conecte-se conosco


Entretenimento

De Christian Grey à fotógrafo de guerra: o novo papel de Jamie Dornan no cinema

Publicado

Para quem está acostumado a ver Jamie Dornan na pele do sedutor Christian Grey
na franquia “Cinquenta Tons de Cinza”, o mais novo papel do ator irlandês no cinema virá como uma supresa. Adotando um ar muito mais sério, o galã interpreta o fotógrafo de guerra Paul Conroy no filme “A Private War”
, que conta a história verídica da jornalista Marie Colvin (Rosamund Pike), repórter norte-americana premiada e conhecida por cobrir zonas de conflito, morta em 2012 durante um bombardeio em Homs, na Síria.

Leia também: Sequência de “50 Tons de Cinza” traz mais do mesmo para haters e fãs


Jamie Dornan
Divulgação

Jamie Dornan

“Esse filme realmente causou um impacto grande em minha vida, principalmente em relação ao jornalismo real. Pessoas que realmente arriscam suas vidas para contar a verdade e as situações de lugares destruídos pela guerra”, disse Jamie Dornan
em entrevista ao portal iG
durante a 62ª edição do Festival de Cinema de Londres.

Leia também: “Robin Hood – A Origem” revisita lenda e ganha pontos por ostentar bom elenco

Segundo o ator, o longa-metragem vai abrir os olhos do público para questões que, muitas vezes, deixamos passar batido. “Fazer esse trabalho abriu muito meus olhos para essas partes do mundo que, geralmente, esquecemos muito facilmente. Às vezes é necessário a imagem de uma criança sendo encontrada morta na praia ou algo mais para abrir nossos olhos para um pouquinho do que essas pessoas, de fato, estão passando, todas as mortes de civis nessas guerras. E qualquer coisa que puder ajudar a lançar alguma luz sobre isso é algo bom”.

Leia mais:  Jornalista, da GloboNews, é flagrado em conversa com diretor da CNN Brasil

Paul Conroy e Jamie Dornan durante a estreia de “A Private War” no Festival de Cinema de Londres
Divulgação

Paul Conroy e Jamie Dornan durante a estreia de “A Private War” no Festival de Cinema de Londres

Na ocasião, Dorman, de 36 anos, também comentou a mudança radical de personagem, após ficar marcado para sempre no imaginário das mulheres por dar vida ao empresário bonitão Christian Grey. “Às vezes você faz filmes que são estritamente para entreter o público e, outras vezes, você faz algo que tem um pouco mais por trás disso e acho que ‘A Private War’ é um desses. No final do filme, há uma menção ao fato de que mais de meio milhão de civis foram mortos na Síria desde 2012. É chocante! Pouco ou quase nada tem sido feito sobre isso. É apenas uma atrocidade”, finalizou.

Papel convincente


Rosamund Pike e Jamie Dornan promovem “A Private War” durante o Festival de Cinema de Londres
Divulgação

Rosamund Pike e Jamie Dornan promovem “A Private War” durante o Festival de Cinema de Londres

E apesar do desafio de interpretar um personagem da vida real, o astro deu conta do recado e conseguiu capturar a essência do relacionamento entre Paul Conroy e Marie Colvin.

Leia mais:  Haja coração! Bailarinas do Faustão dão show de beleza nas Bahamas

Paul, de 54 anos, trabalhou como o fotógrafo de set do filme e elogiou a atuação do galã.


Jamie Dornan interpreta o fotógrafo Paul Conroy no filme “A Private War”
Divulgação

Jamie Dornan interpreta o fotógrafo Paul Conroy no filme “A Private War”

“Estava com eles na Jordânia durante as gravações. Jamie e Rosamund realmente capturaram minha relação com Marie. Especialmente com Jamie, foi um pouco estranho, porque ele era eu e eu era ele (risos). Fomos para o bar, tomamos algumas cervejas e, quando finalmente conseguimos conhecer um ao outro, ele estava apenas perguntando sobre as cenas que ele gravou, como elas pareciam, as emoções. Acho que essa proximidade realmente os ajudou”, disse Paul em entrevista ao iG
.

Embora tenha enfrentado perigos durante as guerras que já cobriu, Paul jamais pensou em desistir da carreira de fotojornalista.

“Nunca pensei em parar, apenas em continuar fazendo mais, tirando mais fotos. Em uma era de ‘fake news’, internet e tudo mais, é importante que as pessoas vejam jornalismo de verdade sendo feito e recebam a verdade natural. [O jornalismo] ainda existe”.

Leia também: “Cinquenta Tons de Liberdade” põe fim à série sem abrir mão dos erros do passado

Com direção de Matthew Heineman, “A Private War” conta, além de Jamie Dornan
e Rosamund Pike, com os atores Stanley Tucci e Tom Hollander no elenco. O filme ainda não tem data de estreia prevista no Brasil.

*Acompanhe os eventos mais exclusivos em Londres pelo Instagram da repórter Patricia Dantas (@patydantas8)

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

“Foram noites sem dormir”, diz Chay Suede sobre cena de Amor de Mãe

Publicado

 

 

Chay Suede foi o nome do capítulo de Amor de Mãe dessa terça (6/4). Desde o início da noite, o ator brilhou nas cenas em que Danilo descobre as mentiras de Thelma (Adriana Esteves) e terminou deixando o telespectador arrepiado com o encontro entre ele e Lurdes (Regina Casé). Não à toa, Chay foi elogiadíssimo nas redes sociais. A emoção, aliás, continua no capítulo desta quarta (7/4). “Podem preparar o lencinho porque ainda tem muita cena emocionante até o final”, avisa o ator, que considera a cena de ontem uma das mais difíceis de fazer. “Essa novela foi marcante para mim do início ao fim, mas o encontro deles tem um lugar especial na minha vida. Foram noites sem dormir para gravar”.

Chay também não tem dúvida sobre a sua personagem preferida em Amor de Mãe: “Dona Lurdes, claro. Não só em Amor de Mãe, mas de todas as novelas que eu já vi na vida”. Sem contar como vai ficar a relação entre Danilo e Thelma, o ator afirma que é impossível entender e perdoar tudo que ela fez. “Ela deu ré e matou a mãe biológica da esposa do filho. Depois, mandou matar a esposa do filho atropelada. Matou a melhor amiga asfixiada numa garagem e atirou e manteve em cárcere privado a outra melhor amiga. Acho que não dá, né”.

Comentários Facebook
Leia mais:  Spice Girls anunciam retorno com direito a turnê, mas sem Victoria Beckham
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana