conecte-se conosco


Política

Dr. Xavier e secretário anunciam construção de Complexo Esportivo no Jardim Cuiabá

Publicado

Em reunião realizada ontem (4) à noite no Jardim Cuiabá, na residência do esportista e líder comunitário Celso Bombeiro, o secretário José Roberto Stopa reafirmou o compromisso da Secretaria de Serviços Urbanos da capital de entregar as obras do Complexo Esportivo daquela comunidade em abril/2019, reivindicação do vereador Dr. Xavier. A inauguração do complexo faz parte da agenda comemorativa dos 300 Anos de Cuiabá. Segundo Stopa, integra o rol de obras prioritárias do prefeito Emanuel Pinheiro.&nbsp
“Já mostrei o cronograma de obras para o vereador Dr. Xavier, e está tudo dentro do previsto. Assim, no máximo até o dia 30.04, estaremos descerrando a placa de inauguração deste complexo, a ser usufruído por toda essa comunidade e bairros adjacentes”, pontuou.
O Complexo Esportivo será erguido num terreno a 200 metros da Arena Pantanal, e contará com campo de futebol gramado e espaço de entretenimento para crianças e adultos (pista de caminhada), além de barracas de gastronomia devidamente licenciadas. Os trabalhos de edificação desta obra já começam em janeiro, também anunciou o secretário.
Para o vereador Dr. Xavier, “trata-se de mais uma vitória nossa e de toda a comunidade do Jardim Cuiabá iniciativa batalhada dia a dia junto à gestão pública, inclusive em reuniões seguidas com o prefeito Emanuel Pinheiro, que finalmente entendeu a importância de tocar esse projeto esportivo”.
Anteriormente, relembra Dr. Xavier, o prefeito pretendia sediar no local apenas uma praça, “mas conseguimos convencê-lo a modificar o projeto inicial para um mais abrangente, dotado de estrutura esportiva e lazer. Somos gratos por isso”.
Na oportunidade, o vereador também agradeceu o interesse do secretário José Roberto Stopa pelo incentivo/apoio em relação ao projeto do Complexo Esportivo e, também, por ter atendido o convite para vir pessoalmente anunciar essa boa notícia aos esportistas do Jardim Cuiabá e à comunidade, em geral.
“O vereador é uma figura sempre cobrada pelos comunitários, e é correto isso. Então, pedimos ao secretário Stopa para esclarecer quando e como o Complexo Esportivo do Jardim Cuiabá será entregue, e ele nos atendeu mais uma vez. Há dias, o diretor de Obras da Secretaria Municipal de Saúde, Wellinton Simões, esteve no PSF do Jardim Independência, também a pedido nosso, para explicar o porquê da paralisação da reforma ali empreendida, ora já retomada. O PSF deve ser concluído até 30 de dezembro próximo, garantiu o diretor”.
João Carlos de Queiroz – Secretaria de Comunicação Social – CMC

Leia mais:  CCJ do Senado aprova texto-base da reforma da Previdência

Imprimir Voltar Compartilhar:  

Comentários Facebook
publicidade

Política

Governo autoriza vacinar professores após forças de segurança

Publicado

O governador Mauro Mendes (DEM) autorizou a reserva de 10% das vacinas contra a covid-19 que o Estado receber para a imunização dos profissionais da educação das redes públicas e privadas. A informação é do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho. Segundo Carvalho, a decisão ocorreu na manhã desta segunda-feira (12) durante reunião com os secretários de Saúde, Gilberto Figueiredo (Saúde), e da Educação, Alan Porto.

“Estamos fazendo um ofício para a Secretaria de Saúde, solicitando que após a vacinação dos profissionais das forças de segurança, que também sejam imunizados os profissionais da educação”, disse durante entrevista ao programa Tribuna da rádio Vila Real FM.

A decisão tem por base a pressão por parte dos deputados estaduais e do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep). Isso porque na semana passada, os deputados aprovaram em 1ª votação a educação como serviço essencial na pandemia. Caso seja aprovada em 2ª votação, as aulas presenciais poderão retornar.

Com isso, muitos deputados cobraram que os professores entrassem na lista de prioridades para a vacinação no Estado, já que o retorno das aulas está em votação.  O projeto de retorno às aulas garante que a rede privada pode voltar com as aulas presenciais. Já  na rede pública poderia ocorrer de maneira virtual, até que se criem as condições para o retorno presencial.

Leia mais:  Câmara de Cuiabá busca referências na CGE para aprimorar o controle interno

O Sintep chegou ameaça greve em fevereiro, caso o governo determinasse o retorno das aulas presenciais. Atualmente as aulas continuam remotas e o governador Mauro Mendes (DEM) aprovou na Assembleia um projeto para a compra de notebooks e o auxílio internet para mais de 15 mil professores da rede pública estadual.

O valor depositado aos professores é de até R$ 6.020. Os profissionais terão que comprovar a compra dos computadores e a assinatura da internet.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana