conecte-se conosco


Entretenimento

Com ruivice exuberante e onipresente, Marina Ruy Barbosa é uma das musas de 2018

Publicado

Marina Ruy Barbosa mostrou porque foi considerada pela GQ Brasil
, na  8ª edição do Men of The Year, a Mulher do Ano e também uma das Musas de 2018
do iG Gente
. A atriz, que começou o ano como protagonista na novela das 19h, “Deus Dalve o Rei” e está terminando o ano também como protagonista da novela das 21h, ” O Sétimo Guardião
“, além de estar em alta no cinema com dois filmes, “Todas As Canções de Amor” e “Sequesto Relâmpago”, mostrou que conseguiu conquistar um espaço sólido no mundo da moda e também no mercado publicitário, representando grandes marcas.  

Leia também: Chique no último! Os acessórios mais caros de Marina Ruy Barbosa


Marina Ruy Barbosa usando vestido de fenda e super decotado no evento da revista GQ Brasil
Reprodução/Instagram

Marina Ruy Barbosa usando vestido de fenda e super decotado no evento da revista GQ Brasil

Sensual – sem ser vulgar – Marina Ruy Barbosa
começou o seu ano poderossíma, sendo eleita a Rainha do Baile da Vogue e na ocasião também foi a escolhida para usar pela primeira vez um sapato criado pelo famoso designer francês de calçados Christian Louboutin, que fez uma edição limitada para o Brasil. Referência a atriz termina o seu ano como protagonista em “O Sétimo Guardião”. 

Leia mais:  Após satirizar Eduardo Bolsonaro, Danilo Gentili chama seguidor de “retardado”

Leia também: Sexy sem ser vulgar! Marina Ruy Barbosa coleciona momentos de tirar o fôlego

A presença da atriz no mundo da moda ficou cada vez mais forte esse ano, quando, após desfilar na Semana de Moda em Milão, na Itália, para a marca Dolce & Gabbana, para o verão 2019 – no ano passado também desfilando para a marca italiana para a coleção de inverno 2017 – agora tem carreira internacional na mesma agência de grandes nomes como Gisele Bündchen e Kate Moss, a IMG Models. A ruiva também marcou presença para assistir a Semana de Moda de Paris, com look poderosos e o Paris Fashion Week. 


Marina Ruy Barbosa foi escolhida a rainha do Baile da Vogue 2018
Reprodução/Instagram

Marina Ruy Barbosa foi escolhida a rainha do Baile da Vogue 2018

Marina conquistou os grandes nomes do mundo da moda e hoje veste looks de grandes marcas mundiais como Dior, Fendi, Prada, Christopher Kane, Maison Alaïa, Versace, Saint Laurent e Valentino. 

Marina Ruy Barbosa conquista o mercado publicitário 

A atriz também foi musa de diversas marcas publicitárias de roupas, joias e maquiagem, como também assinando coleções em parcerias com as empresas – e também continua como garota progaganda da marca francesa de carros Renault. Já nas capas de revistas, a ruiva mostrou todo o seu poder estampando Vogue Brasil, Claudia, Cosmopolitan e a própria GQ Brasil em um ensaio pra lá de sensual, ganhando destaque como uma das Musas de 2018!

Leia também: Modelo? Marina Ruy Barbosa assina com agência de Gisele Bündchen

Leia mais:  Após “A Fazenda”, Andréa Nóbrega quer tentar novela na Record

Marina Ruy Barbosa
segue em alta como referência como uma das musas da TV brasileira e do mundo da moda – tendo tudo à seu favor para continuar em baixo desse holofotes! 

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Monja Coen diz que o autoconhecimento pode ser antídoto para pandemia

Publicado

por

O programa Impressões, da TV Brasil, convidou a Monja Coen, fundadora da Comunidade Zen Budista Zendo Brasil, para falar sobre as aflições típicas dos tempos de pandemia e apontar caminhos para se buscar o equilíbrio neste momento.

Mestra dos ensinamentos de Buda e autora de diversos livros, ela recomenda a meditação, que começa pela respiração consciente. Coen admite: “Quando comecei a meditar era muito difícil. Colocava um reloginho à minha frente e cinco minutos pareciam uma eternidade. Era um horror”. Durante a entrevista, a monja ensina algumas técnicas que podem ajudar os iniciantes na prática, que garante trazer alívio para incômodos emocionais comuns neste período, como ansiedade, medo e raiva.

“Você perceber o que está acontecendo com você é a única maneira de você ter algum controle. E não é controlar as emoções. É percebê-las e deixar que passem. Quando a gente fala de budismo, a gente fala de autoconhecimento e autoconhecimento é libertação”, afirma a religiosa.

Este não é um momento para acerto de contas emocionais, nem para remoer os rancores, segundo a monja, mas de considerar tudo o que foi vivido como uma bagagem extra para encarar o presente com plenitude.

“O que passou serviu como uma experiência para o que estamos passando agora, e o que vai chegar, ainda não chegou. Estar presente no momento e ver com plenitude o agora é a única maneira de atravessarmos (esta fase). Só tem uma maneira: atravessar com presença pura. Nós dizemos, no budismo, que presença pura é sabedoria”, ensina Coen.

A missionária zen-budista declara respeito a outras religiões e reconhece que, qualquer que seja o caminho escolhido, exige determinação.

“A mente é incessante e luminosa. Ela não para. Tem inúmeros estímulos. Você pode perceber esses estímulos todos e escolher o que você quer estimular. Como você escolhe que programa você assiste, que livro você lê, como você escolhe seus amigos e como você conversa com essas pessoas e quais são os assuntos. Através das nossas escolhas, nós vamos encontrando estados mentais. E podemos encontrar estados mentais de tranquilidade que a gente chama de estado Buda, de sabedoria e compaixão, onde há tranquilidade, assertividade e ternura”, afirma.

A monja explica que o estado mental tem relação com a imunidade. Manter aceso o olhar curioso da criança, de ver o mundo de uma forma inédita e se apaixonar pelos pequenos detalhes, pode ser um hábito poderoso. “A imunidade depende do nosso estado de tranquilidade. Não só, mas muito. Quando o coração fica quentinho, quando é gostoso. A gente tem que encontrar alguma coisa na vida que sinta prazer em ver”, acrescenta.

Leia mais:  Namorada de Rafael Miguel diz que cunhada não quer saber dela: “Respeito”

Quanto aos questionamentos com os quais muitas pessoas se deparam na atual situação, a monja é assertiva: “Pare de se lastimar e falar ‘queria poder abraçar’. Tem que ser bom agora. Onde você está é o melhor lugar do mundo, porque sua vida está aqui. Aprecie a sua vida. Aprecie as pessoas perto de você”.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana