conecte-se conosco


Cidades

Comissão Técnica do novo Pronto Socorro entrega planos de ação para os próximos dias

Publicado

 

 

Nesta sexta-feira (16), pós-feriado, a equipe responsável pela conclusão e entrega do novo Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá reuniu-se mais uma vez no gabinete do prefeito montado na unidade hospitalar para apresentar os planos de ação para os próximos dias.

“Hoje foi uma manhã de muito serviço, muito produtiva, muito proveitosa. Analisei e recebi de nossa equipe, que é chefiada pelo secretário municipal de Saúde, Huark Correia e pelo secretário adjunto de Gestão, Flavio Taques, que é o coordenador adjunto de todo este trabalho, o plano de entrega de equipamentos após a consumação com sucesso, sem nenhum imbróglio na justiça de todo o processo licitatório. A ordem de serviço já foi dada, a ordem de compra já foi emitida e hoje eu recebi todo o planejamento para a instalação e teste final dos equipamentos, que deverão começar a ser entregues a partir do final deste mês de novembro. Alguns já começarão a ser entregues agora, mas o grosso será no fim do mês, para que o prazo que dei, de 5 de dezembro seja cumprido. Estamos dentro do período para a entrega destes equipamentos e vamos fazer o teste deles dentro do prazo para que tudo corra bem”, comentou Emanuel Pinheiro.

Leia mais:  Misael Galvão recebe diretor e gerente do Sicoob Integração

O prefeito revelou que também recebeu durante a reunião de hoje o plano das licitações dos medicamentos e insumos. Ele explicou que este é um plano emergencial para os próximos 90 dias, que vai garantir o abastecimento e o atendimento dos usuários SUS, sem sobrecarregar e sem causar nenhum prejuízo ao planejamento das demais ações. Segundo ele, as metas foram igualmente cumpridas, o prazo foi respeitado e o plano foi aprovado. “Agora é esperar o prazo de entrega e recebimento na rede dos medicamentos e insumos, que vão abastecer também o novo PS de Cuiabá”, disse.

Outro plano entregue na reunião desta sexta-feira foi o da obra física, que até o fim deste mês chegará aos 90% do seu total. O prefeito explicou que essa porcentagem de obra pronta já permite garantir a entrega do Pronto Socorro sem nenhum problema. “As demais ações, que inteiram os 10% serão acabamentos, principalmente do subsolo, e do andar de cima”, contou.

Pinheiro recebeu ainda o plano de segurança, que inclui a ampliação do convênio com a Polícia Militar. A partir desta sexta-feira o novo Pronto Socorro terá policiamento 24h, garantindo a segurança física do prédio e dos equipamentos até a instalação definitiva deles. O prefeito comentou que os equipamentos já estão começando a chegar e que não poderia deixar de dar uma atenção especial à questão da segurança, uma vez que são milhões de reais da população cuiabana e mato grossense investidos para equipar o hospital.

Leia mais:  Prefeitura de Cuiabá concede 7% de RGA e aumento real aos profissionais da Educação

“Estamos no período do feriadão, mas aqui na prefeitura quando o que está em jogo é o interesse da população cuiabana e especialmente da saúde pública, não temos feriado. Estamos nos dedicando ao Pronto Socorro de corpo e alma. Quero ressaltar o reconhecimento ao trabalho e dedicação da minha equipe, que cumpriu rigorosamente todo o cronograma e todas as metas estabelecidas por mim e que apresentou o resultado dentro do prazo que estabeleci para cada uma das matrizes. O que depende da prefeitura foi feito dentro do prazo respeitando o cronograma. Agora temos que cobrar a entrega de todos estes produtos (equipamentos, medicamentos e insumos) para garantir o cumprimento das metas. O que dependia diretamente de nós foi feito: cumprimos todas as etapas, vencemos a burocracia, trabalhamos dia e noite sem feriado, sem fim de semana para que pudéssemos honrar o compromisso com a população cuiabana e com o Governo Federal, de entregar o Pronto Socorro no mês de dezembro”, finalizou Emanuel.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Mato Grosso registra 43 mortes em 24h; UTIs continuam lotadas

Publicado

Taxa de ocupação está em 97% para UTIs adulto e em 59% para enfermarias

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sábado (10.04), 328.805 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 8.530 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. Foram 43 mortes apenas nas últimas 24 horas.

Foram notificadas 1.356 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 328.805 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 12.804 estão em isolamento domiciliar e 305.369 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 518 internações em UTIs públicas e 513 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 97,92% para UTIs adulto e em 59% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (70.086), Rondonópolis (24.674), Várzea Grande (21.290), Sinop (16.565), Sorriso (12.044), Tangará da Serra (11.179), Lucas do Rio Verde (10.796), Primavera do Leste (9.553), Cáceres (7.114) e Alta Floresta (6.392).

Leia mais:  Cronograma de audiências públicas segue no mês de novembro para revisão do Plano Diretor

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 293.671 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.515 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (09), o Governo Federal confirmou o total de 13.373.174 casos da Covid-19 no Brasil e 348.718 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 13.279.857 casos da Covid-19 no Brasil e 345.025 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (10).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Leia mais:  Profissionais da Educação participam de encontro sobre prevenção ao bullying, suicídio e violência escolar

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana