conecte-se conosco


Entretenimento

Dez melhores séries e programas do GNT que estão abaixo do radar do público

Publicado

O canal GNT tem um enorme catálogo de séries e programas
que não são muito bem conhecidos pelo público e podem ser uma boa pedida para começar a assistir ainda neste ano na plataforma online do canal, o GNT Play.

Leia também: Nova série do GNT, “Desnude” desbrava os desejos sexuais femininos


Melhores séries e programas do canal GNT abaixo do radar
Reprodução/GNT

Melhores séries e programas do canal GNT abaixo do radar


O GNT
sempre foi um canal feminino, mas vem expandindo os temas de seus programas e séries para atingir outro público. Confira aqui as dez melhores séries e programas da GNT abaixo do radar
.

“Questão de Família”


Melhores séries e programas do canal GNT abaixo do radar
Reprodução/GNT

Melhores séries e programas do canal GNT abaixo do radar


“Questão de Família” é uma série que aborda a vida do um juiz Pedro Fernandes (Eduardo Covis) em sua rotina de trabalho com as questões pessoais com seus familiares do passado. Pedro sempre está buscando a verdade por trás dos fatos e às vezes passa os limites da razão. No meio desses problemas, seu caminho se cruza com Laura ( Priscila Steinman), uma atraente advogada com uma personalidade peculiar.

A série brasileira conta também em seu elenco com atores como: Malu Galli, Georgiana Góes, Pablo Sanábio, Luíza Mariani, Pedro Brício, entre outros. A produção é dirigida pelo cineasta Sérgio Rezende e foi criada por Rodrigo Pages. “Questão de Família” estreou em 2014 e já tem três temporadas no canal GNT.

“3 Teresas”


Melhores séries e programas do canal GNT abaixo do radar
Reprodução/GNT

Melhores séries e programas do canal GNT abaixo do radar


A série brasileira “3 Teresas” conta a trama de três gerações de mulheres de uma mesma família que apoiam e enlouquecem uma às outras com opiniões e visões bem diferentes. A produção é repleta de humor, sentimentos fortes e grandes conflitos entre essas mulheres que possuem o mesmo nome. “3 Teresas” é estrelado por Denise Fraga, Cláudia Mello e Manoela Aliperti e dirigido por Cláudia Alves  e Luiz Villaça. A produção tem duas temporadas disponíveis no site do canal.

Leia mais:  Nasceu! Sabrina Sato dá à luz a sua primeira filha

“Perto no Fogo”


Melhores séries e programas do canal GNT abaixo do radar
Reprodução/GNT

Melhores séries e programas do canal GNT abaixo do radar


“Perto no Fogo” é um programa de gastronomia comandado por Felipe Bronze. O Chef ensina a fazer muitas receitas usando de várias formas uma churrasqueira. Direto na brasa, Bronze preprara muitos pratos sostificados que todos podem fazer. Cada episódio de  “Perto no Fogo” tem um tema diferente e é inspirado em outras culinárias deixando o telespectador com água na boca. Felipe Bronze traz a inovação para muitos pratos brasileiros ao cozinhá-los no carvão incandescente.

Nesta temporada, o programa está focado em churrasco e cerveja, onde Felipe Bronze chama convidados experientes no tema para cozinhar e degustar uma bebida que combine com o prato. O  “Perto no Fogo” tem três temporadas.

“Rainha da Cocada”


Melhores séries e programas do canal GNT abaixo do radar
Reprodução/GNT

Melhores séries e programas do canal GNT abaixo do radar


No “Rainha da Cocada”, a apresentadora Raiza leva aos telespectadores as doçuras da confeitaria ensinando as técnicas de uma forma descomplicada com receitas originais. Em um formato inovador para a televisão, o programa ensina as receitas com muito humor diferente de muitos programas de culinária. Na nova temporada da “Rainha da Cocada”, Raiza leva o público para conhecer lugares incríveis de Nova York.

“Santa Ajuda”


Melhores séries e programas do canal GNT abaixo do radar
Reprodução/GNT

Melhores séries e programas do canal GNT abaixo do radar


O canal da GNT possui muitos programas que dão várias dicas sobre casa, alimentação e de vestuário para seus telespectadores. O “Santa Ajuda” dá dicas de organização bem práticas para resolver problemas de uma forma simples. O programa é apresentado pela personal organizer Micaela Góes. Na nova temporada, o “Santa Ajuda” tem uma grande ajuda de sua avó, a Dona Risoleta.

Leia também:Giovanna Ewbank leva trabalho de youtuber para o GNT com o “Superbonita”

“Socorro!Meu Filho Come Mal”


Melhores séries e programas do canal GNT abaixo do radar
Reprodução/GNT

Melhores séries e programas do canal GNT abaixo do radar


Muitos pais sofrem com a dificuldades de seus filhos comerem bem no dia a dia e o programa vem com o intuito de acabar com esses problemas. Apresentado pela nutricionista Gabriela Kapim, que tem experiência com crianças há mais de 13 anos, o programa quer ajudar a reverter hábitos ruins que muitas crianças apresentam no crescimento.  Kapim sempre recebe um grupo de crianças que levam seus pais a loucura na hora de comer e ensina técnicas de como incluir bons alimentos na alimentação dos pequenos.

Leia mais:  Discreta, Isabelle Drummond coleciona protagonismo na tela da Globo

“Lúcia McCartney”


Melhores séries e programas do canal GNT abaixo do radar
Reprodução/GNT

Melhores séries e programas do canal GNT abaixo do radar


“Lúcia McCartney” é uma minissérie produzida pela GNT que foi exibida entre 2016 e 2017. O longa conta a história de  uma jovem de 18 anos chamada Lúcia (Antônia Morais) que gosta de curtir a vida e é uma garota de programa. Enquanto ela tem uma paixão pelos Beatles, escrever cartas para Paul McCartney, e sua rotina de clientes, ela se apaixona por José Roberto (Eduardo Moscovis), um misterioso sócio de uma gravadora.

A minissérie também tem no elenco as atrizes Mariana Lima, Mariah Rocha, Guilherme Weber, Alessandra Negrini e entre outros. “Lúcia McCartney” é escrita por José Henrique Fonseca e Gustavo Bragança e dirigida pelo primeiro.


“Diário de uma Vegana“


Melhores séries e programas do canal GNT abaixo do radar
Reprodução/GNT

Melhores séries e programas do canal GNT abaixo do radar

“Diário de uma Vegana” é apresentado pela vegana Alana Rox. Ela desmistifica o estilo de vida do vegano com receitas funcionais de refeições e de cosméticos caseiros, baratos e práticos para usar no dia a dia. Rox prova que podemos viver sem derivados de animais com saúde e sem radicalismo. O programa já tem duas temporadas.

“Casa Brasileira”


Melhores séries e programas do canal GNT abaixo do radar
Reprodução/GNT

Melhores séries e programas do canal GNT abaixo do radar


Para você que gosta de conhecer arquiteturas diferentes pelo Brasil, a “Casa Brasileira” é o programa ideal. A produção é uma série documental sobre a forma do brasileiro de morar na visão de arquitetos e designers. Nos episódios, os profissionais falam de seus projetos e suas influências. Clientes famosos e personagens que admiram a arquitetura contam sua relação com a decoração. “Casa Brasileira” mostra diferentes arquiteturas de hotéis, fazendas, parques de todo país. A série tem direção de Alberto Renault e roteiro de Baba Vacaro.


“Pedro Pelo Mundo”


Melhores séries e programas do canal GNT abaixo do radar,
Reprodução/GNT

Melhores séries e programas do canal GNT abaixo do radar,


“Pedro Pelo Mundo” mostra viagens pelo mundo com muita cultura internacional, curiosidades e gastronomia dos países. A série do GNT
é apresentada por Pedro Andrade, um jornalista que vive nos Estados Unidos. Na produção, o apresentador viaja pelo mundo para mostrar a cultura e vida social dos moradores dos diferentes países.

Leia também:Júlia Rabello e Thaynara OG estrelam primeira série exclusiva para o IGTV

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

A Voz do Brasil faz 85 anos

Publicado

O programa de rádio A Voz do Brasil completa 85 anos nesta quarta-feira (22). Idade avançada para pessoas e para instituições no Brasil. Uma frase atribuída a Leonardo da Vinci, que morreu idoso para o seu tempo (aos 67 anos), sentencia que “a vida bem preenchida torna-se longa”.

Em oito décadas e meia, A Voz do Brasil preencheu a vida dos ouvintes com notícias sobre 23 presidentes, em mandatos longínquos ou breves. Cobriu 12 eleições presidenciais, e manteve-se no ar durante a vigência de cinco constituições (1934, 1937, 1946, 1967 e 1988).

programa cobriu a deposição dos presidentes Getúlio Vargas (1945) e João Goulart (1964), o suicídio de Vargas (1954), a redemocratização do país em dois momentos (1946 e 1985), o impeachment e renúncia de Fernando Collor (1992) e o impeachment de Dilma Rousseff (2016).

Além de notícias dos palácios do governo federal, A Voz do Brasil levou aos ouvintes informações sobre a Segunda Guerra Mundial (1939-1945). O programa narrou as conquistas do país em cinco Copas do Mundo e a derrota em duas – a mais traumática em 1950. A Voz registrou a inauguração de Brasília (1960) e cobriu a morte de ídolos como Carmen Miranda (1955) e Ayrton Senna (1994).

Pelo rádio, e pela A Voz do Brasil, muitos brasileiros souberam da invenção da pílula anticoncepcional (1960), da descida do homem na Lua (1969), dos primeiros passos da telefonia móvel (1973), da queda do Muro de Berlim (1989) e da clonagem da ovelha Dolly (1998).

Leia mais:  Ingrid Guimarães reverencia e destaca a importância das mulheres no humor

Vida longa

A longevidade do programa A Voz do Brasil é assunto de interesse de historiadores e pesquisadores da mídia de massa no país. “É curioso como um programa de rádio se torna uma constância em um país de inconstância institucional, jurídica e legislativa”, observa Luiz Artur Ferrareto, autor de dois dos principais livros de radiojornalismo editados no Brasil.

Para Sonia Virginia Moreira, professora do Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, a longa duração do programa “tem muito a ver com a própria longevidade do rádio como meio de comunicação. A morte do rádio foi anunciada várias vezes e ele segue como um veículo muito importante no Brasil.”

“Nenhum governo abriu mão dessa ferramenta fantástica. A longevidade vem da percepção que os diferentes governos tiveram que manter essa ferramenta era algo que trazia uma vantagem enorme para o governo do ponto de vista das suas estratégias e para seus objetivos”, acrescenta Henrique Moreira, professor de jornalismo e especialista em história da mídia no Brasil.

Curiosidades sobre A Voz do Brasil 

 A Voz Brasil nem sempre teve como trilha sonora de abertura trecho da ópera O Guarani (1870), de Carlos Gomes. O Hino da Independência (1822), composto por Dom Pedro I, e Aquarela do Brasil (1939), de Ary Barroso, também serviram para marcar o início do programa.

Inauguração da transmissão do programa A Voz do Brasil, Brasília, DF.
Inauguração da transmissão do programa A Voz do Brasil, Brasília, DF. – Arquivo Nacional

A longevidade do programa A Voz do Brasil é assunto de interesse de historiadores e pesquisadores da mídia de massa no país. “É curioso como um programa de rádio se torna uma constância em um país de inconstância institucional, jurídica e legislativa”, observa Luiz Artur Ferrareto, autor de dois dos principais livros de radiojornalismo editados no Brasil.

Leia mais:  Em “Bom Sucesso”, Alberto se entristece com romance entre Paloma e Ramon

Para Sonia Virginia Moreira, professora do Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, a longa duração do programa “tem muito a ver com a própria longevidade do rádio como meio de comunicação. A morte do rádio foi anunciada várias vezes e ele segue como um veículo muito importante no Brasil.”

“Nenhum governo abriu mão dessa ferramenta fantástica. A longevidade vem da percepção que os diferentes governos tiveram que manter essa ferramenta era algo que trazia uma vantagem enorme para o governo do ponto de vista das suas estratégias e para seus objetivos”, acrescenta Henrique Moreira, professor de jornalismo e especialista em história da mídia no Brasil.

Curiosidades sobre A Voz do Brasil 

 A Voz Brasil nem sempre teve como trilha sonora de abertura trecho da ópera O Guarani (1870), de Carlos Gomes. O Hino da Independência (1822), composto por Dom Pedro I, e Aquarela do Brasil (1939), de Ary Barroso, também serviram para marcar o início do programa.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana