conecte-se conosco


Polícia

Dados preliminares apontam 155 alunos de Escolas Militares Tiradentes aprovados em universidades públicas

Publicado

Dados preliminares apontam que 155 estudantes de Escolas Estaduais Militares Tiradentes mato-grossenses que fizeram o Enem 2019 foram aprovados em universidades públicas como Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), entre outras.

Somente da Escola Tiradentes de Cuiabá o primeiro levantamento apontou 100 aprovações em cursos como Medicina, Direito, Engenharia Civil, Ciências da Computação, entre outros.

Na Escola Tiradentes ‘Celso Henrique de Souza Martins’, sediada em Nova Mutum(264 km de Cuiabá), por exemplo, a aprovação foi de 94.44%, dos 18 alunos que concluíram o ensino médio 17 estão ingressando em universidades.

Percentual similar de aprovação teve a Escola Tiradentes ‘Cabo Israel Wesley Prado de Almeida’, de Juara(a 709 km de Cuiabá). Lá, dos 16 alunos que concluíram o “terceirão”, 15 foram aprovados. O estudante não aprovado só ficou de fora, apesar da pontuação alta, porque sua única opção é medicina.

Os dados são preliminares e foram disponibilizados pela Diretoria de Ensino e Pesquisa (Deip) da Polícia Militar. Mas como não existe um sistema de monitoramento e controle automático das aprovações, os números devem aumentar na medida em que as escolas recebem informações sobre os alunos aprovados em levantamentos próprios.

Leia mais:  Mais de 300 quilos de drogas e 28 veículos apreendidos com 80 traficantes

Mato Grosso tem sete Escolas Militares Estaduais Tiradentes em funcionamento. Uma delas, a de Rondonópolis, instalada ano passado, ainda não oferece o ensino médio. Já Tiradentes de Lucas do Rio Verde forma a primeira turma do ensino médio somente em 2021.

Na avaliação do diretor interino das Escolas Tiradentes, tenente-coronel Wellington Prado de Campos, os números são positivos e resultado da parceria entre a PM e a Secretaria Estadual de Educação (Seduc), somado ao compromisso dos professores e policiais militares que se dedicam ao ensino nessas escolas. Ele também citou a adesão dos alunos e pais ao modelo de ensino que têm a disciplina como um dos princípios.

Aula inaugural

Nesta segunda-feira (10.02) cerca de 2.900 estudantes voltam às aulas nas sete Escolas Militares Estaduais Tiradentes de Mato Grosso. Em Cuiabá, onde está sediada a mais antiga e maior unidade, com 1.100 alunos, a aula inaugural terá como palestrante o comandante da Polícia Militar, coronel Jonildo José de Assis.

Na abertura, às 15hs, no auditório do Tribunal de Contas, o coronel Assis abordará o tema: ‘Escolas Militares, Caminhos e Possibilidades’. O evento reunirá estudantes, professores e autoridades militares e civis.

Leia mais:  Polícia Civil prende autores de violência doméstica por descumprimentos de medidas protetivas

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Polícia Federal cumpre 29 mandados de busca e apreensão, Dono da Havan e alvo

Publicado

por

A Polícia Federal cumpre 29 mandados de busca e apreensão, na manhã desta quarta-feira (27), referentes à investigação sobre notícias falsas conduzida pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que apura ameaças a ministros.

As ordens judiciais estão sendo cumpridas em 14 endereços de São Paulo (11 na capital e 3 em Araraquara, no interior do estado), 3 do Distrito Federal, 6 do Rio de Janeiro, 1 do Mato Grosso, 3 do Paraná e 3 de Santa Catarina.

 

A PF também realiza nesta quarta outras três operações: a Lazarus, no Rio de Janeiro, que apura fraudes na Previdência Social; a Camilo, que investiga desvios de recursos públicos da saúde no Rio Grande do Sul; e a Cara Dura, que visa desarticular um grupo criminoso envolvido em dezenas de furtos cometidos contra várias instituições financeiras no Tocantins e em outros estados.

O inquérito, que corre em sigilo, foi aberto no dia 14 de março de 2019 pelo presidente do STF, Dias Toffoli, com a intenção de investigar a existência de uma rede de produção e propagação de fake news.

Leia mais:  Olhe vídeo; Viatura capota durante chuva forte em Cuiabá e sargento fica preso entre as ferragens.

Os alvos da operação são os seguintes:

Alvos de mandados de busca e apreensão, com computadores, celulares, tablets e outros dispositivos eletrônicos apreendidos:

• o ex-deputado federal Roberto Jefferson;
• o empresário Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan;
• o blogueiro Allan dos Santos, próximo ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido);
• o músico e humorista Rey Biannchi;
• o youtuber Enzo Leonardo Suzin Momenti;
• a ativista bolsonarista Sara Winter;
• o empresário Edgard Corona, presidente da rede de academias Smart Fit;
• o comandante Winston Rodrigues Lima, coordenador do Bloco Movimento Brasil;
• o ativista bolsonarista Marcelo Stachin;
• o youtuber Bernardo Pires Kuster;
• o ativista Eduardo Fabris Portella.

Prestarão depoimento à PF em até dez dias como parte das investigações, mas não tiveram equipamentos apreendidos:

• a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP);
• a deputada federal Bia Kicis (PSL-DF);
• o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ);
• o deputado federal Filipe Barros (PSL-PR);
• o deputado federal Cabo Junio do Amaral (PSL-MG);
• o deputado federal Luiz Philippe de Orleans e Bragança;
• o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP);
• o deputado estadual Gil Diniz (PSL-SP).

Leia mais:  Foragidos da Justiça têm mandados de prisão cumpridos pela Decon

Segundo a analista de política Daniela Lima, o ministro Alexandre de Moraes determinou que os conteúdos das postagens feitas por esses deputados sejam 100% preservados para análise, mas não ordenou busca e apreensão para tais casos.

O vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) se manifestou no Twitter sobre as ações da Polícia Federal. “O que está acontecendo é algo que qualquer um desconfie que seja proposital”, disse ele. “Querem incentivar rachaduras diante de inquérito inconstitucional, político e ideológico sobre o pretexto de uma palavra politicamente correta?”, questionou.

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana