conecte-se conosco


Cidades

Conselho Monetário Nacional e outras financiadoras estão pausando o pagamento de duas prestações da casa ou carro nos próximos 60 dias.

Publicado

Por determinação do Conselho Monetário Nacional (CMN), grandes bancos, como Caixa, Itaú, Bradesco e Santander,  e outras financiadoras estão perdoando o pagamento de duas prestações da casa ou carro nos próximos 60 dias. O intuito é dar fôlego financeiro para os trabalhadores em meio à pandemia do coronavírus.

A medida vale para todos que tenham financiamentos de imóveis e carros nos bancos, e também outros tipos de dívidas. A única exigência é que as prestações do crédito estejam em dia.

A exceção é na Caixa, onde financiamentos com até duas prestações em atraso também podem ser pausados, no caso da Caixa basta baixar o aplicativo oficial da Caixa Econômica Federal no seu celular e solicitar.

Por determinação do Conselho Monetário Nacional (CMN), grandes bancos, como Caixa, Itaú, Bradesco e Santander, estão perdoando o pagamento de duas prestações da casa ou carro nos próximos 60 dias. O intuito é dar fôlego financeiro para os trabalhadores em meio à pandemia do coronavírus.

A medida vale para todos que tenham financiamentos de imóveis e carros nos bancos, e também outros tipos de dívidas. A única exigência é que as prestações do crédito estejam em dia.

Leia mais:  Em Água Boa, Dr. Eugênio discute com a população lei da pesca

A exceção é na Caixa, onde financiamentos com até duas prestações em atraso também podem ser pausados.

Durante o período de pausa será mantida a mesma taxa de juros, sem a cobrança de multa. As parcelas não serão encavaladas: o cliente fica dois meses sem pagar e depois o pagamento da prestação volta ao normal, com a adição dos meses que não foram pagos no final do financiamento.

Veja também

Durante o período de pausa será mantida a mesma taxa de juros, sem a cobrança de multa. As parcelas não serão encavaladas: o cliente fica dois meses sem pagar e depois o pagamento da prestação volta ao normal, com a adição dos meses que não foram pagos no final do financiamento.

O site olhando a noticia recomenda que façam a pesquisa em sua agência.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Empresas elevam preços de insumos e medicamentos em até 6000%

Publicado

por

Algumas empresas de medicamentos e insumos para unidades hospitalares elevaram alguns produtos em até 6.313%, como no caso do avental cirúrgico descartável manga longa, ou 1.799% de aumento nas máscaras cirúrgicas descartáveis com elástico. A atitude dos empresários neste momento de pandemia deve gerar até mesmo uma operação policial.

Comentários Facebook
Leia mais:  Câmara altera horário de funcionamento e portas ficam abertas das 7h às 18h
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana