conecte-se conosco


Cidades

Criado com fins terapêuticos, coral Educanto reúne 34 servidores da Secretaria de Educação

Publicado

O coral Educanto da Secretaria Municipal de Educação (SME) se apresentou nesta quarta-feira (17) na Semana Interna de Prevenção de Acidentes (Sipat), do Hospital Universitário Júlio Muller. Formado por 34 servidores da SME, o coral foi criado em 2016 com fins terapêuticos pelas Coordenadorias de Saúde do Trabalhador e Psicossocial, da Diretoria de Recursos Humanos (DRH).

A assessora pedagógica da coordenadoria de Formação da Diretoria de Ensino, Eliane de Castilho Lírio, atual regente do grupo, falou sobre o trabalho desenvolvido. Graduada em Educação Artística, com habilitação em Música pela Universidade Federal de Mato Grosso (2001), Especialista em Fundamentos da Musicoterapia pelo Instituto Brasileiro de Pós-graduação e Extensão (2003) e mestre em estudos de Cultura Contemporânea com ênfase em música, explicou que a musicoterapia busca a melhoria de qualidade de vida.

Segundo ela, a prática do canto coral é uma das atividades que podem ser desenvolvidas dentro desse segmento, a musicoterapia, sendo uma importante aliada para a promoção da qualidade de vida uma vez que se trata de uma ferramenta de socialização, de relação interpessoal e afetiva, e auxiliar no desenvolvimento de potencialidades físicas e psicoemocionais, além de promover cultura no âmbito do trabalho.

Leia mais:  Emanuel Pinheiro, ex-governadores, inauguram maior hospital de MT

“O canto coral como atividade de musicoterapia pode beneficiar as pessoas de várias formas, seja aquelas que estejam necessitando de alívio, apoio, reabilitação ou de um tratamento preventivo e fortalecimento da autoestima. No nosso caso, essa prática vai além das questões musicais, abrangendo a prevenção e tratamento de doenças ocupacionais”, explicou Eliane Castilho.

O coral acolhe os servidores da Secretaria e, prioritariamente, aqueles que se encontram em licença médica, ou em readaptação de função.

Na apresentação durante a Sipat Integrada do Hospital Júlio Muller, o coral cantou clássicos da música popular brasileira e também cuiabana, ‘Maria, Maria’, de Milton Nascimento, ‘Viola de Cocho’, de Abel Santos e ‘Estrela’, de Victor Ramil.

Desde que foi criado, o coral Educanto vem ampliando suas atividades, realizando apresentações em vários eventos como na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em junho do ano passado, durante a Mostra Estadual do EdPopSUS-MT: “A invenção do Cotidiano: diálogo e cuidado em saúde” e, também no ano passado, num evento realizado em parceria com a Secretaria de Estado de Cultura, no encerramento das atividades da Biblioteca Estevão de Mendonça, Palácio da Instrução, além de eventos internos da SME, entre outros.

Leia mais:  Município recupera áreas públicas invadidas

Este final de ano, além dos eventos internos da SME, o coral se prepara para novas apresentações fora da Secretaria como no próximo domingo (21), às 16 horas, no 2º dia de Sensibilização à perda Gestacional, neonatal e infantil realizada pela ONG Mães de Anjos no Parque das Águas.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Prefeitura publica calendário de pagamento do IPTU; veja datas

Publicado

A Prefeitura de Cuiabá estabeleceu a programação para pagamento do IPTU em 2021, que deve começar a partir de 1º de março. O Decreto nº 8.285, que determina o cronograma, foi publicado na Gazeta Municipal.

 

Assim como em outras edições, o pagamento poderá ser feito em cota única ou em até oito parcelas. O valor mínimo de cada parcela será de R$ 57,26.

 

Aqueles que não tiverem débitos de anos anteriores e optarem por quitar o IPTU em cota única até o dia 14 de abril, terão desconto de 10%. Os carnês serão enviados para todos os contribuintes que contam no Cadastro Imobiliário do Município.

 

Já as guias do IPTU de imóveis territoriais deverão ser retiradas nos postos de atendimentos do Município ou por meio do site.

 

A retirada presencial poderá ser feita no Centro Integrado de Atendimento ao Contribuinte (CIAC), nas Lojas de Atendimento ao Contribuinte (LAC-Norte e LAC-SUL), e em outros postos de atendimento que serão indicados pela Prefeitura de Cuiabá.

Leia mais:  Justiça acata pedido do MPMT e decreta bloqueio de bens de ex-secretário de Colniza, atual vereador e seu filho

 

Outra informação que o munícipe deverá ficar atento é em relação ao pedido de isenção do pagamento, que neste ano poderá ser feito no período de 1º de junho a 30 de julho, com validade até 2024.

 

Caso a solicitação seja indeferida, será concedido um prazo de 30 dias, a partir da ciência do contribuinte quanto à decisão, para que o valor seja pago sem desconto e sem a incidência de juros e multa.

 

“De acordo com os termos do art. 5º da Lei nº 5.355/2010, alterado pela Lei nº 5.797/2014, estão isentos do Imposto Predial e Territorial Urbano os imóveis residenciais com valor venal atualizado igual ou inferior a R$ 33.921, excluindo-se os imóveis territoriais, comerciais, unidades autônomas desdobradas com cadastro individualizado para fins tributários, chácaras de recreio e garagens de edifícios”, explica o decreto municipal.

 

Veja calendário de pagamento: 

 

Primeira parcela e cota única: 14 de abril

 

Segunda parcela: 14 de maio

 

Terceira parcela: 14 de junho

Leia mais:  Aplicativo ajudará a rastrear contatos de infectados com covid-19

 

Quarta parcela: 14 de julho

 

Quinta parcela: 13 de agosto

 

Sexta parcela: 14 de setembro

 

Sétima parcela: 14 de outubro

 

Última parcela: 12 de novembro

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana