conecte-se conosco


Política

Concerto no Teatro Zulmira homenageará os 300 de Cuiabá nesta sexta (15)

Publicado

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

Esta sexta-feira (15) é dia de concerto em homenagem aos 300 anos de Cuiabá, no Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros, com entrada social: 2 quilos de alimentos não perecíveis. A homenagem será da Camerata de Concerto do Instituto Fernando Pereira que, entre canções seculares do Brasil e do mundo, executará clássicos regionais como ‘A Lua’ e ‘Eu Sou de Cuiabá’. O evento é aberto para toda a família.

Do espetáculo ‘Sinfonia 300 anos de Cuiabá’, participam o coral do Município de Cuiabá – sob a regência de Carlos Taubaté, a própria Camerata – sob a regência de Fernando Pereira, e a Orquestra Jovem de Nova Mutum, conduzida por Edmar Nascimento.

Com repertório diverso, a Camerata de Concerto iniciará com compositor Guerra Peixe em sua música armorial ‘Mourão’ e, em um segundo momento, o violinista Fernando Pereira executará o concertino 1972 do compositor alemão radicado brasileiro Ernst Mahle.

Na sequência, após a interpretação Suite São Paulo, do compositor Gustav Holst, será a vez da Escola de Música de Nova Mutum, por meio dos integrantes de sua Orquestra Jovem, com Romaria, de Renato Teixeira.

Leia mais:  Assembleia Legislativa volta  às atividades parlamentares

Por fim, o concerto contará com apresentação do Coral do Município, sob a batuta de Carlos Taubaté, que, junto à camerata, executarão cinco canções do cancioneiro popular cuiabano.

“A Sala da Mulher e o Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros, em gestão conjunta, sempre se alegram de abrir as portas para este lindo ciclo de cultura e solidariedade: a gente oferece um espetáculo de tamanha qualidade, facilitando o acesso e ainda repassa os alimentos arrecadados a entidades filantrópicas de atendimento a comunidades periféricas de Cuiabá e região. E o evento desta sexta é ainda mais simbólico: parabeniza esta cidade fantástica, com uma história e uma cultura riquíssimas! Esperamos todos aqui!”, convida a diretora das unidades social e cultural da Assembleia Legislativa, Daniella Paula Oliveira.

Repertório
Guerra-peixe – Mourão
Ernest Mahle – Concertino 1972
Gustav Holst – Suite São Paulo
Renato Teixeira – Romaria
Pot-pourri Cuiabano
Ai que saudade d’oce
Caçador de mim
Casa de Bem bem
A lua
Eu sou de Cuiabá

SERVIÇO
‘Sinfonia 300 anos de Cuiabá’, com Camerata de Concerto, Coral do Município de Cuiabá e a Orquestra Jovem de Nova Mutum
Data: 15/03/19, às 20h
Local: Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros (Assembleia Legislativa)
Entrada: 2kg de alimentos não perecíveis
Informações: (65) 3313-6878

Leia mais:  SICOOB firma convênio com Câmara Municipal e cadastra servidores

Fonte: ALMT
Comentários Facebook
publicidade

Política

Santa Casa: o único caminho é a intervenção

Publicado

por

OPINIÃO
Misael Galvão
Funcionando há 202 anos, a Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá é, mais do que parte importante da história da nossa cidade, referência no atendimento aos cuiabanos e a pessoas de muitos municípios de Mato Grosso. Seu funcionamento assegura a milhares de cidadãos e cidadãs mato-grossenses, todos os meses, atendimento de qualidade o que, em muitos casos, representa uma nova chance de vida aos pacientes. Este motivo, por si só, justifica uma intervenção estatal na unidade, o que já deveria ter acontecido.
Desde quando os problemas da unidade foram descobertos pelos vereadores, a Câmara Municipal tem cumprindo seu papel constitucional, buscado conhecer a realidade da unidade e trabalhado na busca por formas de dar respostas à população e aos colaboradores, que há meses não recebem seus salários e, nem por isso, se furtaram de cumprir sua missão e dar atendimento e dignidade aos pacientes.
A Câmara levantou a bandeira e promovemos uma série de ações e reuniões. Ouvimos sindicatos, a antiga direção, a atual direção, médicos, colaboradores, o Poder Público, o Conselho de Saúde e a população – e a cada diálogo aberto temos ainda mais certeza de que a intervenção é imprescindível para que a gestão do hospital passe por ajustes que façam com que a unidade se torne sustentável e mantenha suas portas abertas e leitos disponíveis aos pacientes.
Mas esta intervenção não pode ser tocada unicamente pelo Executivo Municipal, instigado pela Câmara de Vereadores. É preciso que haja a participação das demais autoridades como o Ministério Público, Tribunal de Contas, Tribunal de Justiça, Governo do Estado, Governo Federal, Assembleia Legislativa, Bancada Federal, além de outros órgãos. A Santa Casa não é de uma pessoa só ela é do povo cuiabano, do povo mato-grossense e precisa ser reaberta sem cor partidária. Temos que pensar no povo que precisa da saúde e não pode esperar nenhum minuto.
Já está claro mesmo que a Santa Casa receba mais recursos, não seria o suficiente para que o hospital se reerguesse e voltasse a viver seus dias de glórias. É preciso mais do que isso, é preciso que haja uma mudança radical na administração do hospital, revisão de processos, gerenciamento efetivo de custos e a busca por outras fontes de financiamento. É isso que nós, os 25 vereadores da Câmara Municipal de Cuiabá defendemos.
É inegável que a crise que atingiu e atinge o Poder Público em todo o país teve impacto direto nos hospitais filantrópicos. Mas é certo também que é preciso apurar exatamente o que levou o hospital, tão tradicional, a esta situação. Tudo isso pode ser analisado e medido sem que as portas da Santa Casa estejam fechadas, sem que a população, que já sofre diversos problemas em busca de atendimento na saúde pública, seja mais uma vez penalizada. Isso seria plenamente possível com a união de gestores e órgãos de controle e a intervenção imediata na unidade. A Saúde não pode esperar, o povo não pode esperar.
Nesta quarta-feira, vamos em comitiva para Brasília (DF) atrás desses recursos, mas de nada adiantará se não houver a intervenção. Com a soma das forças dos diversos órgãos públicos, essa intervenção pode ocorrer. A Santa Casa de portas abertas, sem cor partidária. Precisamos da intervenção, já!
Misael Galvão é do PSB e presidente da Câmara Municipal de Cuiabá

Leia mais:  Luis Claudio celebra 40 anos do curso de Engenharia Sanitária e Ambiental da UFMT

Imprimir Voltar Compartilhar:  

Fonte: Câmara de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana