conecte-se conosco


Mato Grosso

Decreto cria novos Brasões e Estandarte do Corpo de Bombeiros Militar

Publicado

Nesta quinta-feira (13/02), foi publicado no Diário Oficial o Decreto que cria o Brasão Histórico, o Brasão d’Armas e o Estandarte do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT). De acordo com o Decreto “Brasões e o Estandarte são aqueles que “mais enfaticamente representam a identidade visual de uma Corporação Militar, pela sua própria natureza e conteúdo cívico histórico, preservando as tradições institucionais”.

O Brasão d’Armas anteriormente usado pela corporação foi estabelecido pro decreto em abril de 1997, quase três anos após sua emancipação em 1994, por meio de uma Lei Complementar. Ele será utilizado nos uniformes militares, viaturas, bandeiras e quartéis.

Os brasões possuem uma simbologia heráldica que narra a história do CBM no Brasil e em Mato Grosso. O esmalte vermelho significa a fortaleza, desprendimento, magnanimidade, fidelidade, generosidade, audácia, honra e vitória, já o verde significa esperança, constância, respeito, força, intrepidez, cortesia, solicitude, cuidado, amizade, fé e bons serviços prestados e o preto significa prudência, astúcia, discrição, honestidade e rigor. O metal ouro significa luz, poder, nobreza, excelência, sabedoria e autoridade e o prata significa pureza, integridade, obediência e firmeza.

Leia mais:  Policiais do motopatrulhamento tático participam de curso operacional

A simbologia heráldica do brasão d’Armas apresenta o tradicional escudo português com sua ponta arredondada, pela direta ligação histórica entre Portugal e Brasil, o elmo de ouro assentado sobre o topo do escudo com sua viseira aberta e forrado de vermelho, denotando a ligação de nobreza com o patrono dos Corpos de Bombeiros do Brasil, o Imperador Dom Pedro II. Também faz parte do brasão o timbre e o listel. O escudo possui cinco cargas móveis representadas pela Esfera Armilar, o Obelisco e Marco do Centro Geodésico da América do Sul, o leão que simboliza a força, a coragem e a nobreza dos bombeiros militares, a Constelação de Cão Maior e o Escudete.

Um outro Decreto publicado na mesma data institui também a Ordem do Mérito Bombeiro Militar do Estado de Mato Grosso “Imperador Dom Pedro II”, e dá outras providências.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

AL aprova calamidade e segura empréstimo de R$ 550 milhões

Publicado

por

A Assembleia Legislativa realizou nesta sexta-feira (27) a primeira sessão remota do parlamento mato-grossense. Os deputados participaram da sessão por meio de videoconferência e tratou da mensagem que libera o governo do Estado a contrair R$ 550 milhões em empréstimo para construção de pontes.

 

Para concluir a votação do decreto de calamidade, os deputados tiveram que fazer uma segunda sessão extraordinária.

 

O pedido de empréstimo ocorre em meio à pandemia do coronavírus. O assunto também foi tratado pelos deputados estaduais.

A maioria dos deputados pediu maior intervenção do governo na economia e os parlamentares lembraram ainda na necessidade do Estado usar a Desenvolve MT para fornecer microcrédito aos pequenos comerciantes.

 

O decreto de calamidade do governador Mauro Mendes (DEM) foi aprovado em primeira e segunda votação. Para isso, os deputados realizaram uma sessão extraordinária.

 

Pedido de vista

Já o pedido de empréstimo para construção de pontes o deputado de oposição Lúdio Cabral (PT) pediu vista da matéria e deverá entregar o texto em 24 horas.

Leia mais:  Projetos de crédito da Empaer viabilizam R$ 54,6 milhões para agricultores de 132 municípios

 

Janaina Riva (MDB) pediu questão de ordem para dizer que é preciso atender aos prazos para que Mato Grosso não perca os R$ 550 milhões.

 

Para votar o texto o presidente da Casa, Eduardo Botelho (DEM), convocou um sessão extraordinária para 30 de março (segunda), às 10h30.

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana