles, um adolescente que estava armado e foi quem retirou uma das vítimas do caminhão.

Leia mais:  Trio envolvido em homicídio em Araguainha é preso logo após o crime

Um dos presos, E.R.S.J. era quem comandava toda a ação, dava ordens para o restante do grupo e amarrou as vítimas. Ele foi localizado e preso nesta segunda-feira, no centro de Várzea Grande. Outro investigado foi preso em um posto de combustível no Jardim Industriário, em Cuiabá.

Diante das provas reunidas no inquérito, o delegado Gustavo Belão representou pelas prisões preventivas dos suspeitos, bem como por buscas e apreensões nos endereços dos alvos, além de medidas cautelares cumpridas nesta segunda-feira.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana