conecte-se conosco


Mato Grosso

Desafios e avanços da Seduc são destacados em encontro nacional

Publicado

A secretária de Estado de Educação, Marioneide Klimaschewsk, participou, nesta quarta-feira (04.12) em São Paulo, da quarta e última reunião ordinária de 2019 do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed). Assim como os demais secretários de Educação dos Estados do país, Marioneide Klimaschewsk falou dos avanços e dos desafios à frente da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) ao longo de 2019.

Conforme destacou a secretária, o maior desafio da Seduc em 2019 foi equilibrar as contas, buscando a liquidez e a capacidade de se fazer gestão e investimentos. “Outro grande desafio e a reformulação da política educacional com foco na melhoria dos resultados de aprendizagem e, consequentemente, na qualidade da educação”, ressaltou.

A implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), incluindo a construção dos currículos, e a expansão das redes de Educação em Tempo Integral figuraram entre as ações mais citadas pela maioria dos gestores presentes no encontro. Esteve em discussão também, a reestruturação do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), uma das pautas mais discutida no decorrer de 2019.

O Consed, do qual a secretária Marioneide Kliemaschewsk é vice-presidente, tem feito um trabalho junto ao Congresso Nacional e ao Fórum de Governadores para aprovar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Novo Fundeb e garantir a permanência do fundo entre as fontes de recursos da Educação Básica.

Durante o encontro, Marioneide Kliemaschewsk fez ainda uma devolutiva dos trabalhos da Frente de Formação de Gestores do Consed, que ela coordena ao lado da secretária Adriana Aguiar, de Tocantins. Ela citou que, em parceria com o Ministério da Educação (MEC) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), a frente está construindo uma plataforma nacional de formação para os diretores.

O secretário de Educação Básica do MEC, Janio Macedo, e o secretário de Educação Tecnológica, Ariosto Antunes, participaram do encontro, momento em que foram discutidos os próximos passos do ProBNCC e da implementação do Novo Ensino Médio, bem como a regulamentação dos itinerários por parte dos Conselhos de Educação.

Nesta quinta-feira (05), a secretária participou de uma oficina com o Instituto Ayrton Senna, quando foram discutidas temáticas como a transição demográfica interferindo nas matrículas da rede estadual de ensino, dimensionamento de turmas, escolas e a promoção de uma educação de qualidade.

 

Leia mais:  Comunidade escolar se reúne para apresentar pesquisa de mestrado sobre a cadeia produtiva da castanha

 

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Mato Grosso acumula mais de 50 mil infectados pela Covid-19; óbitos somam 1.794

Publicado

Mato Grosso encerrou a tarde desta quinta-feira (30) com 50.538 casos confirmados de Covid-19. Os óbitos já se aproximam de 1.800, sendo registradas, ao todo, 1.794 mortes em decorrência do coronavírus no Estado.

Nas UTIs adulto, a taxa de ocupação é de 86,34%. De acordo com as informações da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) os 42 óbitos registrados nas últimas 24 horas aconteceram nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Barão de Melgaço, Barra do Garças, Gaucha do Norte, General Carneiro, Poconé, Porto Espiridião, Ribeirão Cascalheira, Santo Antonio do Leverger, São José dos Quatro Marcos, Barra do Bugres, Ipiranga do Norte, Nova Mutum, Pontes e Lacerda, Primavera do Leste, Rondonópolis, Sinop e Sorriso.

Foram registradas cerca de 1.684 novas confirmações de coronavírus no Estado. Dos 50.538 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 18.284 estão em monitoramento e 30.460 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 301 internações em UTIs públicas e 316 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 86,34% para UTIs adulto e em 35,75% para enfermarias adulto.

Leia mais:  Curso superior de Tecnologia em Teatro está com inscrições abertas

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (11.214), Várzea Grande (4.055) , Rondonópolis (3.208), Lucas do Rio Verde (2.812), Tangará da erra (2.077), Sorriso (1.930), Sinop (1.892), Primavera do Leste (1.755), Nova Mutum (1.417) e Pontes e Lacerda (933).

O documento ainda aponta que um total de 46.722 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam cerca 3.237 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios.

Cenário nacional

Na última quarta-feira (29), o Governo Federal confirmou 2.483.191 casos da Covid-19 no Brasil e 88.539 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 87.618 óbitos e 2.442.375 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não informou os dados desta quinta-feira (30).

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana