conecte-se conosco


Mato Grosso

Curso de contenção penitenciária reunirá profissionais da segurança pública

Publicado

A Secretaria de Estado de Segurança Pública realiza na próxima semana o 2º Curso de Contenção Penitenciária para 55 profissionais. Organizado pela Diretoria de Ensino Penitenciário, a capacitação é voltada a agentes e integrantes de outras forças de segurança e proporcionará aos servidores conhecimentos atualizados primordiais para a execução técnica da atividade de contenção penitenciária. Serão 47 vagas para o Sistema Penitenciário e oito para as demais forças de segurança pública. 

O curso será realizado de 18 a 25 de março e inclui aulas teóricas e práticas sobre contenção em recinto carcerário; técnicas e tecnologia menos que letais; noções de gerenciamento de crises; armamento e tiro; imobilizações e direitos humanos. As aulas serão realizadas na área de treinamento da Penitenciária Central do Estado e na sede da Diretoria de Ensino Penitenciário. 

Os instrutores são servidores com experiência nas áreas de abrangência do curso e todos credenciados pela Escola Penitenciária. O secretário adjunto de Administração Penitenciária, Emanoel Flores, ressalta que a capacitação é fundamental para que os agentes aprimorem o conhecimento e busquem a garantia da disciplina, segurança e integridade física dos operadores e pessoas privadas de liberdade. 

Leia mais:  Apreensões de drogas batem recorde em Mato Grosso

Conforme o diretor de Ensino Penitenciário em exercício, Edilson Leão, o conhecimento é imprescindível para a padronização das ações dos profissionais e para o desempenho das funções com mais qualidade. Ele explica que o grupo do curso é composto por agentes de unidades prisionais da região metropolitana e do interior, além da Polícia Militar, Força Tática, Rotam, Corpo de Bombeiros e Guarda Municipal de Várzea Grande.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Seplag publica normativa para agilizar abertura de conta salário

Publicado

por

Visando desburocratizar e agilizar a abertura de conta salário para novos servidores e empregados públicos, a partir de agora, a declaração exigida pelas instituições bancárias poderá ser emitida pelos gestores de pessoas ou superior hierárquico do órgão onde o funcionário ou servidor será lotado. A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado que circula nesta quarta-feira (20).

A Instrução Normativa da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) também visa cumprir a Lei Federal nº13.726/ 2018 que trata da desburocratização e racionaliza atos e procedimentos administrativos mediante a supressão ou simplificação de formalidades e exigências desnecessárias ou superpostas, cujo custo econômico ou social, tanto para o erário como para o cidadão, seja superior ao eventual risco de fraude.

Até esta data esta declaração era fornecida apenas pela Seplag. A partir de agora será disponibilizada uma declaração que deverá ser preenchida e impressa em papel timbrado onde constem os dados da secretaria, empresa estatal, autarquia ou fundação pública emitente, nome e cargo do responsável pela emissão e telefone do correspondente do setor de gestão de pessoas que viabilize a confirmação dos dados da declaração emitida.

Leia mais:  Quatro suspeitos são encaminhados para a delegacia com munições e armas

Para as unidades localizadas no interior, a declaração poderá ser digitalizada e encaminhada via endereço eletrônico (e-mail) diretamente ao responsável pela unidade em que o servidor deverá ficar lotado. A declaração está disponível aqui.

Ficará a cargo do responsável entregar ao servidor ou empregado público a cópia autenticada com carimbo de identificação do cargo e assinatura, da declaração encaminhada em conformidade para abertura da conta-salário.

As instituições bancárias usavam como referência uma portaria da Secretaria de Fazenda que se refere a abertura de contas de pessoas jurídicas, devido à falta de referência para esses casos em específico, o que dificultava o trâmite. A nova regra foi publicada para facilitar e desburocratizar os procedimentos.

Para a secretária adjunta de Gestão de Pessoas da Seplag, Miramar Januário de Oliveira, a medida trará mais celeridade, tanto para o órgão quanto para o servidor ou empregado público. “Esta é mais uma das medidas que estamos adotando como cabeça de sistema de gestão de pessoas, buscando modernizar a administração pública. A abertura da conta salário agora poderá ser feita de forma muito mais ágil, principalmente para os servidores do interior. Até então, esta declaração era enviada por malote ao interior do Estado”, disse.

Leia mais:  Resolução do Cepesca dispensa cadastro de tabuados utilizados em pesca artesanal

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana