conecte-se conosco


Mato Grosso

Custodiadas de unidade prisional aprendem a fazer molhos e conservas

Publicado

Mulheres custodiadas na unidade prisional feminina de Tangará da Serra concluíram nesta quarta-feira (28.11) o curso de molhos e conservas. A capacitação é resultado de uma parceria entre a unidade, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) em Mato Grosso e o Sindicato Rural da cidade. 

Dez mulheres foram capacitadas. Durante os dois dias de aulas, elas aprenderam fazer conservas de legumes, molho de tomate, ketchup, antepasto de berinjela e picles. 

Para a diretora da unidade, Josmara Ribeiro, a formação auxilia as custodiadas a verem novas oportunidades, para assim não reincidirem no crime. “Ao capacitá-las, estamos  promovendo a qualificação e ressocialização. Elas poderão utilizar este aprendizado para trabalhar”, explica.

As reeducandas receberão um certificado com 24h/aulas. Elas também receberão remição de pena, conforme prevê a Lei de Execução Penal, que determina que a cada três dias trabalhados ou de estudo, um dia é descontado na pena recebida.

Comentários Facebook
Leia mais:  Ações administrativas tornam Mato Grosso Saúde viável
publicidade

Mato Grosso

Servidor é preso por roubar pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras

Publicado

Foram desviados pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

Um servidor público suspeito de desviar pneus de veículos da prefeitura de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, prestou esclarecimentos na delegacia do município. Segundo a Polícia Civil, ele deve responder pelo crime de peculato.

As investigações começaram no dia 22 de março, quando o prefeito Adilson Gonçalves de Macedo registrou um boletim de ocorrência denunciando o suposto desvio.

O delegado Wilyney Santana Borges disse que várias buscas foram realizadas, até que o suspeito acabou confessando o crime. Em depoimento, ele contou que os pneus foram repassados para um comerciante como parte do pagamento na aquisição de um carro dele de luxo.

Os pneus desviados eram de veículos da Secretaria Municipal de Urbanismo.

De acordo com a polícia, nas investigações, foi apurado que pneus adquiridos para serem utilizados nas automóveis da secretaria foram desviados nos meses de novembro e dezembro de 2020, por um servidor  que exercia funções no setor de frotas da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Leia mais:  Ações administrativas tornam Mato Grosso Saúde viável

Segundo o delegado, os indícios apontados no inquérito indicam que foi possível constatar o desvio de pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

A Polícia Civil informou que o investigado pela venda dos pneus deverá responder ação penal pelo crime de peculato, vez que na época dos desvios, exercia o cargo de funcionário público. Já o comerciante que recebeu os pneus desviados, em troca de pagamento, responderá pelo crime de receptação.

A delegacia de Barra do Garças continua as investigações para saber se havia a conivência ou participação de outros servidores municipais, envolvidos no caso dos pneus desviados.

Por G1 MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana