conecte-se conosco


Mato Grosso

Débitos relacionados a veículos já podem ser parcelados no cartão de crédito

Publicado

A partir desta quinta-feira (24.10) os cidadãos que possuem dívidas de qualquer natureza relativas a veículos automotores já podem fazer o pagamento com uso de cartões de débito ou crédito nos pontos de atendimento da empresa Zapay, disponíveis na sede do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT), em Cuiabá, e na 5ª Ciretran de Várzea Grande.

O governador Mauro Mendes participou do lançamento do serviço na manhã desta quinta-feira e destacou o trabalho de modernização e desburocratização que o Detran-MT vem realizando, com o objetivo de tornar a máquina pública mais eficiente e prestar um melhor serviço ao contribuinte.

“O Detran-MT é um dos órgãos da administração estadual que mais se relaciona com o cidadão. Milhares de pessoas procuram a autarquia todos os dias para resolver suas pendências. Hoje colocamos em funcionamento essa ferramenta de parcelamento, que tem aprovação do Denatran, e permite ao cidadão quitar seus débitos em até 12 vezes, evitando possíveis transtornos que normalmente acontecem com aquelas pessoas que estão inadimplentes”.

O servidor público Carlos Alberto de Oliveira Júnior inaugurou o serviço parcelando em 12 vezes os seus débitos referentes ao IPVA, Seguro DPVAT e licenciamento que estavam atrasados.

“Essa é uma excelente ferramenta que foi disponibilizada pelo Estado ao povo mato-grossense, pois não é todo mundo que consegue efetuar o pagamento dos débitos a vista, e com a opção de parcelamento fica tudo mais fácil. Agora estou pronto para circular com o meu veículo em dia”, falou.

Pagamento

Podem ser parcelados no cartão todos os débitos veiculares como multa, Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) – inscrito ou não em dívida ativa, Seguro DPVAT e a Taxa de Licenciamento. Somente da Taxa de Licenciamento o Detran-MT tem R$ 500 milhões a receber de cidadãos inadimplentes.

Leia mais:  Cinco são presos em Água Boa por tráfico de drogas e contrabando

“Nosso índice de inadimplência de licenciamento hoje é muito alto, mais de 50%. A cada dois carros que circulam atualmente, pelo menos um está sem o licenciamento, e isso porque a pessoa está devendo o IPVA ou tem alguma multa e não consegue retirar o documento”, enfatizou o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos.

No momento da negociação dos débitos para pagamento, a empresa credenciada deverá demonstrar, detalhadamente, a formação dos custos do valor da dívida, identificando cada débito parcelado, taxa de juros aplicada e o número de parcelas escolhidas pelo proprietário do veículo.

O pagamento pode ser feito em até 12 vezes com até três cartões de crédito diferentes, independente de ser da titularidade da pessoa que está quitando os débitos, garantindo a integridade da operação mediante senha pessoal e intransferível do titular do cartão.

“Nosso principal objetivo é facilitar para que o cidadão não perca seu veículo e nem tenha o nome inscrito em dívida ativa. Queremos que o contribuinte tenha a oportunidade de regularizar a situação do seu veículo e quitar suas pendências sem pesar no bolso”, falou Vasconcelos.

A medida é uma forma de disponibilizar aos proprietários de veículos alternativas para quitar seus débitos à vista ou em parcelas mensais, com a imediata regularização da situação do veículo, além de assegurar a agilidade, autenticidade, segurança e desburocratização dos processos administrativos do Detran-MT, reduzindo custos operacionais e promovendo melhor atendimento aos cidadãos.

Leia mais:  Portaria define Conselho Consultivo da APA Chapada dos Guimarães

Serviço

Na próxima semana, os parcelamentos também poderão ser feitos no Núcleo de Atendimento da Galeria Itália Center, localizado no bairro Jardim das Américas, em Cuiabá; Núcleo de Atendimento do Shopping Estação, na capital, e na 2ª Ciretran em Rondonópolis.  

O serviço de parcelamento dos débitos veiculares também estará disponível durante o Mutirão Fiscal, que vai acontecer de 1º a 29 de novembro, na Arena Pantanal, em Cuiabá.

Ainda em novembro, a empresa Zapay irá expandir o atendimento presencial nas Ciretrans dos municípios de Rondonópolis, Cáceres, Sinop, Sorriso, Tangará da Serra e Barra do Garças.  

Nos demais municípios que não tiverem cobertura presencial da empresa, os cidadãos poderão fazer o parcelamento de forma online, a partir do dia 06 de novembro, no site www.usezapay.com.br. As pessoas também poderão tirar dúvidas pelo telefone 0800 941 4462.

A empresa Zapay é a única credenciada até o momento junto ao Detran-MT, porém, demais empresas interessadas ainda podem se credenciar seguindo os procedimentos necessários estabelecidos na portaria nº 720/2019, de 07 de outubro.   

As empresas que pretendem operar no Estado devem estar previamente credenciadas no Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), conforme exigência da resolução 619/2016 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Servidor é preso por roubar pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras

Publicado

Foram desviados pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

Um servidor público suspeito de desviar pneus de veículos da prefeitura de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, prestou esclarecimentos na delegacia do município. Segundo a Polícia Civil, ele deve responder pelo crime de peculato.

As investigações começaram no dia 22 de março, quando o prefeito Adilson Gonçalves de Macedo registrou um boletim de ocorrência denunciando o suposto desvio.

O delegado Wilyney Santana Borges disse que várias buscas foram realizadas, até que o suspeito acabou confessando o crime. Em depoimento, ele contou que os pneus foram repassados para um comerciante como parte do pagamento na aquisição de um carro dele de luxo.

Os pneus desviados eram de veículos da Secretaria Municipal de Urbanismo.

De acordo com a polícia, nas investigações, foi apurado que pneus adquiridos para serem utilizados nas automóveis da secretaria foram desviados nos meses de novembro e dezembro de 2020, por um servidor  que exercia funções no setor de frotas da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Leia mais:  Portaria define Conselho Consultivo da APA Chapada dos Guimarães

Segundo o delegado, os indícios apontados no inquérito indicam que foi possível constatar o desvio de pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

A Polícia Civil informou que o investigado pela venda dos pneus deverá responder ação penal pelo crime de peculato, vez que na época dos desvios, exercia o cargo de funcionário público. Já o comerciante que recebeu os pneus desviados, em troca de pagamento, responderá pelo crime de receptação.

A delegacia de Barra do Garças continua as investigações para saber se havia a conivência ou participação de outros servidores municipais, envolvidos no caso dos pneus desviados.

Por G1 MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana