conecte-se conosco


Polícia

Delegados, escrivães e investigadores são homenageados com título de cidadão ponteslacerdense

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Sete policiais civis, sendo três delegados, dois escrivães e dois investigadores, foram homenageados, na quarta-feira (18.12), com o título de cidadão Ponteslacerdense, pelos relevantes serviços prestados a população na área de Segurança Pública, em Pontes e Lacerda (448 km a Oeste de Cuiabá). A entrada da honraria aconteceu durante sessão solene na Câmara Municpal de Pontes e Lacerda.

Entre os policiais agraciados com o título estão, os delegados, José Emílio Gadioli (aposentado), Gilson Silveira do Carmo (Delegacia de Comodoro) e Rafael Mendes Scatolon (Defaz), os escrivães, Clayton Farias de Brito (Delegacia Regional de Pontes e Lacerda), José Pereira da Silva (Delegacia Municipal de Pontes e Lacerda) e os investigadores, José Martins de Oliveira (aposentado) e Gildo Marques de Arrudas (Delegacia Municipal de Pontes e Lacerda).

“Para o presidente do legislativo municipal, Maxsuel Freitas Guimarães, a homenagem é o reconhecimento da Câmara Municipal de Pontes e Lacerda pelo trabalho desempenhado pelos profissionais de segurança e a dedicação na prestação do serviço junto a sociedade, em prol da defesa das leis e no combate a marginalidade, demonstrando coragem capacidade, eficiência na preservação da segurança da sociedade local.

Leia mais:  Santa Casa sedia lançamento da campanha Outubro Rosa em MT

Além das ações, que a equipe de policiais civis da Delegacia Regional e Municipal de Pontes e Lacerda realizam no combate a criminalidade, a concessão do título de Cidadão ponteslacerdense está relacionada a várias ações realizadas junto a população como palestras e programas sociais que atingiram a população mais carente e os alunos da rede municipal e estadual entre crianças, jovens, adultos e idosos na região que compreende a Regional de Pontes e Lacerda.

Para o promotor de justiça Frederico Cesar Batista Ribeiro que falou em nome dos homenageados da noite, esse momento é muito especial, pois é o reconhecimento do poder legislativo municipal às pessoas que de forma positiva contribuíram para melhorar a prestação do serviço junto à sociedade.

O delegado, Gilson Silveira do Carmo, agradeceu as autoridades presentes e afirmou que o bom trabalho realizado pela Polícia Civil de Pontes e Lacerda, só é possível graças ao desempenho e vontade de toda a equipe. “São policiais que buscam atender a população da melhor forma possível, tentado resolver os problemas apresentados pela população de maneira ágil e solidária àquela vítima”, disse o delegado.

Leia mais:  Motoristas embriagados são presos na primeira noite de carnaval em Juína

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

PRF apreende 37.000 kg de adubo ilegal em Rondonópolis/MT

Publicado

Fiscais do MAPA colaboraram com a ocorrência

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), com apoio de uma equipe do Ministério da Agricultura Planejamento e Abastecimento (MAPA), apreendeu uma carga de adubo sendo comercializada ilegalmente, em Rondonópolis.

Na manhã desta quinta-feira (17), a equipe PRF abordou o caminhão Scania/G 420 A4X2, de cor vermelha e placas de Rondonópolis, ao qual estavam acoplados dois semirreboques. O veículo foi abordado após o condutor, de 38 anos, efetuar um retorno proibido, no Km 208, da BR-364.

O condutor apresentou a documentação da carga, que segundo a Nota Fiscal, seria de varredura de adubo. Ao verificar a carga, os PRFs desconfiaram que a carga transportada não seria a descrita na documentação fiscal. A carga nos semirreboques estava acondicionada em bags e aparentemente não estava contaminada. Varredura de adubo apresenta contaminação por diversas substâncias e geralmente é transportada a granel.

O veículo foi conduzido até a Unidade Operacional da PRF, onde se encontravam os fiscais do MAPA que recolheram uma amostra do produto para análise. Através de consulta aos sistemas, foi constatado que a empresa que estava vendendo a mercadoria não possui registro de estabelecimento produtor, portanto não pode comercializar esse tipo de produto.

Leia mais:  PRF recupera caminhonete momentos após assalto com reféns

Diante das circunstâncias, a ocorrência foi encaminhada para Polícia Civil, em Rondonópolis.

SECOM PRF MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana