conecte-se conosco


Cidades

Comissão avalia trabalhos do 5º Concurso de Desenho e Redação

Publicado

Davi Valle

A Comissão de Avaliação, estabelecida pela Portaria nº 01/2019, realizou a análise dos trabalhos recebidos pelo 5º Concurso de Desenho e Redação da Prefeitura de Cuiabá. O evento, coordenado pela Controladoria Geral do Município, recebeu um total de 4.905 desenhos, 618 redações, e contou com o envolvimento de 6.174 alunos e 182 professores da rede municipal de educação.

A avaliação foi finalizada na semana passada e terá o resultado final divulgado no site http://e-eventos.cuiaba.mt.gov.br/, no dia 01 de agosto. A análise dos trabalhos foi feita pela assessora pedagógica de formação de arte, Eliane Castilho Lírio, artista plástica, Odete Venâncio, artista plástico, Reginaldo Silva Gomes, e pela assessora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, Silma Gonçalves Ponce Corrêa da Costa. 

“O nível de qualidade dos trabalhos subiu muito. Percebemos que houve um empenho em orientar os alunos sobre a proposta do Concurso. Na categoria Desenho, por exemplo, acreditamos que o envolvimento mais efetivo dos professores de arte da rede municipal foi fundamental. As crianças expressaram, de forma espontânea e original, suas visões”, destacou avaliadora Eliane Castilho Lírio.

Leia mais:  Região Norte de Cuiabá deve ganhar mais dois parques

O evento

O Concurso de Desenho e Redação é voltado para os estudantes do 1º ao 9º ano, da rede municipal de ensino. O evento tem o objetivo de despertar nos alunos o interesse por assuntos ligados à área de ética, cidadania e controle social. “Por meio do tema “Se você fosse prefeito, o que faria para o seu bairro?”, buscamos fomentar o debate sobre questões importantes para um comunidade. O concurso foi um sucesso e no dia 08 de agosto vamos finalizar com a cerimônia de premiação”, disse o controlador-geral do Município, Marcus Brito.

O concurso está dividido em três categorias, sendo elas: Desenho, para alunos do 1º ao 5º anos; Redação, para os matriculados do 6º ao 9º ano; e Escola Cidadã, reservada para as instituições que montarem um Plano de Mobilização, desenvolvendo estratégias de incentivo ao debate sobre o tema entre os estudantes. O evento dará aos três primeiros colocados de todas as categorias: bicicletas, tablets e mine games portáteis.  

A edição premiará também os professores, cujos nomes estejam no formulário dos trabalhos selecionados como primeiro colocado de cada ano. Para eles, o Município oferece uma caixa de som Music Box Bluetooth. Ainda estão previstas as gratificações com uma impressora multifuncional, para a unidade de ensino vencedora da categoria Escola Cidadã, uma caixa amplificada de som, para a segunda colocada, e uma encadernadora, para a terceira.

 

Leia mais:  Praça Maria Taquara recebe estudos para instalação de novos pontos de ônibus

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Secretaria de Saúde realiza “Dia D” em Prevenção de Incapacidades Físicas

Publicado

por

Davi Valle

A campanha Janeiro Roxo, que tem o objetivo de conscientizar a população sobre a luta contra a hanseníase, começou em Cuiabá oficialmente no dia 09 de janeiro. Na data uma palestra foi proferida pela médica do PSF Renascer, Dra. Andreia Tomborelli, para os pacientes que aguardavam por atendimento na sala de espera da unidade.

Ela explicou que os principais sintomas da hanseníase são o aparecimento de manchas brancas, vermelhas ou roxas pelo corpo, ou de caroços. Além disso, a pessoa pode apresentar infiltrado da pele do rosto e da orelha, queda das sobrancelhas, cílios, dos pelos ao redor das manchas. Também pode acontecer perda de sensibilidade dos olhos, perda de força nas pálpebras, perda de força e sensibilidade nas mãos e pés. 

Para intensificar as ações de conscientização do conceito para as famílias e as comunidades, reforçando o reconhecimento dos sinais e sintomas da hanseníase, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Diretoria de Atenção Básica, vai realizar na próxima segunda-feira (20) o “Dia D” em Prevenção de Incapacidades Físicas.

Leia mais:  Contêineres da Praça Maria Taquara não foram arrastados por enxurrada

Segundo o Responsável Técnico do Programa Municipal de Controle da Hanseníase, Cícero Fraga, no dia 20 todas as unidades básicas de saúde realizarão ações como roda de conversa, palestras e avaliações das pessoas que estiverem esperando atendimento. “As mensagens centrais que queremos transmitir é que diagnosticar é prevenir, pois a hanseníase tem tratamento e cura e também que o diagnóstico tardio pode provocar incapacidades físicas e deformidades visíveis”, comentou Cícero.

A doença

A hanseníase, comumente conhecida como lepra, é uma doença infecciosa causada pela bactéria Mycobacterium leprae, ou bacilo de Hansen, que lesiona os nervos periféricos e diminui a sensibilidade da pele. Sua transmissão ocorre através do contato direto com doentes sem tratamento, pois estes eliminam os bacilos através do aparelho respiratório superior em meio a secreções nasais e gotículas da fala, tosse e espirro. No caso dos doentes que recebem tratamento médico, não há risco de transmissão.

A hanseníase tem cura e seu tratamento é realizado através de medicamentos via oral. Esta doença é tratada nas unidades de saúde e seu tratamento é gratuito. Os remédios são administrados via oral, pela poliquimioterapia (PQT), uma associação de medicamentos que evita a resistência do bacilo e deve ser administrada por seis meses ou um ano a depender do caso.

Leia mais:  O bom filho a casa torna

Uma importante medida de prevenção é a informação sobre os sinais e sintomas da doença, pois, quanto mais cedo for identificada, mais fácil e rápida ocorrerá a cura. Outra medida preventiva é a realização do exame dermato-neurológico e aplicação da vacina BCG nas pessoas que vivem com os portadores desta doença.

 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana